Destaques, RN

Hospital Memorial retoma atividades

O Hospital Memorial voltou a atender os pacientes do SUS de todo o Rio Grande Norte desde a última sexta-feira, 28/07. O retorno das atividades foi possível após a 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal determinar o bloqueio de R$ 2.168.675,44 dos cofres da Prefeitura – referentes ao valor total da dívida que o executivo municipal mantém com a unidade hospitalar desde fevereiro. O montante será pago de forma parcelada, a cada 15 dias, com o último depósito no dia 30 de setembro.

Já a dívida do Estado, que permanece desde março acumulada em R$ 2 milhões, também começa a ser sanada. O executivo estadual se comprometeu a repassar mais uma parcela em atraso ao hospital, no próximo dia 10.

Com as atividades retomadas, o Hospital Memorial, referência em ortopedia e traumatologia, passa a realizar cerca de 30 cirurgias por dia em pessoas encaminhadas pelo Walfredo Gurgel através de convênio com o SUS.

Histórico

As cirurgias estavam suspensas desde o dia 17 de julho, devido à dívida de mais de R$ 5 milhões acumulada entre a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado, que inviabilizava a continuidade dos atendimentos. Conveniado com o SUS, através dos Governos Federal, Estadual e Municipal, o Memorial atende a cerca de 50% da demanda de pacientes que sofrem fraturas e necessitam de procedimentos cirúrgicos no RN.

Read More...

Destaques, RN

Hospital Memorial continua com atividades paralisadas

As atividades do Hospital Memorial continuam paralisadas e sem previsão de retorno. Conforme prometido pela Secretaria Estadual de Saúde, o órgão repassou nessa terça-feira (25) para a Prefeitura do Natal cerca de R$ 4 milhões para pagamentos de prestadores de serviço e fornecedores. Deste valor, R$ 588.407,21 foram transferidos para o Memorial como pagamento de parte da dívida que é de R$ 2.639.000,00.

“Não é o nosso desejo parar o atendimento, queremos voltar a atender urgentemente a população tão prejudicada, mas não temos condições de retomar as cirurgias diante desta situação financeira. A dívida do Estado continua no patamar de R$ 2 milhões e o débito da Prefeitura também se mantém em R$ 2.168.000,00, ou seja, continuamos com o prejuízo acima dos R$ 4 milhões”, lamenta o diretor clínico do Memorial, Ricardo Gomes.

Histórico

As cirurgias de ortopedia e traumatologia do Hospital Memorial estão suspensas desde o dia 17 de julho para os pacientes do SUS de todo o estado do Rio Grande do Norte. O motivo da paralisação é a dívida que se acumula em mais de R$ 5 milhões, pelos governos Estadual e Municipal com a unidade hospitalar. Nestes 10 dias de paralisação, os pacientes que estavam com cirurgias eletivas agendadas foram atendidos normalmente, cerca de 14 procedimentos feitos por dia.

O Hospital Memorial é conveniado com o SUS, através dos Governos Federal, Estadual e Municipal, atendendo a cerca de 50% da demanda de pacientes que necessitam de procedimento cirúrgico de ortopedia. São feitos em média 600 atendimentos por mês. Diante da paralisação, os corredores do hospital geral Walfredo Gurgel começam a ficar sobrecarregados de pessoas acidentadas aguardando por cirurgias ortopédicas.

Read More...

Destaques, RN

Sem repasses da Prefeitura e do Governo, Hospital Memorial paralisa atendimentos do SUS

O Hospital Memorial paralisa, a partir desta segunda-feira (17), o atendimento aos pacientes do SUS de todo o estado do Rio Grande do Norte. O motivo das suspensão do serviços é o atraso nos repasses do pagamento proveniente de contratos firmados com os governos do Estado e do Município de Natal. Mesmo com o acúmulo da dívida, cujo pagamento precisa ser constantemente cobrado e renegociado pelo Hospital para ser honrado pelos órgãos públicos, o Memorial vinha atendendo normalmente aos pacientes do SUS.

A dívida atual acumula-se desde janeiro, por parte da Prefeitura. Já o Estado não efetua os repasses há 4 meses, tornando inviável ao Hospital a continuidade dos atendimentos. No entanto, as cirurgias dos pacientes que se encontram internados serão realizadas normalmente. Estima-se que mais de mil pessoas aguardam na fila do SUS aqui no RN por cirurgias ortopédicas, devido a acidentes automobilísticos ou domésticos.

A diretoria do hospital lamenta a necessidade de paralisação e reafirma que não é essa a vontade dos profissionais e da administração do Memorial, que têm trabalhado arduamente pela saúde da população do Rio Grande do Norte. O Hospital Memorial foi fundado em 1990 e tornou-se referência em Ortopedia e Traumatologia no Rio Grande do Norte, realiza cerca de 600 cirurgias mensalmente em pacientes do SUS.

Os atendimentos particulares e por meio de planos de saúde não serão afetados pela paralisação.

Read More...

RN

Hospital Memorial atenderá somente pacientes que residam em Natal

Sem receber da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) há quase seis meses, o Hospital Memorial se vê obrigado a suspender o atendimento aos pacientes do SUS provenientes das cidades do interior do RN, a partir da próxima segunda-feira, 19.

Referência em ortopedia e traumatologia, o Hospital realiza cerca de 25 cirurgias por dia em pacientes encaminhados pelo Walfredo Gurgel – desses, cerca de 60% das pessoas moram no interior e vêm buscar atendimento na capital.

Como o Estado não tem honrado com o repasse mensal de verbas do convênio com o Memorial, a unidade começa a ter dificuldade em atender estes pacientes do SUS.

“Nós médicos nos sentimos bastante incomodados quando há a necessidade de parar o atendimento, nossa missão é salvar vidas e oferecer bem-estar às pessoas debilitadas, escolhemos essa profissão para isso. Mas diante de uma dívida alta por parte do Estado, começamos a ter dificuldade na demanda do SUS de pacientes provenientes de cidades do interior”, desabafa o diretor do hospital, Ricardo Gomes.

Prestes a completar 26 anos de atividades, o Hospital Memorial tem uma equipe composta por 325 funcionários, dentre os quais o corpo médico especializado em pés, joelho, quadril, ombro, mãos, coluna e demais modalidades do tratamento ortopédico.

Read More...