Aplicativos

VLC para Android agora é compatível com o Chromecast

Temos uma boa notícia para os usuários do Chromecast que na maioria das vezes recorrem aos aplicativos desconhecidos para reproduzir seus vídeos na TV. Agora o VLC Media Player é compatível com o Chromecast na sua versão beta, para que você possa assistir todos os vídeos baixados no seu celular sem problemas.

Esse serviço já é oferecido por vários aplicativos que você pode encontrar no Google Play, embora com muitas limitações e, na maioria dos casos, com anúncios. No entanto, agora que o VLC é compatível com o Chromecast, você pode usar este player de vídeo para projetar diretamente do seu celular para a sua TV com um aplicativo confiável.

Para desfrutar do beta que inclui esta novidade você deve fazer o seguinte:

  • Vá para este site e selecione “Participar dos Testes”;
  • Baixe o VLC do Google Play;
  • Aguarde alguns minutos até que o aplicativo seja atualizado para sua versão de avaliação.

Depois, faça o seguinte: clique no ícone clássico do Chromecast e uma lista de dispositivos compatíveis aparece na sua rede. Você só precisa selecionar a sua para enviar o sinal imediatamente.

O sucesso do Chromecast e dos players de mídia compatíveis tem uma explicação muito simples: os usuários têm vídeos em seu celular que querem assistir na TV, mas não conseguem fazê-lo através de aplicativos compatíveis como Netflix ou YouTube, projetados para que reproduzir conteúdo gerado por outros.

Para o Google, este passo a frente do VLC também é uma ótima notícia, já que deixa uma grande parte da concorrência para trás, começando pela Amazon.

Read More...

Aplicativos

Como desligar as atualizações automáticas no Android

O fato de constantemente receber notificações para que o seu aparelho Android seja atualizado, é irritante! E tenho certeza que se pudesse, você desligaria essas atualizações. Por tanto, dê uma olhada neste rápido tutorial em que lhe contamos como desativar as atualizações no Android para que os aplicativos não baixem a última versão automaticamente.

1º Vá até o aplicativo do Google Play

Para evitar que os aplicativos Android atualizem automaticamente , você deve primeiro ir ao Google Play. Embora existam maneiras de instalar aplicativos de fontes desconhecidas com os APKs, é a principal fonte de software neste sistema operacional.

Tenha em mente que você tem três opções:

  • Atualize automaticamente as aplicações sempre
  • Atualize automaticamente apenas quando você está conectado ao WiFi
  • Nunca atualize automaticamente

É aconselhável selecionar uma das duas últimas opções, de preferência usando Wi-Fi. Desta forma, você terá a versão mais recente dos aplicativos, importante no nível de segurança.

Se você preferir usar versões antigas e atualizar manualmente, selecione nunca atualizar.

2º Desative a opção das Configurações

Uma vez dentro do Google Play, você deve abrir o menu lateral e selecionar Configurações. Dentro deste submenu você verá a opção de desativar atualizações automáticas no Android em um dos primeiros lugares.

Clique nele e selecione o que melhor lhe convier entre as três alternativas mencionadas acima.

Lembre-se de que cada vez que você muda seu telefone celular ou restabeleça as suas configurações de fábrica originais, você terá que repetir este processo do início ao fim.

Read More...

Aplicativos

Malware presente em aplicativos do Google Play rouba senhas do Facebook

Uma equipe de pesquisadores composta por especialistas em segurança do Avast e da Trend Micro descobriram um malware escondido nos aplicativos do Google Play que tem a capacidade de roubar as senhas do Facebook das vítimas.

De acordo com o relatório, o número total de aplicativos maliciosos equivale a 53, que foram publicados na Google Store oficial desde abril de 201. Além de subtrair as credenciais do Facebook, o vírus detectado, chamado GhostTeam, também envia anúncios para dispositivos infectados.

As aplicações afetadas por este malware para o Android são principalmente entretenimento e estilo de vida. Entre eles, encontramos um aplicativo de lanterna, scanners de código de barras, gravadores de voz, bússola ou download de vídeo. Muitos deles foram publicados pelo desenvolvedor Mplus Group. Se você deseja garantir que você não tenha nenhum dos aplicativos infectados com o malware instalado no seu celular, neste link você pode consultar a lista completa que a equipe Trend Micro publicou.

GhostTeam conseguiu contornar os controles de segurança do Google Play graças à sua operação. Esses 53 aplicativos que os usuários instalam são aparentemente inofensivos, mas escondem um downloader que, quando chega a hora, entra em contato com um servidor C & C para baixar outros aplicativos que contêm malware real. Este segundo aplicativo geralmente se disfarça como uma ferramenta de sistema para passar despercebido e obter direitos de administrador enganando o usuário.

Uma vez que o malware esteja no dispositivo, ele começará a lançar anúncios intrusivos no smartphone e estará pronto para roubar as senhas do Facebook da vítima. Ao contrário de outros vírus, neste caso, ele não usa uma página falsa para obter as credenciais, mas é capaz de levá-las da página inicial real até a rede social.

Verifique se você não instalou nenhum dos aplicativos comprometidos na página Trend Micro e, se você detectar que possui algum deles no seu celular, mude seu nome de usuário e senha do Facebook o mais rápido possível.

Read More...

Aplicativos

BankBot: vírus no Google Play rouba dados bancários

Especialistas em várias empresas de segurança detectaram um cavalo de Tróia perigoso na loja de aplicativos da Google Play, que é capaz de roubar dados dos usuários de banco.

De acordo com o desenvolvedor do antivírus Avast, esta é uma nova versão do ‘malware’ conhecido como ‘BankBot‘ que atacou grandes bancos como WellsFargo, Chase, DiBa, Citibank e seus usuários nos EUA, Austrália, Holanda, França, Espanha, Portugal, República Dominicana e Rússia, entre outros.

As versões anteriores dos aplicativos que camuflavam o vírus foram removidas da Play Store. No entanto, alguns permaneceram ativos até 17 de novembro. Tempo suficiente para infectar milhares de usuários.

Nesta oportunidade, o BankBot – que já havia sido identificado várias vezes ao longo do ano – reapareceu escondido em aplicativos para download de diferentes tipos: serviços de lanterna, jogos de cartas e acessórios de limpeza de memória. Depois de instalado no dispositivo, o Trojan é capaz de espiar o usuário, coletar seus dados de login de seu banco e roubar seu dinheiro.

Diante dos esforços do Google para fortalecer as medidas de verificação dos aplicativos que aparecem em sua loja virtual, os hackers começaram a usar técnicas especiais para ignorar controles e detecções automáticas. Por exemplo, as atividades mal-intencionadas começam duas horas após o usuário conceder os direitos de administrador do programa ao dispositivo ou publicar “aplicativos” com diferentes nomes de desenvolvedores.

Para lidar com este tipo de golpes, o Avast recomenda:

  • Verifique se o aplicativo bancário que você usa é verificado.
  • Use sempre a verificação em duas etapas, se o banco o oferecer.
  • Baixe aplicativos apenas de portais oficiais ou confiáveis, como Google Play Store ou Apple App Store e verifique as classificações de cada programa. Se muitos usuários reclamarem sobre sua má experiência, evite usar isso.
  • Não conceda “direitos de administrador” a um aplicativo, a menos que seja estritamente necessário.
  • Tenha um antivírus.

Para mais novidades, clique aqui!

Read More...