Destaques, RN

Devido ao colapso no abastecimento de água, 3 municípios do RN voltam a receber carros-pipa

As cidades de Paraná, Pilões e São Miguel, que estão em situação de colapso no abastecimento de água, serão atendidas por carros-pipa através da Operação Vertente 3, coordenada pela Defesa Civil do RN. Os recursos para o suprimento de água potável, que são na ordem de R$ 1,9 milhão, foram encaminhados por meio da Secretaria Nacional da Defesa Civil e garantirão o abastecimento de 80 cisternas de 500 litros cada, por um período mínimo de seis meses.

Os três municípios, que juntos têm cerca de 35 mil habitantes, são os únicos que estão inseridos no decreto de situação de emergência devido à seca e por resolução da empresa que distribui água na região, neste caso, a Caern (Companhia de Água e Esgotos do RN). Segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Marcos de Carvalho, o próximo passo é publicar em diário oficial um edital para cadastramento dos beneficiários e credenciamento para contratação das empresas que farão o abastecimento.

O sistema de abastecimento será geomonitorado, de modo que a Defesa Civil do RN e os próprios beneficiários acompanharão o serviço de forma transparente, facilitando a prestação de contas por parte do órgão estadual. A portaria de número 1.381, que autoriza o empenho e transferência dos recursos, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13). O órgão responsável pelo empenho é o Ministério do Desenvolvimento Regional, através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Read More...

Destaques, Natal

Prédio da STTU é parcialmente interditado por risco de desabamento

A Prefeitura do Natal informou através de nota que o prédio sede da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), que fica na Rua Almino Afonso – Ribeira, foi parcialmente interditado pela Defesa Civil Municipal.

De acordo com a avaliação, o teto ameaça desabar devido ao desgaste da estrutura e as fortes chuvas que caem na capital. Com isso, os departamentos de Engenharia de Trânsito, Planejamento e Estudos e Projetos estão com o funcionamento prejudicado.

“Diante disso, a STTU já providenciou a escora da região do teto que ameaça desabar e, após isso, a Defesa Civil irá reavaliar a situação. Também já está sendo providenciado a locação de um imóvel para transferir as atividades realizadas no prédio sede e um projeto de reforma da estrutura”, informou em nota.

A pasta informa ainda que as atividades de Fiscalização e atendimento ao usuário não serão prejudicadas, haja vista que essas funcionam em outros imóveis.

Read More...

Destaques, Natal

Defesa Civil de Natal fica em alerta com equipes de plantão 24h

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) ampliou o nível de alerta das equipes que atuam nas unidades operacionais da Defesa Civil Municipal desde a noite dessa segunda-feira (09). A medida se faz necessária devido às chuvas que vêm caindo na cidade.

Os pontos que estão recebendo maior atenção dos agentes da Defesa Civil são as áreas onde comumente são registrados maiores incidentes, como parte do bairro de Mãe Luiza, Ribeira, Rocas, Comunidade do Jacó, Passo da Pátria, e pontos da zona Norte.

O titular da Semdes, João Paulo Mendes, determinou, que além das equipes responsáveis pelo plantão desta terça-feira (10), outras que estão de folga se mantivessem em alerta para a possibilidade de uma eventual necessidade de ampliar a área de atuação, de acordo com as demandas de solicitações informadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “Como estamos sempre acompanhando os boletins meteorológicos dos órgãos oficiais, tomamos essa precaução, pois a previsão registra mais chuva para cair em Natal nas próximas horas”, explicou.

chuvas em natal defesa civil

Os técnicos da Defesa Civil de Natal estão monitorando todo o sistema de chuvas da capital por meio das informações divulgadas pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden). Os pluviômetros do Cemaden instalados na capital informam que nas últimas 24h a área mais atingida por chuvas foi a região do Guarapes I, com 29,47 mm; seguido por Guarapes II, 29,27; Nossa Senhora da Apresentação, 28,88 mm; Nossa Senhora de Nazaré e Lagoa Nova com 27,10 mm; Neópolis, 18,08 mm; e Pajuçara, 12,38 mm. Os dados foram coletados às 7h de hoje.

Para solicitar a intervenção da Defesa Civil Municipal o cidadão pode ligar para o número 190, no Ciosp, onde há agentes para direcionar a ocorrência para as equipes de plantão. “A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população. Qualquer situação nesse sentido pode acionar a Defesa Civil que deslocaremos uma equipe para atendimento”, concluiu o secretário João Paulo Mendes.

Read More...

RJ

Capital carioca já conta com sistema de alarme em áreas de risco de 103 comunidades

O Sistema de Alerta e Alarme da prefeitura do Rio de Janeiro funciona em locais que foram apontados por mapeamento elaborado pela Fundação Instituto de Geotécnica (Geo-Rio), identificando as comunidades situadas em áreas com alto risco de deslizamento. Atualmente, 103 comunidades contam com 165 sirenes e 194 pontos de apoio. As comunidades mapeadas têm cerca de 7 mil representantes capacitados pela Defesa Civil para atuar em situações emergenciais até a chegada dos técnicos.

A ações contam ainda com um radar meteorológico com alcance operacional de 250 quilômetros, auxiliando no monitoramento e informando o volume de água e as regiões que serão atingidas. Outras informações são coletadas no Centro de Operações Rio, que monitora a cidade durante 24 horas. Caso a Defesa Civil e o Alerta Rio identifiquem um grande volume pluviométrico, que pode provocar deslizamentos nos locais mapeados, as sirenes são acionadas diretamente do Centro de Operações.

A partir daí, as equipes da Defesa Civil ficam de prontidão para atender às ocorrências enquanto os agentes comunitários e líderes locais recebem mensagens de texto (SMS) nos aparelhos celulares cedidos pela prefeitura para orientar os moradores. Em situações críticas, os agentes são auxiliados pelo toque do alarme e por mensagens pré-gravadas, orientando os moradores a deixar suas casas e se dirigir a locais seguros, previamente definidos.

As ações abrangem ainda os alunos das escolas da rede municipal próximas às áreas que dispõem do sistema de alerta e que participam também dos exercícios simulados. Com informações da Agência Brasil.

Read More...

Brasil

Defesa civil ordena estado de emergência para 12 municípios brasileiros

Foi reconhecido nesta manha de segunda-feira (3) pela Defesa Civil, o pedido de estado de emergência em dez municípios de Minas Gerais, em sete de setembro no Rio Grande do Sul e em São José Cerrito em Santa Catarina. Em Minas o problema é a seca e estiagem, já o Rio Grande do Sul sofre com as chuvas intensas e em Santa Catarina devido a chuvas de granizo.

De acordo com os dados relatados pela portaria da Secretaria Nacional de Proteção a Defesa Civil, publicada no Diário oficial da União, as cidades mineiras que decretaram estado de emergência foram: Bocaiúva, Comercinho, Ibiracatu, Joaquim Felício, Juramento, Malacacheta, Miravânia, Pai Pedro, Piumhi e Rio do Prado.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Está sendo esclarecido que no momento em que o decreto municipal é reconhecido em âmbito Federal, a prefeitura esta capacitada para pedir e receber recursos da União para a recuperação dos danos ou assistência técnica emergencial. Desde o começo do ano foram 200 municípios de Minas com estado de emergência decretado e apoiados pelo Governo Federal.

Segundo duas portarias do Ministério de Integração Nacional, já foram autorizados e destinados R$114 mil para as cidades de Tarauacá (AC) e Ipirá (SC), para a execução de serviços essenciais destinados aos prejudicados por chuvas e enchentes. O prazo determinado é de 180 dias para o cumprimento de obras e afazeres relacionados, todas as prefeituras terão que prestar contas do aproveitamento dos recursos em até 30 dias ao final do prazo de utilização.

Read More...