Copa América 2019

Chile x Uruguai ao vivo – onde assistir? escalações e mais

Chile e Uruguai se enfrentam às 20h desta segunda-feira (24) no Maracanã pela última rodada do Grupo C da Copa América 2019. O duelo colocará frente a frente as únicas seleções campeãs da Copa América na década em que vivemos: o atual bicampeão Chile (que venceu em 2015 e 2016) e o Uruguai (que levantou a taça em 2011). Eles vão a campo para saber qual dos dois vai ficar com a primeira posição da chave.

Para a partida de hoje o técnico Reinaldo Rueda não sabe se terá a dupla Vidal e Sánchez, que sofre com problemas físicos. O volante do Barcelona tem dores na perna esquerda, e o atacante do Manchester United, no tornozelo esquerdo. Na coletiva que antecedeu o duelo, o comandante não soube dizer se os jogadores teriam condições de ir a campo. Eles são, portanto, as dúvidas na escalação.

Já o Uruguai deverá promover duas mudanças na equipe com relação ao empate com o Japão na rodada passada. Tudo indica que Arrascaeta, do Flamengo, seja titular. Só não se sabe no lugar de quem: Lodeiro ou Nández. Além disso, com Laxalt machucado, o treinador vai escalar o Uruguai com González na lateral-direita e Cáceres na lateral-esquerda.

Onde assistir ao vivo?

O jogo entre Chile e Uruguai terá transmissão ao vivo do SporTV, com narração de Gustavo Villani e comentários de Muricy Ramalho (e Paulo Cesar Oliveira na Central do Apito).

Escalações

Provável time do Chile: Arias; Isla, Medel, Maripan e Beausejour; Pulgar, Aránguiz e Vidal; Fuenzalida, Vargas e Alexis Sánchez.

Provável time do Uruguai: Muslera; González, Giménez, Godín e Cáceres; Bentancur, Torreira (Valverde), Nandez (Lodeiro) e Arrascaeta; Cavani e Suárez.

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e hora: segunda-feira (24/06), às 20h (horário de Brasília)
Arbitragem: Raphael Claus (BRA) apita a partida, auxiliado pelos também brasileiros Marcelo Van Gasse e Kléber Lucio Gil. O quarto árbitro será Mario Diaz de Vivar (PAR). Wilton Pereira Sampaio é o chefe da equipe de VAR, com Arnaldo Samaniego (PAR) e Ezequiel Brailovsky (ARG) como auxiliares.
Transmissão: ao vivo no SporTV, com narração de Gustavo Villani e comentários de Muricy Ramalho (e Paulo Cesar Oliveira na Central do Apito). O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos.

Read More...

Copa América 2019, Destaques

Colômbia vence Paraguai e garante 100% de aproveitamento na Copa América

A Colômbia derrotou neste domingo (23) o Paraguai por 1 a 0 em jogo disputado na Fonte Nova. Com a vitória, válida pela 3ª rodada do grupo B, os colombianos garantiram 100% de aproveitamento na primeira fase da Copa América.

Mesmo já classificada, e com muitas caras novas, a Colômbia jogou melhor desde o início, apostando na velocidade de seus jogadores e nas jogadas pelas pontas.

Em uma destas jogadas, aos 27 minutos, Falcão tenta uma linda bicicleta após a bolar sobrar na área do Paraguai, mas ele finaliza para fora.

Mas, aos 30 minutos, a Colômbia consegue abrir o placar. O lateral Arias toca para Cuellar, que chuta cruzado, entre as pernas de Gatito.

No segundo tempo, a dinâmica não muda muito, uma Colômbia superior ao Paraguai dominando as ações. E esse domínio ficou mais acentuado após a entrada do meia James Rodríguez no lugar de Cuadrado.

Aos 23 minutos, o camisa 10 da seleção colombiana brilha ao dar um passe de 3 dedos para Luis Díaz, que chutou para o fundo das redes adversárias. Porém, o VAR (árbitro de vídeo) chama o juiz de campo para informar que houve um toque de mão do atacante. E com isso o gol é anulado.

Aos 45 minutos do segundo tempo, Díaz cai na área após carrinho de Gustavo Gómez. O juiz marca inicialmente pênalti. Mas, após análise do VAR, o pênalti é anulado.

Com isso, a Colômbia vence por 1 a 0, garantindo 100% de aproveitamento na primeira fase. Já o Paraguai ainda não sabe se estará presenta nas quartas de final da Copa América como um dos melhores terceiros colocados. Terá que aguardar até o final da terceira rodada do grupo C.

Read More...

Copa América 2019, Destaques

Argentina vence Catar e pega Venezuela na próxima fase da Copa América

Mesmo com uma fraca atuação, a Argentina derrotou o Catar por 2 a 0 neste domingo, dia 23 de junho, e se classificou para as quartas de final da Copa América, onde enfrentará a Venezuela na próxima sexta (28) no estádio do Maracanã.

O jogo, realizado na Arena do Grêmio, recebeu 41.390 pessoas e foi válido pela 3ª rodada do grupo B da competição.

Gol no início

Precisando muito da vitória a equipe argentina consegue abrir o placar com 3 minutos de jogo. Hisham sai errado e toca nos pés do atacante Lautaro Martínez, que toca com força no canto do gol de Al-Sheeb.

Após o gol, os argentinos assumem o controle da partida. Mas o Catar tenta aproveitar as poucas oportunidades que encontra de forma a empatar o placar, como aos 17 minutos, quando Al-Haydos recebe passe em profundidade e quase sai na cara do goleiro Armani. Mas o juiz marca impedimento.

Aos 21 minutos Messi faz boa jogada. O camisa 10 da Argentina arranca da intermediária e toca para Agüero, que toca colocado, mas para fora.

Mas o Catar não estava morto, e aos 45 minutos quase empata a partida em bela cobrança de falta de Al-Hajri que explode na trave do gol argentino.

A Argentina continua melhor no segundo tempo. Aos 14 minutos Messi domina e toca para Agüero, mas a zaga do Catar consegue cortar para fora.

Aos 27 é Messi que tem uma chance clara. Ele recebe na marca do pênalti após passe de Acuña. Mas o camisa 10 chuta no espaço.

Mas aos 36 minutos não tem jeito. Agüero recebe livre na intermediária, deixa dois zagueiros para trás e chuta cruzado para fazer o segundo da Argentina.

Com a vantagem, a equipe argentina deixa o tempo passar e segura a vitória.

Read More...

Copa América 2019, Destaques

Brasil goleia Peru e avança na Copa América

(ANSA) – Com mudanças no setor ofensivo, o Brasil goleou neste sábado (22) o Peru por 5 a 0, na Arena Corinthians, em São Paulo, e garantiu o primeiro lugar do grupo A da Copa América.

A seleção foi pressionada pelo Peru nos primeiros 10 minutos, mas depois conseguiu controlar o jogo e transformou a tensa partida em muita tranquilidade. Aos 11, após um escanteio cobrado dentro da área, Casemiro mandou de cabeça na trave, a bola continuou viva e o meio-campista empurrou para o fundo da rede.

Para o desespero dos peruanos, o Brasil aumentou sua intensidade e não demorou para anotar o segundo. O goleiro Pedro Gallese saiu jogando errado e chutou a bola em Roberto Firmino, que aproveitou a sobra, driblou o arqueiro e tocou para o gol.

A seleção não tirou o pé do acelerador e tratou de marcar o terceiro aos 31 minutos. Everton recebeu a bola na ponta, carregou até o meio e acertou um bonito chute no cantinho de Gallese.

Ao contrário dos dois primeiros jogos, a seleção brasileira saiu aplaudida do gramado da Arena Corinthians.

No início do segundo tempo, logo aos oito minutos, Daniel Alves fez o quarto gol brasileiro. Em uma bonita jogada coletiva, o lateral invadiu a área e soltou o pé para balançar a rede.

Aos 44 minutos, Willian recebeu um escanteio curto, carregou a bola e fez um golaço de fora da área. A seleção brasileira ainda teve chance de anotar o sexto, mas Gabriel Jesus perdeu um pênalti.

Com a vitória, o Brasil terminou a fase de grupos na liderança da chave A, somando sete pontos. A Venezuela, por sua vez, ficou em segundo, com cinco. Peru terminou na terceira posição, tendo quatro pontos, já a Bolívia não pontuou e deu adeus ao torneio.

Os peruanos ainda estão vivos na Copa América, já que poderão avançar às quartas de finais entre os dois melhores terceiros posicionados de cada grupo.

Read More...

Copa América 2019, Destaques

Jogo da Copa América arrecada maior renda da história do futebol brasileiro

(ANSA) – Com mais de R$ 22 milhões arrecadados, a renda da partida desta sexta-feira (14) entre Brasil e Bolívia, no estádio do Morumbi, em São Paulo, pela Copa América, foi a maior renda já divulgada da história do futebol do país.

O duelo de abertura do torneio contou com 46.342 pagantes e o valor divulgado superou a partida entre Brasil e Chile (R$ 15,1 milhões), pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do de 2018, na Rússia. Todo o valor arrecadado na partida será do Comitê Organizador Local da Copa América.

Apesar do recorde quebrado e o hino cantado à capela, a torcida não empolgou durante os 90 minutos e até vaiou os atletas brasileiros no intervalo. No final, o Brasil goleou a Bolívia, por 3 a 0, e estreou vencendo na 46ª edição da Copa América.

Sobre as vaias que a seleção brasileira sofreu, o técnico Tite afirmou, na coletiva de imprensa, que os jogadores, principalmente os mais jovens, “sentiram” o protesto dos torcedores.

“O jovem sente, o técnico sente. No intervalo, eu até cobrei. Eu pedi um nível de concentração alto, porque tem que passar por isso, tem que vencer essa adversidade”.

Já o atacante Philippe Coutinho, autor de dois dos três gols da vitória brasileira, disse em entrevista ao “SporTV” que as vaias “fazem parte”.

“A torcida quer que a gente ganhe, que jogue bem e por isso é uma cobrança deles. A gente quer sempre o apoio, mas aqui no campo a gente se blinda. O importante é só o jogo”, disse o atleta.

A seleção brasileira voltará a campo nesta terça-feira (18), diante da Venezuela, em Salvador.

Read More...