Mundo

Ex-presidente da Uefa, Michel Platini é detido na França

(ANSA) – O ex-presidente da Uefa (2007-2015) Michel Platini foi detido nesta terça-feira (18), na França, sob suspeita de corrupção na escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022.

Platini, que já foi campeão pela Juventus, na Itália, e marcou a história como jogador nos anos 1980, está sob custódia da polícia de Nanterre, perto de Paris. As autoridades confirmaram que sua prisão ocorreu para que ele prestasse depoimento.

Platini está sendo investigado por “supostos atos de corrupção ativa e passiva de funcionários não públicos” para a escolha do Catar.

O caso também envolve nomes de peso da política da França, como Sophie Dion, ex-conselheira do ex-presidente Nicolas Sarkozy (2007-2012). Claude Gueant, antigo secretário geral do governo da França, foi convocado para depor em condição de “suspeito livre”.

O Catar foi eleito sede da Copa em 2010, em uma votação em que derrotou a candidatura dos Estados Unidos.

A primeira investigação sobre corrupção e conspiração criminal na escolha do Catar foi aberta pela Promotoria Financeira Nacional (PNF) da França em 2016. Em dezembro de 2017, Platini foi ouvido como testemunha e admitiu que votou no Catar em dezembro de 2010.

De acordo com o jornal “Le Monde”, o foco das investigações é um almoço organizado no Palácio do Eliseu, em 23 de novembro de 2010. No evento, estavam presentes Nicolas Sarkozy, Michel Platini, o Emir do Catar, Tamim Ben Hamad Al Thani, e o então primeiro-ministro do emirado, Sheikh Hamad, Bem Jassem.

Platini já cumpre um suspensão como dirigente esporte por ferir o código de ética da Uefa ao aceitar um pagamento indevido de 1,8 milhão de euros autorizado pelo ex-presidente da Fifa Joseph Blatter.

Read More...

Copa do Mundo, Destaques

Marta ficará de fora da estreia do Brasil na Copa do Mundo

(ANSA) – O técnico da seleção brasileira feminina, Vadão, confirmou neste sábado (8) que a atacante Marta ficará de fora da estreia do Brasil na Copa do Mundo, neste domingo (9), diante da Jamaica. A camisa 10 não conseguiu se recuperar a tempo da lesão que sofreu na coxa esquerda.

Sem a sua principal jogadora, Vadão revelou que o ataque do Brasil no primeiro duelo do Mundial será composto por Cristiane, do São Paulo, e Bia Zaneratto, do Hyundai Red Angels.

“Ela teve uma evolução muito grande, até acima do que a gente esperava, mas não reúne condições para o primeiro jogo. Pode até ficar conosco torcendo, mas não tem possibilidades de entrar, deixo isso bem claro. A nossa programação é ela não participar desse jogo”, afirmou o treinador de 62 anos.

A jogadora do Orlando Pride, dos Estados Unidos, ainda não participou de nenhum treinamento com o elenco da seleção brasileira. Durante a preparação para a Copa, Marta realizou apenas atividades físicas.

A esperança é que Marta esteja já recuperada para a segundada rodada do Mundial, diante da Austrália, que ao lado do Brasil, é uma das favoritas a passar da fase de grupos.

Outra baixa para Vadão foi a zagueira Erika, do Corinthians, que sofreu uma nova lesão na perna esquerda e foi cortada da seleção brasileira. O treinador do Brasil confirmou que Kathellen entrará como titular na defesa.

Além de Erika e Marta, o Brasil também já perdeu a atacante Adriana, que rompeu os ligamentos do joelho, e a lateral-direita Fabi Simões, que por conta de uma lesão na coxa direita foi desconvocada da seleção.

A estreia da seleção brasileira será diante da Jamaica, que está em sua primeira Copa do Mundo feminina. As Reggae Girlz mostraram nas Eliminatórias ter uma equipe veloz e sólida defesa, já que anotou 53 gols e sofreu apenas 14.

Read More...

Copa do Mundo

Suécia x Inglaterra: onde assistir ao vivo, escalações e detalhes

Na manhã deste sábado, dia 07/07/2018, às 11h (horário de Brasília), Suécia e Inglaterra se enfrentam por uma vaga nas semi-finais. O vencedor desta partida irá jogar contra o ganhador de Rússia Croácia, que jogam a tarde.

A seleção inglesa vem de uma batalha contra a Colômbia, onde conseguiram triunfar apenas nos pênaltis. Já a Suécia venceu a Suíça por 1 a 0, em um jogo apático.

A preocupação dos ingleses é o desgaste após ter os limites testados contra os colombianos. Para o treinador da Suécia, sua equipe não é a favorita, mas isso não é um ponto negativo. Ele relembrou feitos do passado, quando o time eliminou Holanda na fase de grupos das Eliminatórias, a Itália na repescagem e deixou a Alemanha de fora das oitavas de final.

Mudanças

Na Suécia, a mudança é o lateral-direito Mikael Lustig, que está fora para cumprir a suspensão após levar o segundo cartão amarelo. Em seu lugar o técnico colocará Emil Krafth. Por outro lado, o meia Sebastian Larsson retorna de suspensão.

A Inglaterra não tem problemas na escalação e irá manter o time que eliminou a Colômbia.

Caso a partida termine empatada após o tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade, o classificado para as semifinais será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Histórico em Copas: Suécia e Inglaterra se enfrentaram duas vezes em Copas do Mundo e contaram com dois empates. Um empate por 1 a 1, na fase de grupos de 2002, e por 2 a 2, também na primeira fase, em 2006.

Onde assistir ao vivo Suécia x Inglaterra

A transmissão ao vivo da partida entre Suécia e Inglaterra será feita pela Rede Globo na TV aberta. Na TV fechada, a transmissão ficará por conta dos canais SporTV e Fox Sports.

Também é possível assistir o jogo ao vivo pela internet, via streaming, através do site do Globo Esporte, Globo Play, Fox App e Globosat Play.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA X INGLATERRA

Local: Cosmos Arena, em Samara (Rússia)
Data: 7 de julho de 2018 (Sábado)
Horário: 11h(de Brasília)
Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda)
Assistentes: San Van Roekel (Holanda) e Erwin Zeinstra (Holanda)

SUÉCIA: Robin Olsen; Emil Krafth, Victor Lindelöf, Andreas Granqvist e Ludwig Augustinsson; Viktor Claesson, Sebastian Larsson, Gustav Svensson (Albin Ekdal) e Emil Forsberg; Ola Toivonen e Marcus Berg
Técnico: Janne Andersson

INGLATERRA: Jordan Pickford; Kyle Walker, John Stones e Harry Maguire; Kieran Trippier, Jesse Lingard, Jordan Henderson e Ashley Young; Dele Alli, Raheem Sterling e Harry Kane
Técnico: Gareth Southgate

Read More...

Curiosidades, Destaques

Vaquinha para “libertação de Lula” está entre as 10 maiores arrecadações do semestre

A Copa do Mundo não afetou as arrecadações das vaquinhas virtuais. O site Vakinha, maior plataforma do setor, está finalizando o primeiro semestre de 2018 com 70 mil novas campanhas abertas, com previsão de arrecadar R$ 20 milhões contra R$ 17 milhões do mesmo período do ano passado.

“A média de abertura de vaquinhas manteve-se praticamente a mesma, de quase 12 mil novas campanhas por mês, mas o valor total arrecadado é superior”, afirma Cristiano Meditsch, diretor de marketing.

Entretanto, o número de campanhas ligadas ao esporte cresceu cerca de 30% ao longo deste ano, saltando de 352 em janeiro para 462, depois de ter um pico de 457 em março, totalizando arrecadação de mais de R$ 568 mil, somente no primeiro semestre de 2018.

No ranking de doações, as campanhas ligadas à saúde mantêm a liderança com movimentação de mais de R$ 500 mil entre as cinco primeiras do ranking do primeiro semestre.

Uma campanha de arrecadação contra a prisão de Lula ocupa o oitavo lugar, enquanto a ajuda destinada para o italiano Elio Somaschini que naufragou no litoral de Sergipe, quando ao tentava dar a volta à América em seu iate, onde morava há dez anos, está em sétimo.

“Para o segundo semestre, devemos manter o mesmo nível de crescimento, comprovando que mesmo com crise, Copa do Mundo e eleições as pessoas não deixam de ser solidárias com quem precisa”, avalia o diretor de marketing.

Vaquinha para libertação de Lula está entre as dez maiores arrecadações do semestre

Sobre o Vakinha

Criado em 2009 por empreendedores gaúchos, o Vakinha é a primeira fintech brasileira de crowdfunding. Em 2015 a arrecadação do site foi de R$ 8 milhões, indo para R$ 18 milhões em 2016, fechando 2017 com R$ 37 milhões.

O Vakinha foi apontado como uma empresas de crowdfunding para se ter no radar dos investidores na América Latina pelo estudo “Empreendimento Fintech na América Latina”, feito pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Finnovista, organização que fomenta o desenvolvimento de fintechs. O estudo identificou 703 empreendimentos em 15 países, com uma oferta de soluções que inclui todos os segmentos e tecnologias observados a nível global.

Read More...

Copa do Mundo, Destaques

Brasil vence México por 2 a 0 e segue para quartas de final

A seleção brasileira encontrou um adversário difícil e ousado, mas venceu o México por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Neymar abriu o placar e Firmino, já nos minutos finais, garantiu a classificação. O Brasil espera o vencedor de Bélgica e Japão, que se enfrentam ainda hoje, em Rostov.

Foi a partida mais dura da seleção brasileira até agora. O México não esperou o Brasil; começou o jogo pressionando, marcando o Brasil na frente e dificultando a saída de bola. O sistema defensivo brasileiro, no entanto, fez uma partida segura e, apesar dos 30 minutos iniciais de pressão, a bola quase não chegou ao goleiro Alisson.

A partida marcou ainda o despertar de Willian. O meio campista fazia uma Copa apagada até o final do primeiro tempo de hoje. Na segunda etapa, finalmente fez o que se esperava dele. Com jogadas em velocidade pela direita e cortando para o meio, Willian abriu a defesa mexicana e participou do primeiro gol, dando a assistência para Neymar abrir o placar.

O jogo

O começo do jogo mostrou um México mais ofensivo, mais presente na área brasileira. O time mexicano marcava a saída de bola do Brasil na origem, dificultando o trabalho dos armadores das jogadas da seleção brasileira. O time do técnico Juan Carlos Osorio começou a partida mais ofensivo e perigoso; e o Brasil perdia a bola com facilidade. O México cercava a área brasileira mas o goleiro Alisson trabalhou pouco. Os chutes e jogadas próximas ao gol eram neutralizados pela defesa brasileira.

Aos 24 minutos, o Brasil finalmente entrou na área com perigo. Neymar entrou na área pelo lado esquerdo e tentou cruzar para o meio, mas Ochoa afastou parcialmente. O Brasil tentou outra finalização em sequência, com Philippe Coutinho, mas a bola subiu demais.

Após esse ataque, o Brasil voltou à área mexicana com Coutinho e Gabriel Jesus. Os dois tabelaram, Gabriel Jesus bateu para o gol, mas Ochoa espalmou. A partir dos 30 minutos, a seleção brasileira ficou mais solta no jogo, mas o México estava bem armado na defesa e continuava controlando a partida.

Segundo tempo começa com gol

O Brasil começou o segundo tempo mais perigoso. Aos dois minutos, Coutinho tabelou com Neymar e bateu forte para o gol; Ochoa defendeu. Aos cinco, o Brasil chega ao gol, com Neymar. Ele começou a jogada na entrada da área, deu um toque de calcanhar para Willian, que entrou pela esquerda e cruzou rasteiro. Neymar se jogou e empurrou a bola para o fundo do gol.

O Brasil quase ampliou aos 13 minutos, com Paulinho. O volante recebeu na entrada da área e bateu para o gol, mas Ochoa espalmou. Depois do gol, o Brasil melhorou no jogo, se soltando mais com Neymar e, principalmente, com Willian. O camisa 19 do Brasil começava a se soltar no jogo.

Mesmo melhor do que no primeiro tempo e na frente do placar, o jogo era difícil para o Brasil. Por várias vezes a defesa não conseguia sair jogando e precisava afastar com chutões. O México avançava e o Brasil, recuado, esperava a oportunidade para os contra-ataques. E aos 42 minutos, o Brasil teve a oportunidade que queria. Em contra-ataque rápido, Neymar invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Firmino, que havia acabado de entrar. O atacante só precisou escorar para o fundo das redes e fazer a torcida respirar aliviada.

O México volta para casa como sempre: nas oitavas de final. É a sétima vez seguida que o time mexicano é eliminado nesta fase. Em 2018, chocou o mundo ao vencer a Alemanha na partida de estreia.

Agência Brasil*

Read More...