Destaques, Educação

Inscrições do Fies começam nesta terça-feira (25)

As inscrições para o segundo semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2019 e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) começam nesta terça-feira (25), na página do processo seletivo. A previsão é de que sejam oferecidos 150 mil contratos, dos quais 50 mil a juro zero. A inscrição acontece até o dia 1º de julho, de acordo com o edital, e o resultado estará disponível em 9 de julho.

Apenas podem se inscrever no Fies e no P-Fies candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota acima de 450 pontos nas provas objetivas e maior do que zero na redação. A pontuação nas avaliações objetivas é calculada com base na média aritmética das notas alcançadas em cada prova. Interessados devem ainda ter renda familiar mensal de até três ou cinco salários mínimos.

Selecionados no Fies – financiamento específico para quem tem menor renda – precisará ir ao site do Novo Fies para complementar a inscrição e contratar o financiamento entre 10 e 12 de julho. Ao contrário da categoria P-Fies, com chamada única, nesta modalidade haverá lista de espera entre os dias 15 e 23 de julho.

Calendário do Fies 2019.2

Inscrição: 25 de junho a 1º de julho

Pré-seleção: 9 de julho

Contratação: 10 a 12 de julho

Chamada da lista de espera: 15 de julho a 23 de agosto

Read More...

Destaques, Educação

Confira os cursos de tecnologia disponíveis com a nota do Enem

Hoje em dia não conseguimos imaginar a vida sem tecnologia. Dos celulares e tablets aos games e, o mais recente conceito de ‘internet das coisas’, que vem, cada dia, se inserindo no cotidiano das pessoas. Não apenas fazer uso, mas quando o assunto é tecnologia existem aqueles que gostam de trabalhar diretamente com esse produto da ciência e engenharia.

Para quem ainda não escolheu uma profissão ou quer mudar de área e se identifica com o ramo tecnológico pode utilizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar em uma universidade. Afinal, a área de tecnologia está em alta no mercado e existem diversos cursos que possibilitam atuar nesse setor que está bastante aquecido.

Separamos alguns cursos de TI, confira abaixo:

Engenharia de Software

O engenheiro de software é preparado durante a graduação para projetar e desenvolver programas, aplicativos e softwares em geral. A duração média do curso é de cinco anos. Entre as possibilidades, esses profissionais podem atuar no suporte e gerenciamento de redes de computadores em empresas de portes variados.

 Análise de Desenvolvimento de Sistemas

Possui titulação tecnológica e durante a faculdade os estudantes são preparados para analisar, desenvolver, projetar e implementar sistemas computacionais de informação, bem como desenvolver habilidades para trabalhar em diversos ramos da Informática, seja criando, implementando ou desenvolvendo softwares e soluções tecnológicas para o mercado.

Ciências da Computação 

Durante os quatro anos na faculdade, o estudante é preparado para desenvolver, implantar e manter sistemas visando atender aos objetivos estabelecidos quanto à qualidade, custos, prazos e benefícios. A grade curricular de Ciências da Computação na maioria das faculdades que ofertam o curso é composta por disciplinas como algoritmos e programação de computadores, inteligência artificial e administração e negócios.

Jogos Digitais

O curso é voltado para a criação de jogos e é ofertado nas modalidades tecnólogo e bacharelado. Durante a faculdade os estudantes passam por diversas matérias ligadas à criação de programas e ambientes de jogos, dominando ferramentas de informática e das diversas plataformas da criação de ambientes em 2D e 3D e da modelagem.

Read More...

Destaques, Educação

Interesse pelo curso superior EAD aumenta no Brasil

Conciliar trabalho, filhos, afazeres pessoais, entre outros compromissos mais a responsabilidade de fazer um curso superior, não é tarefa fácil. Mas essa barreira vem deixando de existir com a possibilidade de cursar uma graduação ou pós-graduação na modalidade EAD. E essa opção já chega a quase 2 milhões de matrículas, o que representa 21% do total do ensino superior do país conforme o último Censo de Educação Superior.

Assim como a demanda é crescente, a oferta de faculdades a distância também. Nos últimos quatro anos, o número de polos saltou de quase 5 mil para mais de 15 mil. A tendência é aumentar ainda mais o interesse pela modalidade, mas antes de efetuar matrícula vale conhecer o próprio perfil como estudante e observar se terá vantagem ou desvantagem investindo na modalidade de educação à distância.

Entre as vantagens, o estudante organizar o próprio tempo podendo conciliar afazeres, como trabalho e estudo, além de não ser necessário o deslocamento todos os dias para à faculdade. Por conta das multiplataformas de acesso à web, o estudo também pode ser feito em dispositivos móveis. Já quanto às desvantagens, depende do aluno organizar seus horários de dedicação às aulas a distância e da disponibilidade e interesse pelos estudos. O aluno possui total autonomia se responsabilizando pelo objetivo a ser atingido.

Quem está muito satisfeita por fazer uma graduação a distância é Alana da Costa que cursa Pedagogia na Unopar EAD. Por ter uma rotina muito corrida, nem tentou a modalidade presencial e optou de primeira por um curso a distância. “Devido ao meu trabalho, não teria como frequentar um curso na modalidade presencial. Estou gostando da experiência EAD e o curso está sendo muito proveitoso”, pontua Alana prestes a iniciar o segundo semestre.

A agente de prevenção e perda, Rita de Cássia Balbino, estuda Gestão da Segurança Privada na Cruzeiro do Sul EAD. Ela escolheu a modalidade EAD pela flexibilidade e a pela comodidade. “Escolhi por ter uma rotina dinâmica de trabalho e, por conta disso, de ter pouco tempo para estudar.  Me identifico com curso porque trabalho com segurança patrimonial e também sou técnica em segurança do trabalho”, explica Rita.

As duas estudantes são bolsistas do Educa Mais Brasil. Além de poder encaixar o curso a distância às suas rotinas, encontraram no programa de bolsas de estudo uma oportunidade de tornar realidade a formação na profissão tão sonhada. No site do programa, parceiro do  Portal N10 (veja aqui) é possível consultar as bolsas de estudo disponíveis e se inscrever gratuitamente.

Read More...

Destaques, Educação

Resultado da 1ª chamada do Prouni 2019 será divulgado amanhã (18)

O resultado da 1ª chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2019, válido para o segundo semestre deste ano, será divulgado nesta terça-feira (18), no site do programa e das Instituições de Ensino Superior (IES) participantes. Os pré-selecionados nesta etapa deverão realizar a comprovação das informações, entre 18 e 25 de junho, por meio da apresentação dos documentos que assegurem a veracidade dos dados fornecidos na inscrição.

Cabe ao candidato acompanhar as orientações necessárias, observando os horários e o local de comparecimento informados pela IES. Caso o prazo não seja respeitado, ou não haja comprovação, haverá a reprovação automática. Por isso, “a pré-seleção, em qualquer das chamadas do Prouni, assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa”, já que é preciso ainda participar das etapas posteriores.

O programa destaca que algumas instituições podem estabelecer um processo seletivo específico para quem foi pré-selecionado para as bolsas de estudo. No entanto, as regras (natureza e critérios adotados) devem ser publicadas em, no máximo, 24 horas após a divulgação dos resultados das chamadas. Não serão cobradas taxas adicionais nestes casos.

Segunda chamada do Prouni

O resultado do programa é divulgado em duas chamadas sucessivas. No caso da segunda chamada do Prouni, a lista de pré-selecionados estará disponível em 02 de julho e os candidatos convocados deverão comprovar os dados até o dia 08 do respectivo mês.

Prouni 2019.2

Foram ofertadas 169 mil bolsas de estudo, neste segundo semestre. Dos 33.830 cursos ofertados, Administração somou a maioria das oportunidades: 17.004 bolsas de estudo em 983 municípios do país. Em seguida, aparecem as formações em Pedagogia (13.387) e Ciências Contábeis (10.817).

Read More...

Destaques, Educação

Candidatos têm até amanhã (14) para concorrer às bolsas de estudo do Prouni 2019

Seguem abertas até amanhã (14) as inscrições para as bolsas de estudo ofertadas pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) que viabilizam o ingresso na faculdade no segundo semestre de 2019. São 169.226 bolsas em 33.830 cursos em Instituições de Ensino Superior privadas. A inscrição deve ser feita no site do programa.

Para se candidatar é preciso cumprir os requisitos fixados pelo Ministério da Educação (MEC). Entre eles, estão a comprovação de renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio, se o objetivo foi conseguir as bolsas integrais. Já as bolsas parciais para a graduação (50%) têm como critério a renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Há também outras exigências:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não há requisito de renda.

Sobre o Prouni 2019.2

A primeira chamada do Prouni 2019.2 será divulgada em 18 de junho e o candidato pré-selecionado deverá comparecer à respectiva instituição de ensino superior para comprovação das informações no período de 18 a 25 de junho. Se a aprovação acontecer na segunda chamada, prevista para 02 de julho, a comprovação das informações acontece entre 2 e 8 de julho. Confira abaixo o calendário para o segundo semestre:

  • 11 a 14 de junho: inscrições
  • 18 de junho: resultados dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada
  • 18 a 25 de junho: comprovação das informações
  • 2 de julho: resultado dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada
  • 2 a 8 de julho: comprovação das informações
  • 18 de julho: lista de espera

*Com informações do Ministério da Educação

Read More...