Destaques, Plantão Policial

Polícia Militar combate tráfico de drogas em Ceará Mirim

Na manhã desta terça-feira (19), após denúncias de intenso tráfico de drogas e entorpecentes, policiais militares da 3ª Companhia do 11º Batalhão realizaram buscas no sentido de coibir crimes praticados nas proximidades da estação de trem de Ceará Mirim (RN).

Os policiais foram em diligencia e, ao se aproximarem do local, visualizaram cerca de 10 indivíduos suspeitos, dos quais alguns portavam armas de forma ostensiva. Ao perceberem a presença da polícia efetuaram disparos contra a guarnição dando início ao confronto. Na ação, alguns conseguiram empreender fuga pelo matagal, porém dois deles foram capturados, sendo um alvejado na perna. Os suspeitos foram identificados como Nilcliston de Lima Barros, de 24 anos, e Sérgio Erinardo da Silva de Carvalho.

No local onde estavam, foi deixado um vasto material entorpecente, sendo contabilizado 44 trouxas pequenas e 07 trouxas grandes de maconha, 100 pedras de crack, 01 aparelho celular, documentos pessoais, dinheiro fracionado e outros produtos utilizados para a comercialização de drogas.

O infrator baleado foi socorrido com vida ao hospital local para realização de primeiros socorros. O material apreendido e o outro suspeito foram conduzidos e apresentados a autoridade policial na Delegacia de Polícia Civil em Ceará Mirim para realização de procedimentos cabíveis.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

MPRN investiga grupo que loteou terreno público e vendeu através do Minha Casa, Minha Vida

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira (18) a operação Brisa do Mar para investigar atos de improbidade administrativa em Ceará-Mirim. A apropriação do bem público foi cometida por uma vereadora e uma ex-vereadora da cidade, que atualmente ocupa o cargo de subprefeita do litoral, além de pessoas indicadas por elas para a presidência da Associação de Moradores de Muriú.

Segundo investigações do MPRN, o grupo se apropriou indevidamente de um terreno doado pela Prefeitura municipal, o loteou e o vendeu através do programa Minha Casa, Minha Vida. Eles também permutaram quase 11 mil metros quadrados a uma construtora pelo valor de R$ 60 mil. Ao todo, o grupo é suspeito de ter lucrado mais de R$ 900 mil com a negociação fraudulenta. A operação Brisa do Mar, que contou com o apoio da Polícia Militar, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em Muriú, praia do litoral Norte potiguar.

O terreno negociado indevidamente foi doado pela Prefeitura de Ceará-Mirim à Associação em 1999 com finalidade específica de instalação de uma indústria de sabão e derivados a fim de beneficiar a comunidade local. Desde então, a ex-vereadora Maria das Graças de Freitas, que atualmente é subprefeita do litoral, e pessoas indicadas por ela para a presidência da Associação, se apropriaram indevidamente do terreno, que aos poucos foi sendo desmembrado e vendido.

Entre os presidentes da Associação no período, estão dois filhos de Graça Freitas: Hércules Marcos Freitas da Silva e Ana Carina de Freitas da Silva, que atualmente é vereadora em Ceará-Mirim. Em depoimento junto à 3ª Promotoria de Justiça, eles admitiram que permutaram parte do terreno com uma construtora para que, em contrapartida, fosse construída uma creche para comunidade. A creche nunca foi construída e a empresa resolveu repassar R$ 60 mil para a Associação.

Para o MPRN, cometeram atos de improbidade administrativa: Maria das Graças de Freitas, Hércules Marcos de Freitas da Silva, Ana Carina de Freitas da Silva, Fátima Maria Soares de Souza e Maria do Livramento da Silva Bezerra, todos ex-presidentes da Associação de Moradores de Muriú. Além deles, a empresa MRS Construção e Incorporação LTDA e donos dela também colaboraram na improbidade.

Pelo o que foi levantado pelo MPRN, o grupo se apropriou indevidamente do valor total de R$ 901.168,00, produto da negociação de desmembramentos do imóvel. O MPRN obteve junto ao Poder Judiciário o bloqueio de bens dos ex-presidentes da Associação de Moradores de Muriú, da construtora e dos donos dela, nesse valor, para ressarcimento aos cofres públicos.

Indisponibilidade de bens

Operação do MPRN apura venda de terreno minha casa minha vida Muriu rn

Diante das provas levantadas pela 3ª Promotoria de Justiça de Ceará-Mirim durante a investigação, o MPRN obteve junto ao Poder Judiciário a indisponibilidade de bens dos envolvidos no valor de R$ 3.604.672,00. Esse montante é referente aos R$ 901.168,00 da improbidade administrativa, somados a R$ 2.703.504,00 de multa civil de três vezes o valor do enriquecimento ilícito. Esse valor deve ser dividido de forma solidária entre as pessoas que cometeram a improbidade administrativa para garantir o ressarcimento aos cofres públicos.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Dupla que usou carro da empresa para transportar maconha é detida em Ceará-Mirim

Após denúncia anônima repassada ao número 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO – do MPRN, policiais rodoviários federais apreenderam no final da tarde desta terça-feira (18), três quilos de maconha, que eram transportados por dois homens em uma Fiorino de uma empresa transportadora. A droga estava escondida entre caixas de mercadorias.

A abordagem aconteceu no km 57 da BR 101 Norte, próximo a entrada da praia de Muriú, em Ceará-Mirim. Os ocupantes do veículo, um homem de 26 anos e outro de 34 anos, afirmaram que eram funcionários da empresa e que estavam levando a droga da cidade de São Miguel do Gostoso para Natal. Disseram ainda que eram viciados em maconha e que a droga seria entregue em um posto de combustível, na zona Oeste da capital. Além do entorpecente, foi encontrado no interior do veículo a quantia de 3 mil reais em espécie.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos homens, que no momento da abordagem, ainda estavam fumando um cigarro de maconha. O jovem de 24 anos confessou também que já foi preso por posse de entorpecente. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de plantão da Zona Norte em Natal.

Read More...

Destaques, RN

Operação Cabresto: MPRN investiga compra de votos em Ceará-Mirim

O Ministério Público Eleitoral deflagrou na manhã desta sexta-feira (28) a Operação Cabresto em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. O objetivo é apurar corrupção eleitoral.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em locais onde supostamente estaria havendo suporte a ações de compra de votos. A ação teve apoio da Polícia Militar e o processo segue em segredo de Justiça. Participam da operação Cabresto três promotores de Justiça e 20 policiais militares, além de servidores do MP.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) reforça que está atento e atuante em todo o Estado para combater a corrupção neste período de campanha para garantir que haja eleições limpas. Qualquer cidadão pode denunciar suspeita de fraude eleitoral através do Disque Denúncia 127 do Ministério. A identidade será preservada.

Pardal

O cidadão também pode fazer a denúncia de infração durante as campanhas eleitorais pelo aplicativo Pardal, desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets – disponíveis na Apple Store e Google Play. A ferramenta possibilita que os eleitores atuem como fiscais da eleição e importantes atores no combate à corrupção eleitoral.

O Pardal pode ser utilizado para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais. Além do aplicativo móvel, o Pardal tem uma interface web, que será disponibilizada nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para envio e acompanhamento das notícias de irregularidades.

Nas denúncias feitas por meio do Pardal, deverão constar, obrigatoriamente, o nome e o CPF do cidadão que as encaminhou, além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios. A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir sua segurança.

Read More...

RN

Ceará-Mirim recebe segunda unidade do Restaurante Popular

O Governo do Rio Grande do Norte inaugura, nesta quinta-feira (28), a segunda unidade do Restaurante Popular no município de Ceará-Mirim. A nova unidade será instalada no bairro de Nova Descoberta, na Rua Léo Virgílio Cavalcante e oferecerá 400 almoços por dia, de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, pelo valor simbólico de R$ 1 real. A inauguração será a partir das 11h e contará com a presença do governador Robinson Faria e do secretário da Sethas-RN, Vagner Araújo.

Ceará-Mirim já possui uma unidade do Café Cidadão, localizada na Rua Bela Vista, 1125, Centro, onde são oferecidos 100 cafés da manhã por dia. Também possui uma unidade do Restaurante Popular no conjunto Paraíba, na rua Irmã Maria José, 154, com 500 almoços por dia. E também conta uma unidade da Sopa Cidadã, localizada na Rua Padre João Cândido de S. Silva, 80, bairro São Geraldo, que oferece 300 sopas por dia.

O Restaurante Popular possui 42 unidades, em 29 municípios potiguares e oferece por mês cerca de 600 mil almoços. Além disso, o programa de Segurança Alimentar conta com 27 unidades do Café Cidadão em 21 municípios potiguares e oferece por dia 6.325 cafés da manhã. Já a Sopa Cidadã conta com 10 unidades, em sete municípios e oferece por dia três mil sopas.

Read More...