Educação

Veja dicas importantes para o dia do Enem

Falta pouco tempo para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que ocorre entre os dias 5 e 6 de novembro. Pensando nos estudantes que estão correndo contra o relógio, Rodrigo Fulgêncio, coordenador da Turma Medicina do Curso Poliedro, preparou algumas dicas para ajudar os candidatos a se saírem bem no dia da prova. Confira:

1) Tenha uma boa alimentação no dia da prova

Uma boa alimentação antes da prova também é importante, já que serão horas resolvendo questões. Recomendamos que os alunos procurem comer alimentos que possuam carboidratos de reduzido índice glicêmico (em geral os integrais) e que sejam ricos em fibras, pois eles ajudam a prolongar a saciedade e regular o açúcar no sangue. Devem-se evitar barras de chocolate, refrigerantes e doces durante a prova, já que eles têm alto índice glicêmico e liberam rapidamente açúcar no sangue;

2) Reserve um tempo para preenchimento do cartão resposta

O tempo de preenchimento do cartão-resposta deve estar muito bem dimensionado antes de se fazer a prova. Se, ao faltar meia hora para o término da prova, o aluno já iniciar o preenchimento do cartão-resposta e finalizar em 20 minutos, perde-se 10 minutos que poderiam ser utilizados para a resolução ou checagem das questões. Logo, é importante dimensionar e cronometrar o tempo gasto para o preenchimento do cartão-resposta;

3) Dedique tempo para a redação

No dia da prova de redação, uma tática utilizada por muitos alunos é inicialmente ler o tema da redação e fazer um brainstorming rápido de ideias em um rascunho, para depois começar a resolver as questões. Durante a resolução dos testes novas ideias para a redação podem ir aparecendo e estas devem ser anotadas no rascunho. Na parte final, reservar de 45 minutos a 1 hora para escrever a redação;

4) Deixe as questões mais difíceis para o final da prova

É importante que o aluno, durante a resolução das questões objetivas, não perca muito tempo em questões muito difíceis. A estratégia mais adequada é pular as questões difíceis e fazer inicialmente as mais fáceis;

5) A leitura de jornais e revistas pode ajudar na elaboração da dissertação

O Enem exige a produção de uma redação dissertativo-argumentativa, que deve relacionar questões sociais, políticas, culturais e científicas a partir de uma situação-problema. Além disso, diferentemente de muitos vestibulares, a redação do Enem exige que o candidato proponha uma solução para o problema apresentado no tema. Assim, será preciso utilizar criatividade e conhecimento de mundo para propor soluções fundamentadas, defendendo de forma coerente o seu ponto de vista. Essa proposta de intervenção deve ser realista e respeitar os direitos, evitando qualquer tipo de argumentação preconceituosa ou racista. A leitura de jornais, revistas e conteúdo da internet é importante para o candidato se preparar para produção dessa redação;

6) Durma bem

O corpo também precisa estar preparado para enfrentar horas de prova. Por isso, no dia que antecede o Enem, é preciso ter uma alimentação leve, saudável e, principalmente, dormir a quantidade de horas necessárias para um bom descanso.

Read More...

Educação

TV Assembleia transmite aulões preparatórios para o ENEM

Quem está se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que será aplicado em todo o País nos dias 24 e 25 de outubro, ganhou um reforço no aprendizado: desde o domingo (27), a TV Assembleia passou a transmitir aulões de revisão, englobando todas as áreas de conhecimento cobradas no exame.

Estão sendo ministradas aulas nas quatro áreas: Ciências Humanas e suas tecnologias; Ciências da Natureza e suas tecnologias; Linguagens, códigos e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias, que seguem até a véspera das provas.

As transmissões ocorrem sempre aos domingos, das 10h às 12h, com professores se revezando em todas as disciplinas. Durante este período, o único horário diferenciado será para o aulão de revisão, um dia antes do ENEM, (24/10), com transmissão às 19h e participação dos telespectadores pelas redes sociais, que vão poder tirar dúvidas do conteúdo exibido em tempo real.

“Quem está se preparando ou quem ainda não estudou e precisa de um reforço terá este apoio fundamental da TV Assembleia. A Casa do Povo está dando a sua parcela de contribuição aos estudantes, principalmente àqueles que não tem condições de pagar por aulas na rede privada. Parabenizo a TV Assembleia por sua iniciativa”, disse o professor João Maria de Lima, parceiro e coordenador.

No Brasil, cerca de 8 milhões de estudantes prestarão provas. O diretor da TV Assembleia, Bruno Giovani, disse que o projeto era inovador, por abordar novos conteúdos. “É a primeira TV pública do Estado a disponibilizar aulões para o ENEM”, afirmou.

Read More...

Educação

Na reta final para o Enem, confira algumas dicas indispensáveis

Esta quinta-feira (24/9) marca o início da contagem regressiva para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): falta exatamente um mês para as provas, que serão aplicadas em todo o país para mais de 7,7 milhões de participantes nos dias 24 e 25 de outubro. Eles terão dois dias para responder a 180 questões e elaborar uma redação.

Para fazer o tempo render nesta reta final de preparação, é essencial fazer um cronograma dos conteúdos que ainda precisam ser estudados, dando preferência nesta etapa para o que o estudante ainda não teve tempo de aprender. Quando a prova estiver mais próxima, no entanto, a estratégia se inverte: cerca de 15 dias antes do exame, o ideal é diminuir o ritmo e fazer revisões.

No primeiro dia de Enem, sábado 24 de outubro, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de 4 horas e 30 minutos. No domingo, 25, os estudantes terão 5 horas e 30 minutos para resolver questões de linguagens, códigos, matemática e fazer a redação.

Os candidatos isentos da taxa de inscrição que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o direito à isenção no exame de 2016. O objetivo da mudança no critério é diminuir o índice de abstenções. Veja abaixo o que você não pode deixar de fazer:

1) Verifique seu cartão de confirmação

Pela primeira vez, o Ministério da Educação não vai encaminhar a versão impressa do cartão pelos Correios. A divulgação será exclusivamente no formato digital pelo site do Enem. Ainda não há data prevista, mas é preciso ficar de olho. O cartão, além de significar a confirmação de inscrição do candidato, traz o endereço de seu local de prova.

2) Reserve tempo para ir até o local onde será a prova

É preciso colocar na agenda nesses 30 dias ao menos uma visita (talvez duas, em dias diferentes) ao ponto onde será a prova. A visita é fundamenta para determinar qual o meio de transporte ideal e tempo necessário para chegar. Atrasos não são permitidos e os portões serão fechados às 13h (horário de Brasília).

3) Não esqueça de verificar seus documentos

Para fazer as provas é necessário apresentar um documento de identificação original com foto. Se você, por algum motivo, está sem documento, vale a pena correr e providenciar.

Serão aceitos: carteira de trabalho, passaporte, carteira de habilitação e certificado de reservista. Não serão aceitos: certidões de nascimento e casamento, título de eleitor, carteira de estudante, crachás funcionais. Cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas, também não são aceitas.

O candidato que estiver sem o documento por motivo de perda, furto ou roubo poderá fazer as provas se apresentar um boletim de ocorrência expedido por um órgão policial, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame.

4) Foque nos conteúdos com mais dificuldade

Ainda dá tempo de estudar os conteúdos com mais dificuldade. É a hora de fazer exercícios, verificar as provas de anos anteriores, tirar dúvidas com professores e pegar as últimas dicas. Como o Enem engloba todo o conteúdo do ensino médio e o volume do material é muito grande, estudar tudo agora seria impossível.

Porém aprender um pouco mais de uma disciplina ou outra ainda dá. O portal EBC traz vídeos divididos por áreas do conhecimento que podem ajudar nessa missão, além de oferecer uma opção para treinos com simulados. Livre-se das pendências e vá para as provas confiante e seguro.

5) Converse com quem passou pela experiência

O Enem é uma prova longa. Além de conhecimento e controle da ansiedade, ela exige resistência, principalmente se no dia do exame as temperaturas estiverem altas. Vale a pena levar água para se hidratar e pequenos lanches. Outra dica é conversar com quem já enfrentou com sucesso a maratona de provas. Ouvir experiências positivas de colegas e professores pode ser inspirador e deixar o candidato mais tranquilo.

6) Acompanhe o noticiário

A prova não vai cobrar conhecimento sobre as atualidades. Porém, ler jornais, sites, revistas e se informar ajuda no desenvolvimento de um repertório para escrever uma boa redação. No ano passado o tema foi publicidade infantil e em 2013, os efeitos da implantação da Lei Seca. A redação é feita no segundo dia de prova, no domingo. Garantir uma boa pontuação é essencial para elevar a nota e ter mais chances de disputar vagas pelo Sisu.

7) Planeje tempo para relaxar

Cada aluno tem seu próprio ritmo, mas sobretudo a semana final deve ser período de desaceleração. Busque o melhor dentro de sua realidade. Os especialistas aconselham que os estudantes busquem atividades de lazer que não comprometam o sono. Nada de exagerar em baladas, mas aproveite para rever amigos. O período também deve ser aproveitado para manter a alimentação regrada: nada de exageros.

Read More...

Educação

Parto normal ou cesariana? Tema pode cair na redação do Enem

No quadro “Pode cair no Enem – atualidades” do programa Todas as Vozes (Rede EBC), o jornalista Marco Aurélio Carvalho entrevistou Amanda Nogueira, professora de biologia e diretora de unidade do Sistema Elite de Ensino de Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro. Amanda destacou que a polêmica sobre parto normal e cesariana pode surgir na redação e em outras questões das provas do Exame Nacional do Ensino Médio.

A ANS – Agência Nacional de Saúde – divulgou, no início deste ano, uma resolução para estimular o parto natural. O Brasil é campeão no número de cesarianas, cenário oposto, por exemplo, ao da Europa. Até mesmo campanhas publicitárias com gente famosa, como Kate Middleton e Gisele Bündchen, que estimulam o parto natural, não alteram significativamente o quadro. No país, ainda há uma crença, muito estimulada pelos planos de saúde, de que a cesárea é melhor para a mãe e o bebê.

Confira no player (clicando aqui) a entrevista completa e ouça dicas e orientações sobre o tema, além de obter provas antigas do Enem para auxiliar nos estudos.

Read More...