Empregos e Estágios

Boa parte dos recrutadores leva até 29 segundos para avaliar um currículo

Em média, um recrutador demora de 6 a 10 segundos para descartar um currículo para uma entrevista, revela pesquisa realizada pela empresa de recrutamento online Catho. De acordo com levantamento realizado com mais de 400 recrutadores, entre as informações mais observadas e sempre citadas como primordiais no preenchimento do documento, encontram-se experiência profissional, objetivos e dados de contato.

A pesquisa também observou que, em uma primeira avaliação, o profissional que recebe cerca de 100 currículos analisa, em média, 15 com maior critério e cautela. Dos 400 recrutadores entrevistados, a maior parte – o equivalente a 57% – leva até 29 segundos para avaliar os documentos.

Não menos importante do que as informações mais observadas, um currículo também precisa conter aptidões técnicas que são utilizadas para avaliar o candidato sobre suas habilidades e competências profissionais. Tudo isso, precisa ser informado de forma “limpa” e bem organizada.

Os recrutadores ainda apontaram as informações que não podem faltar na construção de um currículo: experiência profissional (80%), formações e/ou cursos complementares (60%), cargo e/ou área pretendida (60%), objetivo profissional (50%) e conhecimento em outros idiomas (24%).

Fonte: E+B Educação | Bárbara Maria

Read More...

Destaques, Empregos e Estágios

Confira 5 dicas para seu currículo chegar ao recrutador

O currículo é a porta de entrada para conquistar aquela vaga desejada e, atualmente, a internet é o principal meio de contato entre profissionais e empresas. Mas, na hora de enviá-lo, não é incomum que o e-mail se perca devido ao alto volume de candidaturas. Para ajudar a destacar seu currículo no momento do preenchimento para uma vaga, a Randstad, líder em soluções de recursos humanos, elencou 5 dicas preciosas. Confira:

Regra #0: edite seu currículo

Antes de aplicar para qualquer vaga, é fundamental dar um passo atrás e editar criteriosamente seu currículo. “Atualmente, há uma preocupação grande das pessoas em relação ao visual do documento, mas também é preciso ter atenção às informações que serão apresentadas”, ressalta Letícia Krauskopf, gerente da Randstad Professionals. Adicionar experiências profissionais, competências, projetos especiais, cases de sucesso e prêmios recebidos é muito importante. “Uma dica de ouro é ter mais de um currículo ou sempre adaptar o documento original de acordo com a vaga em questão. Reorganize as informações e destaque as competências que estão sendo requisitadas”, recomenda a especialista.

Avalie as vagas com critério

Não mande o seu currículo aleatoriamente para qualquer vaga na esperança de ter mais chances. De acordo com Letícia, “Isso pode prejudicar a imagem do profissional no mercado e fazer com que ele perca a credibilidade”. Portanto, antes de aplicar para uma vaga, leia atentamente o descritivo e requisitos e avalie se seu perfil e competências são adequados ao posto.

Fuja do padrão no corpo do e-mail

Não escreva “currículo anexo” ou deixe o corpo do e-mail em branco. Aproveite a oportunidade para se apresentar, contar como teve acesso ao contato do recrutador e falar brevemente sobre o que o interessou na vaga para a qual está aplicando. “Tenha cuidado para não se estender demais. As clássicas cartas de apresentação já não têm tanta efetividade no modelo de recrutamento atual”, recomenda Letícia. Para o título, a recomendação é: “Currículo – Área – Cargo”. Exemplo: Currículo – Vendas – Analista Pleno.

Tenha conhecimento a respeito da empresa

Pesquise a empresa para a qual você está se candidatando. “Entender sobre a vaga e a cultura da empresa são passos importantíssimos para saber se a oportunidade realmente interessa e se seu perfil é adequado”, diz a especialista. Além disso, essa pesquisa pode ajudar na adaptação do seu currículo e nos pontos a serem destacados por e-mail no momento da candidatura.

Tenha cuidado com a linguagem

Evite usar linguagem informal e revise o texto quantas vezes for necessário, pedindo ajuda de outros para garantir que ele esteja sem erros gramaticais e com as principais informações em destaque. “Erros de português causam uma impressão ruim, por mais qualificação que o candidato tenha. A primeira impressão é importantíssima para que o candidato continue no processo seletivo, finaliza a Letícia.

Read More...

Dicas

Saiba qual a importância de se manter sempre atualizado no mercado de trabalho

Não há dúvidas: ser um profissional atualizado no mercado de trabalho, apesar de fundamental, é um grande desafio, porque, para isso, é necessário que as pessoas saiam do lugar-comum e da zona de conforto. Em um mercado competitivo, no entanto, a atualização se tornou pré-requisito. O tema é ainda mais relevante em um cenário de turbulência política e econômica, como o que o Brasil atravessa neste ano. De acordo com o IBGE, são cerca de 13,6 milhões de desempregados no país.

Seja informado

Outro desafio é o de se atualizar ao mesmo tempo em que atende às demandas de trabalho. É necessário ter organização e separar um horário na agenda para esse fim. Ler muito sobre o setor, as tendências de mercado, novas tecnologias e o que está acontecendo no mundo ajudará você a tomar melhores decisões e a ter insights para resolver problemas na empresa. Aqui vale tudo: revistas de negócio, livros, sites especializados na sua área de atuação, jornais e publicações científicas.

Uma outra forma de se manter atualizado sobre o que acontece na sua área é participar de congressos e palestras. Se a empresa na qual você trabalha permitir, não perca a oportunidade de visitar esse tipo de evento, porque ele será muito importante para você desenvolver seu networking e conhecer cases de sucesso.

Siga pessoas relevantes

O aprendizado é a chave da atualização profissional. Se você estiver sempre em busca de novos assuntos e sedento por conhecimento e informação, provavelmente não ficará para trás. Para criar uma rede de relacionamento e de consumo de informação, você também pode contar com as redes sociais. Siga profissionais relevantes da sua área e observe sobre o que eles estão falando. No LinkedIn, por exemplo, há diversos artigos sobre os mais variados temas, sempre focados em assuntos profissionais e de mercado. O Twitter é outra rede social que concentra muitas pessoas influentes em vários setores.

Faça cursos

Os cursos de especialização e de atualização são uma ótima oportunidade para se aperfeiçoar. Com eles você poderá aprender novas metodologias e ferramentas de trabalho, além de adquirir novas habilidades e, assim, ter mais chances de crescimento na empresa. Cursos de idioma também são muito bem-vindos. Quanto mais facilidade você tiver com idiomas estrangeiros, mais possibilidades terá de se manter bem posicionado no mercado de trabalho.

O importante, como já foi dito, é aprender constantemente, seja por meio de livros, revistas, palestras, congressos ou cursos. O profissional que está sempre conectado com as novas tendências sai na frente em relação aos demais. O autodesenvolvimento é o melhor investimento de longo prazo para a sua carreira.

Read More...

Educação

MEC explica que não haverá corte de nenhuma disciplina

Não haverá corte de nenhuma disciplina na proposta que o presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciaram na tarde desta quinta-feira, 22, para o Novo Ensino Médio – a maior mudança na educação nos últimos 20 anos, desde a Lei de Diretrizes e Base da Educação. A carga horária continuará sendo de 2.400 horas, sendo o limite máximo de 1.200 horas para a Base Nacional Curricular Comum (BNCC). As demais 1.200 horas serão voltadas para o currículo flexível.

“Não está decretado o fim de nenhum conteúdo, de nenhuma disciplina. Do que a Base Nacional definir, todas elas serão obrigatórias na parte da Base Nacional Comum: artes, educação física, português, matemática, física, química. A Base Nacional Comum será obrigatória a todos. A diferença é que quando você faz as ênfases, você pode colocar somente os alunos que tenham interesse em seguir naquela área. Vamos inclusive privilegiar professores e alunos com a opção do aprofundamento”, explicou o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares, também presente ao evento.

O Novo Ensino Médio trata da oferta de uma alternativa de formação média de nível técnico e profissional. Nessa proposta, essa formação deverá ocorrer dentro do programa escolar regular, que hoje só é possível nas escolas de tempo integral. Com isso, será possível que os jovens continuem desenvolvendo as competências gerais que fazem parte da base comum e possam se dedicar a atividades de cunho mais prático e aplicado, desenvolvendo competências específicas em áreas profissionais, capacitando-os para o trabalho qualificado, sem impedir que eles possam continuar estudando em nível superior, em cursos tecnológicos e superiores, em uma etapa seguinte.

O requisito básico mais importante, além da parte comum da Base Nacional Curricular, é a exigência de um componente prático, na forma de atividades supervisionadas realizadas no setor produtivo ou em ambientes de simulação. Confira a declaração do secretário:

Read More...

Dicas

Conheça 7 dicas essenciais para montar um currículo eficaz e assertivo

A maioria dos recrutadores concorda que atualmente, mesmo em tempos de crise, currículos mal escritos e feitos com desleixo têm surgido com muito mais frequência do que nunca. Erros de português, fotos constrangedoras, informação em excesso e letras coloridas. A quantidade de problemas encontrados é enorme.

Para não cometer esses pecados, é preciso estar atento para corrigi-los antes de enviar aos recursos humanos, caso contrário, isso pode custar uma boa chance de emprego. Jacob Rosenbloom, CEO da Emprego Ligado, reuniu sete dicas para você evitar essas gafes e fazer um currículo eficaz e assertivo para conquistar aquela tão sonhada vaga de trabalho.

1) Formate de maneira inteligente

Além de bem escrito, as informações de um currículo precisam estar bem organizadas. Use margens amplas, uma fonte de texto limpa e utilize negrito e itálico de maneira seletiva, ou seja, apenas com o intuito de orientar os olhos do leitor para os pontos mais importantes.

2) Informações pessoais

Logo no início, coloque seus dados para que o recrutador tenha rápido e fácil acesso aos seus contatos atualizados, como nome, endereço, telefone e e-mail, idade e estado civil. Não é preciso incluir documentos como CPF, RG, carteira profissional ou título de eleitor – estes serão pedidos nas etapas seguintes ou caso o candidato seja contratado.

[xtopic title=”Veja também” layout=”1″ alignment=”left” count=”3″ condition=”latest” order=”DESC” tags=”” featured=”0″ ids=”46747, 46692, 46506″ cats=””]

3) Reforce suas qualidades e pontos fortes (mas do jeito certo)

Ao invés de criar uma longa e chata lista sobre todas as suas qualidades (disciplinado (a), criativo (a), engajado (a), perfeccionista, tente conectá-las com as experiências profissionais, demonstrando como os seus pontos fortes contribuíram para que você atingisse os objetivos do seu último trabalho.

4) Experiência profissional

Ressalte os cargos mais recentes, inclua data de admissão e saída, nome da empresa e cargo. Em poucas linhas, fale sobre sua experiência e realizações. Procure explicar os projetos que liderou e de quais participou e fale das metas atingidas.

5) Não minta

Se para cada mentira descoberta um recrutador ganhasse um real, os recursos humanos seriam a área mais bem remunerada do mundo. Além de ser uma atitude antiética, a maioria dos departamentos atualmente pesquisa a fundo o background de um candidato. Então evite até mesmo pequenas mentiras para não arruinar a sua credibilidade.

6) Seja sucinto

O tamanho ideal para um currículo é um assunto polêmico. A maioria dos empregadores e especialistas em recrutamento, no entanto, afirma que ele deve conter no máximo uma ou duas páginas. Basta ter em mente que, desde que toda a informação necessária esteja lá, quanto menor o seu currículo, melhor.

7) Revisão

Por fim, seja bastante criterioso e revise o texto com calma e atenção. Se possível, peça a algum amigo com mais experiência que avalie o seu currículo e aponte possíveis deslizes. Se necessário, contrate um revisor, mas não deixe passar erros de português e digitação.

Read More...