Dicas

Algo surreal? Especialista diz que o Bitcoin atingirá a casa dos 91 mil dólares

Aqueles que investiram suas fortunas no Bitcoin terão mais uma oportunidade para recuperá-las, apesar da queda drástica que a criptomoeda sofreu após 17 de dezembro de 2017. Isso é previsto pela Fundstrat Global Advisors, uma consultoria do ramo de investimentos.

De acordo com a Forbes, apesar de fortes flutuações nos últimos meses e das estimativas pessimistas do bilionário Warren Buffet, o líder da Fundstrat, Tom Lee, se atreve a prever em que patamar a moeda digital estará em março de 2020. Sua estimativa não é completamente “redonda”, mas muito impressionante: 91 mil dólares por bitcoin, que nesta segunda-feira (19) está sendo negociado em US $ 8,576.

No final de fevereiro, o mesmo especialista estimou que, até meados deste ano, a criptografia mais popular do mundo aumentaria para a casa dos 20 mil dólares. Era exatamente a taxa máxima alcançada em dezembro de 2017.

Agora, a equipe de pesquisa, com sede em Nova York, presume ter rastreado as tendências de curto e longo prazos da moeda digital, incluindo os custos da mineração. Um gráfico baseado nas estatísticas de compra e venda – elaborado pela Forbes, mostra uma história de altos e baixos após o principal declínio da moeda.

A criptografia está atualmente no segundo ponto mais baixo nos últimos oito anos e, de acordo com a Forbes, ainda pode cair abaixo de US $ 1.000. No entanto, Tom Lee acredita que quanto menor o momento atual na escala, maior a probabilidade da criptomoeda aumentar em valor. Esta conclusão é suportada pelo “índice de miséria bitcoin” que ele mesmo produziu (IMC, sua sigla em inglês).

Warren Buffett, conhecido como um dos maiores investidores no mundo, previu no início de janeiro que em breve começaria uma queda geral das criptomoedas – não apenas do Bitcoin: “quase certamente” todas elas terão um fim. No entanto, o famoso investidor não pôde especificar quando acontecerá ou como.

O último declínio na importância do bitcoin, registrado em 14 de março, foi atribuído pelo site especializado CoinTelegraph a uma mudança na política de publicidade do Google. A partir de junho deste ano, a empresa não admitirá publicidade de criptografia e serviços relacionados, como ofertas iniciais, bolsas e outras ferramentas do comércio, de acordo com uma nota oficial .

Read More...

Esporte

Forbes divulga ranking dos 10 atletas mais bem pagos da atualidade

Eles receberam – só em 2014 – um total de 3,2 bilhões de dólares em salários, prêmios em dinheiro, patrocínios e bônus. Quem são eles? O site da revista Forbes divulgou, na segunda-feira (15), um ranking que mostra quais são os 100 atletas mais bem pagos do mundo atualmente.

Se comparado com a última pesquisa divulgada pela revista, houve um aumento de 17% entre o ganho dos esportistas, que ainda são liderados pelo boxeadores Floyd Mayweather e Manny Pacquiao. O domínio da lista também pertence aos jogadores de futebol, basquete e golfe, todos ganhando acima de 40 milhões de dólares por ano.

Para se ter noção, somente na chamada luta do século — quando Floyd enfrentou Pacquiao —, os pugilistas, juntos, 460 milhões de dólares. Neste meio tempo, ‘Money’ ganhou quase o dobro do adversário. Confira a lista!

1º Floyd Mayweather

Não há o que discutir. Floyd ‘Money’ Mayweather é, disparado, o atleta que mais ganha no mundo. O multicampeão de boxe está pelo segundo ano no topo da lista com ganhos totais de 300 milhões de dólares.

2º Manny Pacquiao

Por sua vez, o principal rival de Floyd, Manny ‘Pacman’ Pacquiao faturou nada menos do que 160 milhões de dólares e ocupa a segunda colocação. O montante inclui contratos com a Nike, Nestlé e diversas empresas das Filipinas.

3º Cristiano Ronaldo

Depois de David Beckham, sem dúvidas Cristiano Ronaldo é o jogador mais midiático da história. O português, atual melhor jogador do mundo, ganhou 79,6 milhões de dólares e, com isso, ocupa a terceira posição do ranking.

4º Lionel Messi

Rivais dentro e fora de campo. O craque do Barcelona, atual segundo melhor jogador do mundo e fortíssimo candidato a ganhar sua quinta bola de ouro em 2015, teve rendimentos de 73,8 milhões de dólares no último ano. Recentemente, Messi conduziu, ao lado de Neymar e Luis Suárez, os blaugranas ao título da Champions League.

5º Roger Federer

Nike, Rolex e Credit Suisse são apenas algumas das marcas que patrocinam o tenista suíço mais famoso do mundo. Roger Federer faturou, no último ano, 67 milhões de dólares.

6º LeBron James

O astro da NBA ganhou 64,8 milhões de dólares no último ano, entre salários e contratos com Nike, McDonald’s, Coca-Cola, Samsung e outras. LeBron atualmente disputa as finais do principal torneio de basquete do mundo pelo Cleveland Cavaliers.

7º Kevin Durant

Se você pensou que Kobe Bryant vinha logo em seguida, errou feio. Outro astro da NBA é quem aparece atrás de LeBron, e ele é Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder. Ele, que está em sua última temporada pelo time, recebeu 54,1 milhões de dólares e tem mais de 300 milhões garantidos nos próximos 9 anos após fechar, em 2014, um acordo com a Nike.

8º Phil Mickelson

Se você não conhece Phil Mickelson pelas grandes tacadas de golf, provavelmente conhecerá pelos contratos que possui com a Exxon Mobil, Barclays e Rolex. Isso tudo garantiu ao americano 50,8 milhões de dólares no último ano.

9º Tiger Woods

Woods já chegou a ocupar a posição que hoje pertence a Floyd Mayweather, mas um escândalo extraconjugal aliado às lesões fizeram com que seus rendimentos caíssem, de 115 milhões de dólares por ano, para 50,6 milhões de dólares. Com isso, ele ocupa a vice-lanterna do top 10 — que de ruim, isso não tem nada.

10º Kobe Bryant

Um dos principais astros do basquete americano, Bryant aparece na última posição, com 49,5 milhões de dólares arrecadados no último ano. Os contratos com marcas como a Nike e a Lenovo garantiram o montante ao jogador do Los Angeles Lakers e ele ocupa a última posição do top 10 mesmo com o corte salarial de 7 milhões de dólares que teve na última temporada.

Read More...

Variedades

Presidente Dilma Rousseff é a sétima mulher mais poderosa do mundo

A presidente Dilma Rousseff caiu da quarta para a sétima posição no ranking de mulheres mais poderosas do mundo da revista ‘Forbes’.  No topo do ranking a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se mantém invencível no 1º lugar. Na sequência está a ex-secretária de Estado e presidenciável norte-americana Hillary Clinton. Depois vem a filantropa Melinda Gates; a presidente do Federal Reserve, Janet Yellen; a executiva-chefe da GM, Mary Barra; e a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde. Na sequência do top 10, após Dilma, estão a diretora-operacional do Facebook, Sheryl Sandberg; a executiva-chefe do YouTube, Susan Wojcicki; e a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama.

Read More...

Variedades

Bill Gates lidera lista dos mais ricos da ‘Forbes 2015’

Bill Gates continua como o homem mais rico do mundo, segundo a lista dos milionários, divulgada na segunda-feira (2) pela revista Forbes, na qual figuram três portugueses: Américo Amorim, Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos.

A lista é liderada, pelo segundo ano consecutivo, pelo norte-americano Bill Gates, o segundo lugar é ocupado pelo mexicano Carlos Slim e o investidor norte-americano Warren Buffett figura em terceiro lugar.

A revista atribui a Gates, de 59 anos, fundador da Microsoft, uma fortuna de US$ 79,2 bilhões, enquanto estima US$ 77,1 bilhões para Slim, de 75 anos, que lidera o grupo mexicano de telecomunicações América Móvil. Buffet, de 84 anos, tem uma fortuna de US$ 72,1 bilhões.

Em quarto lugar na lista, surge o empresário espanhol Amancio Ortega, de 78 anos, fundador da Inditex, grupo de empresas proprietária de marcas como a Zara, com US$ 64,5 bilhões.

Cinco norte-americanos ocupam os lugares seguintes do ranking de 2015 da Forbes: Larry Ellison, Charles Koch, David Koch, Christy Walton e Jim Walton. No décimo lugar figura a francesa Liliane Bettencourt, de 92 anos, proprietária do grupo de cosméticos L’Oréal, com uma fortuna calculada em US$ 40,1 bilhões.

O mais jovem dos 20 primeiros da lista dos mais ricos é Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, de 30 anos, que surge na 16ª posição com uma fortuna de US$ 33,4 bilhões.

Do total, 1.191 integrantes da lista fizeram sua própria fortuna, enquanto 230 a herdaram. Outros 405 herdaram uma parte mas continuam trabalhando para aumentá-la.

Veja o ranking com os 20 mais ricos:

1. Bill Gates
Fortuna: US$ 79,2 bilhões
Empresa: Microsoft

2. Carlos Slim Helu e família
Fortuna: US$ 77,1 bilhões
Empresa: Telmex

3. Warren Buffett
Fortuna: US$ 72,7 bilhões
Empresa: Berkshire Hathaway

4. Amancio Ortega
Fortuna: US$ 64,5 bilhões
Empresa: Zara

5. Larry Ellison
Fortuna: US$ 54,3 bilhões
Empresa: Oracle

6. Charles Koch
Fortuna: US$ 42,9 bilhões
Empresa: diversas

6. David Koch
Fortuna: US$ 42,9 bilhões
Empresa: diversas

8. Christy Walton e família
Fortuna: US$ 41,7 bilhões
Empresa: Walmart

9. Jim Walton
Fortuna: US$ 40,6 bilhões
Empresa: Walmart

10. Liliane Bettencourt e família
Fortuna: US$ 40,1 bilhões
Empresa: L’Oreal

11. Alice Walton
Fortuna: US$ 39,4 bilhões
Empresa: Walmart

12. S. Robson Walton
Fortuna: US$ 39,1 bilhões
Empresa: Walmart

13. Bernard Arnault & family
Fortuna: US$ 37,2 bilhões
Empresa: LVMH

14. Michael Bloomberg
Fortuna: US$ 35,5 bilhões
Empresa: Bloomberg LP

15. Jeff Bezos
Fortuna: US$ 34,8 bilhões
Empresa: Amazon.com

16. Mark Zuckerberg
Fortuna: US$ 33,4 bilhões
Empresa: Facebook

17. Li Ka-shing
Fortuna: US$ 33,3 bilhões
Empresa: diversas

18. Sheldon Adelson
Fortuna: US$ 31,4 bilhões
Empresa: cassinos

19. Larry Page
Fortuna: US$ 29,7 bilhões
Empresa: Google

20. Sergey Brin
Fortuna: US$ 29,2 bilhões
Empresa: Google

Read More...