Futebol Internacional

Com boa fase no Barcelona, valor de mercado de Paulinho triplicou

O meio-campista Paulinho chegou ao Barcelona sob muita desconfiança, mas o bom futebol que vem apresentando na equipe catalã fez seu valor de mercado quase triplicar, informou o diário espanhol “Marca”, nesta segunda-feira (1º).

Em quatro meses na Espanha, o brasileiro anotou seis gols e deu duas assistências, fazendo a discussão sobre o valor da compra do Barcelona deixar de ser motivo de críticas. À época, a imprensa espanhola chegou até a debochar dos 40 milhões de euros gastos nele, um valor acima do mercado naquele momento.

No entanto, de acordo com a plataforma “Transfermarket”, suas boas atuações com a camisa do Barcelona elevaram as cifras pelo atleta de 15 milhões de euros, valor que era considerado “correto” para tirá-lo do chinês Guangzhou Evergrande, para 40 milhões de euros, justamente, o valor pago pelos catalães.

A boa temporada do brasileiro fez o jornal “Mundo Deportivo” apontar Paulinho como a maior surpresa do Campeonato Espanhol desta temporada. Aos 29 anos e titular da seleção brasileira, Paulinho ganhou destaque após a sua passagem gloriosa pelo Corinthians entre 2010 e 2013. (ANSA)

Read More...

Esporte

Real Madrid anuncia Zidane como novo técnico

(ANSA) – Após semanas de especulações, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, confirmou nesta segunda-feira (4) a demissão do treinador Rafa Benítez e a contratação do ex-craque Zinédine Zidane para o seu lugar.

Madridista de coração, Benítez vinha sendo questionado há tempos, mas o golpe de misericórdia no seu trabalho foi o empate por 2 a 2 com o Valência no último domingo (3). Atualmente, o clube merengue ocupa a terceira posição no Campeonato Espanhol, dois pontos atrás do Barcelona, que tem um jogo a menos, e a quatro de distância para o líder Atlético de Madrid.

Além disso, o técnico enfrentava resistência por parte da principal estrela do time, o português Cristiano Ronaldo, que preferia o antecessor de Benítez, Carlo Ancelotti. Já Zidane, carrasco do Brasil em duas Copas do Mundo, trabalhou como assistente do italiano no próprio Real Madrid e treinava a equipe B do clube merengue.

“Colocarei todo o coração para fazer tudo dar certo. Temos o melhor time do mundo, devemos fazer o melhor possível e, ao fim da temporada, vencer”, declarou o ex-craque francês, sem conseguir esconder a emoção.

Como jogador, o ex-meio-campista defendeu o Real Madrid entre 2001 e 2006, vencendo uma Liga dos Campeões da Uefa (2002), um Mundial de Clubes (2002), uma Supercopa da Europa (2002), um Campeonato Espanhol (2003) e duas Supercopas da Espanha (2001 e 2003).

Read More...