Destaques, Natal

‘Mutirão da Tireoide’ fará 700 atendimentos gratuitos no hospital da UFRN

Na próxima sexta-feira, dia 17 de maio, o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realizará um mutirão para diagnosticar alterações na glândula tireoide, que produz hormônios essenciais para o funcionamento do organismo. Atendimentos acontecem das 8h às 15h.

Na ocasião, o serviço de Endocrinologia, coordenado pela Dr.ª Fátima Baracho, pretende realizar cerca de 700 atendimentos gratuitos, independente de agendamento, com realização de exame clínico para triagem de alterações e imediata oferta de diagnóstico por imagem dos casos suspeitos.

Cerca de 10% da população apresenta algum distúrbio da tireoide. Desse quantitativo, entre 3% e 5% têm nódulos que podem ser malignos. Daí a importância de uma campanha com esse alcance.

A tireoide pode aumentar de tamanho homogeneamente ou na forma de nódulos, benignos ou malignos. Quando deixa de produzir hormônios adequadamente ocorre o hipotireoidismo e quando ela produz em excesso, o hipertireoidismo. Ambas situações trazem consequências negativas para o organismo e precisam de tratamento especializado.

O HUOL fica Av. Nilo Peçanha, nº 620, bairro Petrópolis, Zona Leste de Natal. Contato: (84) 33425000.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais, impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas por atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, por apoiar a formação de novos profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a sua natureza educacional, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Read More...

Destaques, RN

Rio Grande do Norte terá expansão dos serviços de radioterapia

A partir de agora, o Rio Grande do Norte é um dos estados contemplados no Plano de Expansão da Radioterapia, do Ministério da Saúde, ação que promoverá melhorias no tratamento aos pacientes com câncer. A rede de atendimento receberá um acelerador linear, equipamento utilizado para radioterapia e que dará maior acesso aos pacientes oncológicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

A aquisição irá contribuir ainda mais para a assistência aos pacientes com câncer no RN, que já é considerado, entre os estados do Norte-Nordeste, como uma das melhores coberturas aos exames de alta complexidade, devido à forma positiva com que o serviço é gerenciado pela Sesap, num modelo de funcionamento onde não há filas de espera pelos procedimentos. O estado realiza uma média de 5.300 procedimentos de quimioterapia por mês e de 63.600 procedimentos ao ano. Com o serviço ambulatorial para tratamento de câncer, foram investidos em 2017 um total de R$ 41,1 milhões.

A gestão da Secretaria da Saúde Pública esteve em Brasília (DF), no final de fevereiro, na reunião que viabilizará a expansão da terapia oncológica através da radioterapia. O equipamento será instalado no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Serão destinados R$ 1,97 milhão para a aquisição de um acelerador linear e R$ 6 milhões para a construção de um espaço, denominado bunker, para receber o equipamento. A Liga Mossoroense já possui um acelerador e receberá outro. Em Natal, a Liga de Combate ao Câncer terá seu equipamento substituído por um novo.

Os aceleradores lineares são equipamentos de alta complexidade tecnológica e sua instalação exige espaço físico com características peculiares e distintas das construções tradicionais de estabelecimentos e unidades de saúde, com sistemas próprios de climatização, refrigeração da água, sistema elétrico diferenciado e maior espessura das paredes.

O Plano de Expansão da Radioterapia contempla a aquisição de 140 aceleradores lineares em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a meta é que até 2019 todos os aparelhos estejam em funcionamento, atendendo 100% do público-alvo. Segundo o levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA), no biênio 2018-2019 serão aproximadamente 600 mil novos casos, em cada ano, sendo 282 mil em mulheres e 300 mil em homens.

Read More...

Destaques, RN

Onofre Lopes vai receber moderno aparelho para tratamento de câncer

Como uma das ações de reforço ao tratamento para os pacientes com câncer, o hospital universitário Onofre Lopes (HUOL) receberá recursos na ordem de R$ 1,97 milhão para a aquisição de um acelerador linear, equipamento utilizado para radioterapia. A unidade – que faz parte da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), também receberá R$ 6 milhões para a construção de um bunker (espaço para receber o equipamento). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quarta-feira (27), em visita à unidade hospitalar da Rede Ebserh.

De acordo com o ministro, com o serviço de radioterapia, o HUOL passará a ser referência para o SUS, assim como já vem fazendo a Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, que oferece atendimento integral na especialidade. O acelerador linear é um equipamento de alta tecnologia que trata o câncer empregando feixe de radiações, constituindo-se um “enorme passo” para a ampliação do serviço de Oncologia.

“A expectativa é avançar na oferta de serviços próximos ao paciente, descentralizando os parques tecnológicos e evitando o deslocamento para tratamento de saúde. A prioridade é identificar unidades de referência nas várias regiões, qualificar a assistência e ampliar a capacidade de atendimento, chegando onde as pessoas precisam”, explicou.

Presente na visita do ministro ao Huol, o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, afirmou que todos os esforços têm sido no sentido de qualificar e ampliar os serviços. “Temos buscado dar cada vez mais condições para que os hospitais da Rede Ebserh possam aperfeiçoar os atendimentos à população e melhorar o ensino e a pesquisa”, disse.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Rio Grande do Norte tem 5.590 novos casos de câncer por ano, sendo 1.640 novos casos apenas em Natal. Atualmente, a unidade de Oncologia do Huol realiza cerca de 10.500 consultas e 450 cirurgias e procedimentos por ano, além de ofertar tratamento quimioterápico para 200 pacientes por mês.

Read More...

RN

Hospital Onofre Lopes inaugura UTI pediátrica de alta complexidade

O Hospital Universitário Onofre Lopes inaugurou na última segunda-feira (6) a nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica. A unidade contará com cinco leitos para doenças de alta complexidade, ocupando um espaço de 152 metros quadrados, fruto de investimentos próprios de R$ 440 mil. O objetivo é minimizar o déficit desse tipo de serviço na região.

Para a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, responsável por conduzir a cerimônia de inauguração, “a expansão do serviço faz com que a população que não tem plano de saúde, a mais necessitada, seja beneficiada”. Ela acrescentou que em março será a vez do Hospital Ana Bezerra, em Santa Cruz, receber novos leitos pediátricos.

A iniciativa integra a política de reestruturação e melhoria das três unidades hospitalares universitárias no RN, sendo viabilizada através da contratação de 39 profissionais intensivistas convocados via concurso público. Na inauguração, o presidente da Ebserh, Kleber Morais, assumiu o compromisso de dobrar a quantidade dos leitos da UTI Pediátrica do Onofre Lopes”.

Read More...

RN

HUOL vai abrir leitos de UTI para crianças e adolescentes

O Estado do Rio Grande do Norte vai ganhar um reforço na assistência hospitalar com a abertura de cinco leitos da Unidade de Atenção à Saúde da Criança (UASCA), no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), em Natal.

O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, esteve reunido com o superintendente do Huol, Stenio Gomes, a gerente administrativo, Francisca Zilmar, e a chefe do UASCA, Jussara Maia, para resolver os últimos detalhes da abertura da UTI para crianças e adolescentes.

A ação está prevista para acontecer na segunda quinzena de dezembro e atenderá uma carência local de assistência na área. A iniciativa será possível por conta dos esforços da governança local e após a convocação, neste mês, de mais de 100 aprovados em concurso público pela Ebserh.

HUOL

O Hospital Universitário Onofre Lopes, situado na Avenida Nilo Peçanha, Petrópolis, Natal/RN, é uma instituição que faz parte da Universidade do Rio Grande do Norte (UFRN), sendo administrado atualmente pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O hospital promove de forma integrada o ensino, a pesquisa, a extensão e a assistência, no âmbito das ciências da saúde e correlatas, com qualidade, ética e sustentabilidade. Além disso, é reconhecido como hospital universitário de referência, identificado pela excelência, sentido humanitário e relevância social.

Read More...