Destaques, Negócios

Conheça as famílias mais ricas do mundo

Os números são impressionantes: US$ 70 mil por minuto, US$ 4 milhões por hora, US$ 100 milhões por dia. Foi nesse ritmo que a família dona da Walmart Inc. cresceu no ano passado, segundo estudo publicado pela Bloomberg.

Para efeito de comparação, desde que você começou a ler este artigo, a fortuna do clã cresceu cerca de US$ 23 mil. Já um associado que trabalha na empresa nos EUA teria ganho cerca de US$ 0,06 (seis centavos de dólar) nesse período, partindo de um mínimo de US$ 11 por hora.

Mesmo nesta era de extrema riqueza e desigualdade brutal, o contraste é chocante. Os herdeiros de Sam Walton, o fundador do Walmart, estão acumulando riqueza em uma escala quase sem precedentes – e não estão sozinhos, de acordo com o estudo.

Segundo o ‘ranking’, as 25 famílias mais ricas do mundo monopolizam uma fortuna total de US$ 1,4 bilhão, o que representa um crescimento de 24% desde o ano passado. Nos EUA, os 0,1% mais ricos do país controlam mais riqueza hoje do que em qualquer outra época desde 1929, estima a Bloomberg.

Conheça as cinco famílias mais ricas do mundo

  • The Waltons

Companhia : Walmart

Fortuna : US$ 190,5 bilhões

O Walmart é o maior varejista do mundo em receita. A fortuna da família Walton aumentou US$ 39 milhões desde que chegou ao topo da lista das maiores fortunas em junho de 2018, chegando agora a quase US$ 191 bilhões.

  • The Mars

Companhia: Mars

Fortuna: US$ 126,5 bilhões

A dinastia é conhecida principalmente pelos doces M & M, Milky Way e Mars, embora os produtos para animais de estimação representem aproximadamente metade das receitas da empresa. No ano passado, sua riqueza cresceu US$ 37 bilhões.

  • The Koch

Companhia: Koch Industries

Fortuna: US$ 124,5 bilhões

A Koch Industries, de propriedade de Charles e David Koch, é um conglomerado com receita anual de aproximadamente US$ 110 bilhões. Desde o ano passado, sua fortuna cresceu US$ 26 bilhões.

Irmãos Koch (Foto: Divulgação)
  • Al saud

Família real saudita

Fortuna: US$ 100 bilhões

A estimativa do patrimônio líquido da monarquia saudita – que é uma novidade da lista deste ano – é baseada em pagamentos cumulativos que se estima terem sido recebidos pelos membros da Família Real nos últimos 50 anos do Royal Diwan, o escritório executivo do Rei.

  • The Wertheimer

Companhia: Chanel

Fortuna: US$ 57,6 bilhões

Os irmãos Alain e Gerard Wertheimer são donos da famosa casa de moda Chanel, que faturou US$ 11 bilhões em 2018.

Para alguns críticos, tais números são evidências de que o capitalismo precisa ser consertado. A desigualdade tornou-se uma questão política explosiva. À medida que a tensão aumenta, até mesmo alguns herdeiros bilionários estão apoiando medidas como os impostos sobre a riqueza.

“Se não fizermos algo assim, o que estamos fazendo, acumulando essa riqueza em um país que está se despedaçando?”, Disse Liesel Pritzker Simmons, cuja família ocupa a 17ª posição na lista da Bloomberg, em junho. “Essa não é a América em que queremos viver.”

Contabilizar a fortuna das famílias não é uma ciência exata. Fortunas apoiadas por décadas e às vezes séculos de ativos e dividendos podem ofuscar a verdadeira extensão das posses de uma família. O patrimônio líquido dos Rothschilds ou Rockefellers, por exemplo, é muito difuso para avaliar. Clãs cuja riqueza é atualmente não verificável também estão ausentes.

Mas daqueles que podemos acompanhar, a maioria está colhendo as recompensas de taxas de juros baixíssimas, cortes de impostos, desregulamentação e inovação. No total, as 25 famílias mais ricas do mundo têm US$ 250 bilhões a mais em relação ao ano passado.

Os ricos não estão necessariamente ficando mais ricos juntos. A família Quandt caiu oito posições após um ano ruim para a Bayerische Motoren Werke AG, que combateu as tensões comerciais e desacelerou os mercados globais, já que a BMW investe na mudança disruptiva para veículos elétricos autônomos. As famílias Dassault, Duncan, Lee e Hearst caíram da lista.

Read More...

Destaques, Economia

Ibovespa chega a 104 mil pontos e bate novo recorde

(ANSA) – O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, atingiu nesta sexta-feira (5) sua maior pontuação de fechamento na história, superando o recorde anterior, registrado ontem (4).

Com o avanço da reforma da Previdência, a bolsa teve alta de 0,44%, a 104.089,47 pontos, no terceiro avanço seguido. Desta forma, acumulou valorização de 3,09% na semana. Considerando a inflação, apesar do recorde, a Bolsa ainda está longe de alcançar o nível registrado em 2008. O dólar comercial, por sua vez, teve alta de 0,52%, batendo R$3,82 na venda, após ter registrado duas quedas consecutivas.

No entanto, a moeda norte-americana fechou a semana com desvalorização acumulada de 0,55%. Desde ontem, investidores no Brasil já estavam animados com a aprovação do novo texto da Previdência, o que acabou destoando dos mercados europeus e americanos.

Read More...

Dicas

Saiba como manter sua vida financeira em ordem

Uma dica é organizar as finanças em planilhas

No Brasil, infelizmente, educação financeira ou gestão financeira não faz parte do currículo escolar. Por conta disso, a organização financeira é um grande desafio para boa parte da população. Ter consciência da renda, despesas, investimentos e saber a forma com que o dinheiro está sendo gasto é importante para uma vida financeira equilibrada. O planejamento mensal garante segurança e possibilita que os planos estabelecidos sejam realizados. Veja dicas para pôr em prática a organização das finanças pessoais:

Organize suas finanças em planilhas

As planilhas podem ajudar de inúmeras formas. Registrando ganhos e gastos, despesas fixas, despesas emergenciais e até aquele dinheiro que foi gasto para comprar um lanche. Pode até parecer exagero, mas o controle funciona. Ao visualizar esses valores, a pessoa passa a ter uma base de como o seu dinheiro tem sido gasto. Dessa forma, é possível priorizar os gastos que realmente importam. Atualmente, existem modelos de planilhas disponíveis na internet e diversos aplicativos que podem te ajudar a organizar sua vida financeira.

Renegocie as dívidas

Às vezes, os gastos podem ultrapassar o esperado fazendo com que as pessoas adquiram dívidas indesejadas. Nessas horas, é preciso se organizar, estabelecer estratégias e prazos para que tudo seja devidamente pago. Renegociar pode ser um excelente negócio. É possível conseguir descontos para pagamento à vista e juros mais baixos para pagamentos a prazo. Faça o exercício constante de rever as prioridades e comece sempre pelas dívidas de maior valor.

Controle seus gastos com o cartão de crédito

Para quem quer uma vida financeira organizada, a utilização do cartão de crédito pode ser um empecilho. Compras parceladas realizadas com os cartões podem se transformar em verdadeiras bolas de neve, por conta dos juros altos. Para solucionar esse problema, pague sempre o valor total das faturas e não ultrapasse o limite da sua capacidade de pagamento. 

Read More...

Destaques, Dicas

Filhos podem e devem participar do planejamento financeiro familiar

Mães e pais quebram a cabeça mensalmente pensando nas contas da família. Balancear os gastos básicos como comida e transporte se torna infinitamente mais difícil quando filhos entram na fórmula. Afinal, só quem arca com despesas como mensalidade, materiais escolares, presentes de aniversário (e Natal, e Dia das Crianças), entre outros, sabe o quanto tudo isso pode pesar no bolso.

É comum pensar que o planejamento financeiro familiar é um problema exclusivo dos pais, em razão da pouca idade das crianças. Porém, existem maneiras, sim, de conscientizar seus filhos – mesmo os pequenos -a pensar criticamente sobre dinheiro, investimentos e poupanças, o que trará apenas benefícios à saúde fiscal e também ao futuro de seus filhos.

Com as dicas abaixo, você pode colocar seus pequenos no dia a dia econômico de sua casa e aproveitar todos os frutos disso.

1 – Ofereça uma mesada

É extremamente importante que a criança tenha seu próprio dinheiro. Assim, ela vai aprender, muitas vezes por si própria, o real valor que ele tem. A frequência da mesada e seu valor fica à critério dos pais, sempre. Alguns preferem um regime semanal, enquanto outros recorrem ao mais tradicional pagamento mensal. Quanto à quantidade, uma boa dica é oferecer um valor baixo no início, e depois aumentar gradativamente.

2 – Ensine o valor de economizar agora para ganhar depois

Convenhamos que jovens não gastam milhares de reais. Seus gastos são esporádicos e momentâneos, como lanches ou passeios no cinema. Todos esses trazem prazeres instantâneos e dificultam o ensinamento da importância de economizar. O papel dos pais aqui é mostrar que um salgado a menos na hora do recreio pode significar, talvez, um jogo de videogame no final do mês.

3 – Recompense boas práticas

O aumento de mesada pode ser feito através da recompensa de boas práticas. Por exemplo: se seu filho realizar todas os deveres de casa, ganha um “bônus” naquele mês. Ou, se ele conseguir economizar metade de sua mesada, ganha um passeio de sua escolha (bancado pelos pais, claro). O importante aqui é passar a lição de que, com grandes esforços, é possível lograr bons resultados financeiros. É o primeiro passo para que eles aprendam sobre a importância do trabalho.

4 – Faça compra com seus filhos – de vez em quando

Apesar de não ser aconselhável levar os filhos para as compras do supermercado todas as semanas, a experiência pode ser positiva se feita com moderação. Mostrar a eles que seus alimentos diários têm um preço e que você, também, faz um planejamento financeiro para isso (leia-se: uma lista de compras) que vai ajuda-los a desenvolver sua capacidade financeira.

A habilidade para o planejamento financeiro deve ser treinada desde cedo nas crianças, assim como a leitura, a escrita e até a matemática. Não deixe este importante aprendizado apenas para a sala de aula. O dia a dia com a família também é crucial para que seu filho cresça com boas práticas financeiras.

*Texto escrito por Dora Ramos (orientadora financeira e terapeuta complementar/holística) para o Portal N10

Read More...

Destaques, Empregos e Estágios

Neoenergia abre inscrições para programa de Estágio 2019; há vagas para o RN

O Grupo Neoenergia recebe inscrições para seu programa de estágio com oportunidades para universitários de diversas áreas do conhecimento. O processo seletivo será unificado para todas as empresas do Grupo, que possui atuação em 12 estados brasileiros. As principais localidades de contratação são nos estados da Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte (Cosern) e Rio de Janeiro.

Serão oferecidas aproximadamente 55 vagas para o RN. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de dezembro no site do Programa de Estágios (aqui). O link também pode ser acessado num banner no site da Cosern.

Detalhes

Perfil do Candidato

Se você esta disposto a aprender, quer evoluir profissionalmente e tem energia de sobra, esse é o lugar certo pra você!

Pré-Requisitos

  • Estar cursando antepenúltimo, penúltimo ou último ano da graduação em 2019;
  • Disponibilidade para estagiar: 24 ou 30 horas semanais a partir de fevereiro.

Cursos

Podem participar do programa estudantes de todos os cursos superiores, especialmente os indicados abaixo:

  • Administração;
  • Ciências Contábeis;
  • Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e correlatos;
  • Comunicação Social: Propaganda, Marketing, Jornalismo, Publicidade, Relações Públicas e correlatos;
  • Economia;
  • Direito;
  • Matemática e Estatística;
  • Todas as Engenharias.​​

Locais

Vagas estão abertas em diversas localidades dos estados da Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e São Paulo.​

Etapas

  • Testes Online
  • Triagem Curricular
  • Vídeo Entrevista
  • Dinâmica Presencial + Painel com Executivos
  • Entrevista Individual
  • Início em Fevereiro de 2019

Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui). Agora, se pretende focar nos estudos com os mais variados materiais para concurso, clique aqui.

Read More...