Destaques, Educação

Cursos gratuitos profissionalizantes serão ofertados pelo Sesi

Com o objetivo de facilitar o ingresso no mercado de trabalho, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Ministério da Cidadania firmaram acordo que prevê a oferta de cursos gratuitos profissionalizantes e aula de reforço escolar em português e matemática para jovens e adultos com idade entre 18 a 29 anos.

As aulas serão compostas por módulos de 100 horas e, além da carga horária da disciplina, conteúdos relacionados ao desenvolvimento das habilidades socioemocionais complementarão as 200 horas totais. 

Ao longo dos próximos quatro anos, a estimativa é que os cursos contemplem 800 mil jovens de todo o Brasil de forma progressiva. Ainda este ano, a expectativa do projeto é beneficiar 100 mil jovens. Um dos critérios de participação é que o estudante esteja inscrito no cadastro Único para Programas Sociais. Jovens que não estejam inseridos no mercado de trabalho ou fora das instituições de ensino terão prioridade.

Outras oportunidade

Estudantes que desejam fazer um curso profissionalizante com desconto de até 70% podem contar com apoio do Educa Mais Brasil. O E+B é o maior programa de inclusão educacional do país e já beneficiou mais de 1 milhão de pessoas. Não perca tempo. Acesse o site do programa e confira as oportunidades. 

* com informações da Agência Brasil

Read More...

Educação

Conheça 5 cursos gratuitos online para estudantes de administração

Estudantes de Administração podem aproveitar qualificações gratuitas online. Esses cursos ajudam a conhecer disciplinas futuras, estimulam novas ideias para fazer o trabalho de conclusão de curso (TCC), servem como horas complementares na faculdade, além de turbinar o currículo. Os cursos são de curta duração e estão disponíveis em plataformas digitais.

Confira 5 cursos gratuitos de Administração:

  1. Conceitos básicos de matemática financeira na FGV

A Fundação Getúlio Vagas (FGV) possui uma plataforma digital com cursos gratuitos. Entre as opções de cursos para estudantes de Administração está o Conceitos básicos de matemática financeira. A capacitação traz competências como aplicação de cálculos matemáticos na análise de valores financeiros, trabalhar com o cálculo do valor de prestações e do saldo devedor de financiamentos.

  1. Estratégias de Negócios na Fundação Bradesco

Na Fundação Bradesco, por meio da Escola Virtual, o estudante pode fazer o curso “Estratégias de Negócios”. A capacitação traz conhecimentos sobre as primeiras teorias modernas de administração e sobre grandes teóricos, como Taylor, Fayol, Ford e Drucker. São quatro módulos e a carga horária é de 20h.

  1. Gestão de projetos na Fundação Bradesco

Há uma série de cursos gratuitos sobre “Gestão de projetos” na Fundação Bradesco, por meio da Escola Virtual: Introdução à Gestão de Projetos; Gestão de Projetos 1 – Como trabalhar com projetos?; Gestão de Projetos 2 – Como iniciar o trabalho com projetos?; Gestão de Projetos 3 – Como planejar o escopo, prazo e orçamento de projeto?; Gestão de Projetos 4 – Como planejar os demais aspectos do projeto?; Gestão de Projetos 5 – Como executar, monitorar, controlar e encerrar projetos?.

  1. Sites de negócios eficientes na HP Life

No curso Sites de negócios eficientes, promovido pela HP Life, o estudante aprende como criar um site amigável que atenda às suas metas de negócios e alcance efetivamente seu público-alvo.

  1. Empreendedorismo no Mundo Senai

O curso “Empreendedorismo” disponível na plataforma Mundo Senai, oferece conhecimentos sobre o ato de criação de novos empreendimentos nos mais diversos setores. Além disso, mostra a importância das práticas de inovação e sustentabilidade nos empreendimentos. A carga horária da capacitação é de 14h.

Bolsa de estudo para o curso de administração

Quem ainda não se matriculou na graduação de Administração pode pleitear bolsa de estudo do E+ Brasil. Por meio do programa, que possui parceria com diversas faculdades particulares, o estudante consegue um desconto nas mensalidades de até 70%. Os interessados podem acessar o site do programa (aqui) e se inscrever gratuitamente.

Read More...

Educação

Pós-graduação ou curso de inglês?

Escolher entre a pós-graduação ou o curso de inglês é um passo importante para a carreira. Os profissionais da atualidade enfrentam um mercado cada vez mais competitivo. A graduação não é mais um diferencial, o que torna necessário investir em outras qualificações para conquistar uma posição diferenciada. No entanto, o que vem depois da graduação? Qual é o próximo passo? É normal sentir-se indeciso (a), por isso criamos essa postagem com algumas dicas para quem ainda têm essas dúvidas.

Curso de Inglês

Os cursos de inglês proporcionam o amplo aprendizado sobre a gramática, escrita, escuta e pronúncia no idioma estudado. Geralmente são divididos em níveis: básico, intermediário e avançado. Em cada etapa são desenvolvidas atividades que proporcionam novos conhecimentos ao estudante, até que alcance a fluência no idioma.

Pós-graduação 

pós-graduação é um curso de nível superior que confere uma titulação ao profissional. Quem opta pela Pós também deve escolher entre os tipos lato sensu ou stricto sensu. A pós-graduação lato sensu tem duração média entre um e dois anos e especializa o profissional em um campo da sua área de formação. Já a stricto sensu abrange os cursos de mestrado e doutorado e tem como foco a preparação para a carreira acadêmica.

Qual escolher? 

As duas formações são importantes para uma carreira de sucesso. No entanto, consultores de carreira e recrutadores indicam aos profissionais primeiramente aprimorarem os seus conhecimentos em inglês. Isso porque, a fluência nesse idioma é bastante valorizada no mercado. Até mesmo quem pensa em cursar o mestrado e doutorado precisa saber inglês, ao menos no campo da leitura.

Após aprofundar o entendimento no idioma, o profissional pode dar seguimento a sua capacitação com a pós-graduação. No entanto, antes da decisão, é importante verificar o seu plano de carreira pessoal e analisar qual das oportunidades se adequam melhor aos seus objetivos na carreira.

Bolsas de estudo para pós-graduação ou curso de inglês

Independente de qual especialização você irá dar prioridade, você pode estudar com Bolsas de estudo de até 70% de descontos nas mensalidades. Isso porquê o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional está com as inscrições abertas. O Portal N10 é parceiro do programa e para se garantir a vaga é preciso se inscrever no site (clique).

Read More...

Destaques, Educação

Universidade Aberta do SUS disponibiliza cursos EAD gratuitos a profissionais da saúde

Até o dia 30 de junho, profissionais da área de saúde podem se matricular em cursos totalmente gratuitos, disponibilizadas pela plataforma Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS). São quatro as opções de cursos: Introdução à Avaliação em Saúde; Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica; O Fazer da Saúde Indígena; e Conhecendo a Realidade da Saúde Indígena no Brasil. Todas as formações têm carga horária de 60 horas.

As quatro especializações são realizadas pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp) mas, de acordo com a UMA – SUS, quase 40 instituições de ensino superior formam a rede colaborativa oferecendo cursos na modalidade Educação a Distância (EAD). Com isto, quase 100% dos municípios brasileiros são contemplados com as capacitações educacionais.

Coordenado pelo Ministério da Saúde, em conjunto com a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES/MS) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Sistema UNA-SUS foi criado em 2010 como uma plataforma de qualificação e educação contínua dos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde. Saiba mais abaixo e saiba como se matricular na página da UNA-SUS:

  1. Introdução à Avaliação em Saúde

O curso de Introdução à Avaliação em Saúde é direcionado para os profissionais da área que exercem atividades clínica, de gestão e de educação permanente. São cinco módulos que tratam de questões como: práticas de monitoramento e avaliação para qualificar a Atenção Básica; diferenciam a avaliação interna e externa; avaliação de estrutura, processos e resultados; julgamento de mérito e relevância; avaliação e monitoramento; reconhecer as principais diferenças entre abordagens qualitativas e quantitativas de investigação da realidade (saiba mais aqui).

  1. Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica

O curso de Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica visa habilitar os profissionais de saúde a gerir as ações locais ligadas à atenção básica e às etapas de gestão desses riscos. Os profissionais conhecerão os conteúdos com base na Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) que foca na gestão de riscos e desastres a partir da identificação dos problemas e das necessidades de saúde em locais de risco acentuado.

  1. O Fazer da Saúde Indígena

O curso sobre o Fazer da Saúde Indígena tem como objetivo dar visibilidade à temática, que é pouco abordada nos cursos de saúde brasileiros. Os profissionais aprenderão sobre as relações entre os contextos históricos, políticos e sociais e as bases legais que devem orientar os atendimentos à população indígena.

A formação tem como base a Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas e contém recomendações sobre a formação dos profissionais para que atuem no subsistema de saúde indígena (SASISUS), constituído em 1999 (saiba mais aqui).

  1. Conhecendo a realidade da Saúde Indígena no Brasil

Este módulo é complementar ao que aborda o Fazer da Saúde Indígena e visa capacitar o profissional para prestar atendimento qualificado e específico à esta população. Segmentado em três módulos, o curso ensina conceitos como a atenção diferenciada, a política de saúde e a epidemiologia aplicadas à prestação dos serviços (saiba mais aqui).

Fonte: Agência E+B

Read More...

Destaques, Educação

Saiba quais são os 10 cursos com maior procura

A hora de decidir a carreira a seguir é difícil para muitos estudantes. Muitos fatores são levados em consideração no momento crucial da escolha: a procura pelo curso, a situação do mercado de trabalho, a média salarial da futura profissão e o principal: afinidade com o curso.

O Censo do Ensino Superior 2017 – INEP, indicou os 10 cursos com maior número de estudantes matriculados neste período. Lideram o ranking: Direito (763.786), Pedagogia (580.246), Administração (567.737), Ciências Contábeis (306.263), Engenharia Civil (302.519), Educação Física (277.552), Enfermagem (256.866), Psicologia (220.053), Arquitetura e Urbanismo (149.546) e Fisioterapia (146.900).

De acordo também com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho, no período entre janeiro a maio deste ano, foram registradas algumas áreas com número recorde de contratações para oportunidades de carteira assinada.

EDUCA MAIS BRASIL BOLSA DE ESTUDONo ranking estão Enfermagem (23.533), Administração (15.321) Ciências Contábeis (12.208), Educação Física (12.005) Direito (5.3790) e Fisioterapia (4.994). Ou seja, além de haver muita procura do curso, há também grande número de contratações.

A estudante Renata Vitória cursa Fisioterapia, que está bem posicionado nas duas listas. “Comecei estudando Nutrição, mas não me identifiquei com a área. Passei então para a Fisioterapia, mesmo sabendo da saturação do mercado de trabalho e poucas oportunidades, arrisquei e hoje é no que eu penso trabalhar futuramente e, assim, seguir a minha profissão”, conta.

Mais de 700 mil oportunidades de bolsas de estudo

Tem interesse em cursar uma das graduações acima? Por que não estudar com bolsas de estudo de até 70% de desconto nas mensalidades?  O Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país, está com mais de 700 mil oportunidades, incluindo faculdades onde estudantes que não conseguem arcar com uma mensalidade integral podem se tornar universitários. Para conseguir o benefício, é preciso fazer sua inscrição pelo site do programa parceiro http://www.educamaisbrasil.com.br/portaln10.

Read More...