Destaques, Processo Seletivo

Funpec (RN) abre processo seletivo para Consultor Jurídico

A Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) abriu processo seletivo com uma vaga para Consultor Jurídico. A atuação será em projeto acadêmico gerenciado pela Fundação, com salário de R$ 4.272,03 e carga horária de 40 horas semanais.

Os candidatos devem ter nível superior completo em Direito e comprovante de regularidade na OAB. Também é necessário ter especialização na área do cargo ou experiência de três anos na área jurídica, além de experiência comprovada de no mínimo seis meses na área de licitações e contratos administrativos.

As inscrições seguem abertas até o dia 23 de julho e são feitas de forma gratuita no site da Funpec. Lá, constam o edital de seleção e o formulário de inscrição.

Vale salientar que o processo seletivo será realizado em duas etapas: análise de currículo e entrevista técnica. O resultado final será divulgado no site da Fundação.


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui).

Read More...

Destaques, Empregos e Estágios

TJRN e Esmarn abrem processo seletivo com 84 vagas de estágio

A comissão de Processo Seletivo para Estagiários Conciliadores do Poder Judiciário informa que realizará seleção para preenchimento de vagas remanescentes para estudantes universitários de Direito e Psicologia, que estejam cursando no mínimo o quarto e no máximo, o oitavo período. A publicação leva em consideração o término da convocação dos aprovados na última seleção. O processo será executado pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

São 55 vagas para estagiários conciliadores de Direito e outras 29 para os universitários de Psicologia. O Estagiário Conciliador receberá, a título de bolsa mensal de estágio pela jornada semanal de 20 horas, o valor de R$ 1.000,00 e, pela jornada de 30 horas, o valor de R$ 1.500,00, conforme Resolução nº. 09/2016-TJ, publicada no Diário da Justiça eletrônico edição 2048. Também será pago ao estagiário, auxílio-transporte no valor de R$ 127,60.

Para a área do Direito a divisão é a seguinte: Cejusc Natal Matutino (15 vagas), Cejusc Natal Vespertino (10), Parnamirim Matutino (cadastro de reserva), Parnamirim Vespertino (cadastro de reserva), Mossoró Matutino (10), Mossoró Vespertino (4), Caicó (2), Currais Novos (3), Jardim de Piranhas (1), João Câmara (1), Pau dos Ferros (1), São Gonçalo do Amarante (1), Apodi (1), Areia Branca (1), Assu (1), Ceará-Mirim (1), Macau (1), Nova Cruz (1) e Santa Cruz (1).

Os candidatos do ramo da Psicologia disputarão as seguintes vagas: Cejusc Natal Matutino (8), Cejusc Natal Vespertino (8), Parnamirim Matutino (2), Parnamirim Vespertino (2), Mossoró Matutino (4), Caicó (1), Currais Novos (1), Jardim de Piranhas (1), João Câmara (1) e Pau dos Ferros (1).

A inscrição será realizada, exclusivamente, via Internet, a partir das 8 horas do dia 28 de maio até às 23h59 do dia 14 de junho. Para se inscrever, o candidato deverá pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 80,00 (oitenta reais).

O candidato deverá, no período da inscrição, escolher o turno matutino ou vespertino, nas comarcas onde existir essa possibilidade, apontando a carga horária respectiva, sendo 20 ou 30 horas semanais (segunda a sexta-feira) para o turno matutino e 20 horas semanais (segunda a quinta-feira) para o turno vespertino. Para ver o Edital clique AQUI.


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui).

Read More...

Educação

Conheça os 15 cursos de graduação preferidos das mulheres

A figura da mulher educadora e cuidadora ainda é forte nas cadeiras das instituições de ensino superior do Brasil, apesar da presença feminina em todas as áreas de conhecimento. A constatação foi feita pelo site Quero Bolsa ao avaliar dados apurados pelo Censo do Ensino Superior, do Ministério da Educação (MEC). O curso de Pedagogia é disparado o mais ocupado por elas, com 93% do total de alunos (veja o ranking abaixo).

Os 15 cursos preferidos das mulheres:

1. Pedagogia

2. Direito

3. Administração

4. Enfermagem

5. Ciências Contábeis

6. Psicologia

7. Serviço Social

8. Gestão de Recursos Humanos

9. Fisioterapia

10. Educação Física

11. Arquitetura e Urbanismo

12. Engenharia Civil

13. Nutrição

14. Medicina

15. Farmácia

Na análise mais detalhada, o curso de Pedagogia perde apenas a preferência entre as universitárias com menos de 25 anos de idade e que estudam em faculdades privadas. Neste caso, o curso de Direito possui o maior número de mulheres matriculadas, seguido por Administração e Pedagogia. Entre as estudantes acima de 30 anos, também há diferenças no perfil das que cursam o ensino público e privado. Apesar da liderança de Pedagogia em ambos os grupos, as alunas que estudam em universidades estaduais e federais preferem as carreiras de Licenciatura. A graduação em Letras – com suas variadas habilitações – aparece em segundo lugar, enquanto Matemática, História e Geografia ocupam, respectivamente, o quinto, sexto e sétimo no ranking. O curso de Direito ocupa apenas a nona colocação.

“É possível concluir que após os 30 anos de idade, as mulheres buscam áreas de atuação onde o ingresso de profissionais mais velhos não é um obstáculo, caso da carreira de professor. Além disso, os cursos de licenciatura oferecidos por instituições públicas são menos disputados do que outras carreiras, o que seria um facilitador ao ingresso. Isto poderia ser explicado, em parte, pelo fato de que muitas mulheres, por ter jornada dupla em casa e no trabalho, julgam ter menor tempo de preparação para disputar os cursos mais disputados”, avalia Pedro Balerine, diretor de inteligência de mercado do Quero Bolsa.

Já entre as alunas das faculdades privadas, Direito ocupa o segundo lugar e os cursos de Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia e Nutrição passam a figurar entre os 15 mais procurados pelas mulheres. “Provavelmente, elas levam em consideração uma combinação de fatores. Um deles é o custo do curso versus a possibilidade de remuneração futura. Nesse caso, em via de regra, o mercado de saúde oferece salários melhores do que a área de educação. Ou seja, já que é necessário investir tempo e dinheiro na faculdade, é melhor que a perspectiva de ganho seja mais promissora. Também é importante lembrar que as opções de cursos de licenciatura são mais limitadas na rede privada”, explica Balerine.

Presença feminina

A participação feminina no ensino superior tem se mantido estável em 57% do total de alunos matriculados entre 2009 e 2016, período avaliado pela área de inteligência do Quero Bolsa. Ao longo desses anos, porém, houve uma queda expressiva no total de mulheres com mais de 30 anos nas faculdades brasileiras. Em 2009, elas representavam 45% das alunas matriculadas, enquanto em 2016 (último ano com dados disponíveis) eram apenas 20%. Na avaliação do diretor de Inteligência do Quero Bolsa isso leva a crer que o ingresso delas no ensino superior tem ocorrido cada vez mais cedo, possivelmente graças aos programas de incentivo como financiamentos e bolsas de estudo.

Os dados apurados pelo MEC em 2016 se equivalem quando analisada a participação das mulheres no programa Quero Bolsa. Elas eram 59,8% do total de bolsistas, sendo que 21% delas tinham 30 anos ou mais.

Read More...

RN

TJRN faz nova convocação de juízes leigos

A Presidência do Tribunal de Justiça do RN publicou nova portaria designando 38 juízes leigos para atuação junto aos Juizados Especiais do Rio Grande do Norte. Tratam-se de advogados aprovados em seleção realizada em 2014 para exercer essa função pública pelo prazo de dois anos, a partir de 19 de fevereiro, presidindo audiências, instruindo processos e preparando minutas de sentenças.

A primeira convocação ocorreu no dia 18 de janeiro. O objetivo da nova designação é preencher totalmente as 65 vagas disponibilizadas na seleção. De acordo com a Portaria nº 150/2018, os candidatos deverão se apresentar na Secretaria Geral do TJRN no período de 2 a 8 de fevereiro, para cadastramento e entrega de documentos. A documentação necessária consta na Portaria. A ficha cadastral dos aprovados está disponível AQUI e a relação completa dos convocados, você encontra AQUI.

O presidente do TJRN, desembargador Expedito Ferreira, ressalta que os juízes leigos são fundamentais para o melhor funcionamento dos Juizados Especiais e representam um avanço na buscar por uma Justiça potiguar mais célere. “Com esse reforço, queremos aumentar a celeridade nos Juizados, que são uma parte importante do Poder Judiciário”, assinala Expedito Ferreira.

Saiba mais

Nos termos da Resolução nº 174/2013-CNJ, os juízes leigos são auxiliares da Justiça recrutados entre advogados com mais de dois anos de experiência. O exercício das funções é considerado de caráter público, sem vínculo empregatício ou estatutário, temporário e pressupõe capacitação anterior ao início das atividades.

Veja a portaria publicada pelo TJRN que disciplina a forma de remuneração dos juízes leigos, fixando o valor a ser pago pelo atos a serem praticados por eles.

Aos juízes leigos é dado o objetivo de auxiliar na proposta de uma Justiça mais simples, econômica e ágil, com a efetivação de conciliações entre as partes, presidência de audiências, oitiva de testemunhas, instrução de processos e até a preparação de minuta de uma sentença para o juiz, que age como supervisor dos trabalhos.

Read More...

Destaques, Educação

Bolsa de estudo é alternativa para quem não conseguiu uma boa classificação no Enem

Os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2017) e não conseguiram a pontuação necessária para ter acesso às universidades públicas e privadas, ainda podem recorrer ao programa educacional Educa Mais Brasil. As bolsas de estudo ofertadas são de até 70% de desconto e estão disponíveis durante todo o ano.

Para participar o estudante deve acessar o site programa, escolher a cidade, o curso, clicar na opção “quero esta bolsa” e realizar a inscrição informando os dados pessoais, sendo possível selecionar outras opções de curso e acompanhar o status da inscrição no próprio site por meio do “Portal do Aluno”.

Segundo a diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres, o objetivo do programa é levar a educação para o maior número de pessoas possível, contemplando àqueles que não podem pagar o valor total das mensalidades. “A cada semestre trabalhamos para ofertar mais vagas e consequentemente aumentar o número de beneficiados, assim, estamos contribuindo com um país mais justo e desenvolvido, além de ajudar os estudantes que buscam a educação como prioridade para garantir um futuro de sucesso”.

O Educa Mais Brasil realiza este trabalho há mais de 15 anos e já conseguiu ajudar mais de 450 mil alunos com o sonho de cursar o ensino superior. Entre as mais de 18 mil instituições parceiras, os estudantes poderão optar por aprender nas melhores universidades, faculdades e centros universitários do País, e realizar cursos como: Administração, Direito, Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Nutrição, Psicologia, entre outros, podendo ser consultados no site.

As bolsas de estudo também são concedidas para a Educação Básica, Cursos Técnicos, Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes, EJA – Educação para Jovens e Adultos e Pré-Vestibular/Enem. Mais informações podem ser obtidas por meio da central de atendimento, pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades, e a inda pelo site do programa: www.educamaisbrasil.com.br.

Read More...