Agenda Cultural

Burburinho Festival de Artes realiza a sua terceira edição neste fim de semana

O Burburinho Festival de Artes chega a sua terceira edição neste fim de semana (de 22 a 24 de fevereiro) integrando diversos segmentos artísticos e oferecendo ao público potiguar uma programação cultural de qualidade, com acesso gratuito.

O Festival busca a cada edição se renovar e pautar novidades em seu modo de produção e comunicação, pois a organização entende que o mais importante do projeto é proporcionar um ambiente de experiências, sejam elas artísticas, sociais, econômicas ou de lazer.

A programação, selecionada via edital, terá espetáculos de dança e artes cênicas, atrações musicais, mostra de cinema (com curtas potiguares), sarau e oficinas de origami, stencil e turbante.

Além da programação cultural, o espaço contará com a Feirinha Criativa com 20 expositores – visando estimular o pequeno comércio e a valorização dos empreendedores criativos locais – uma praça de alimentação recheada de gostosuras, além de jogos de tabuleiro e brincadeiras tradicionais coordenadas pela equipe de recreadores da Realize Esporte e Lazer.

A 3ª edição traz ainda o Escambo Cultural – um espaço para que o público troque discos, livros, filmes, revistas e zines- com o objetivo de estimular o compartilhamento, e fazer circular os produtos culturais de uma maneira orgânica e divertida. Outras novidades são a publicação de um zine com conteúdo pautado em questões que o projeto entende como relevantes, tais como: ocupação dos espaços públicos, mobilidade urbana e a relação entre o publico e privado; e a Rádio Burburinho, que funcionará nos 3 dias de evento, com programação própria. A ideia é que após o evento o material sonoro gravado seja disponibilizado na web como registro.

O Burburinho Festival de Artes é uma iniciativa da Pinote Mídia & Produção Cultural, com o patrocínio da Prefeitura do Natal, por meio do Programa Djalma Maranhão e Unimed Natal.

Serviço

BURBURINHO FESTIVAL DE ARTES

  • 22 a 24 de fevereiro de 2019
  • Sexta e sábado das 14h às 22h e domingo das 14h às 21h
  • Bosque das Mangueiras – Av. Nascimento de Castro, s/n – Lagoa Nova
  • Acesso Gratuito
  • Classificação Indicativa Livre
  • PATROCÍNIO: Prefeitura do Natal por meio do Programa Djalma Maranhão e Unimed Natal.
  • REALIZAÇÃO: Pinote Produções
  • MAIS INFORMAÇÕES: www.burburinhofestivaldeartes.com

Read More...

Natal

Caminhada chama atenção para doenças inflamatórias intestinais em Natal

Natal recebe nesta quarta-feira (18) a I Caminhada para Doenças Inflamatórias Intestinais. O evento começa às 15h, no Bosque das Mangueiras, no bairro de Lagoa Nova. A caminhada integra o Maio Roxo, que acontece em várias cidades brasileiras e capitais mundiais com o objetivo de chamar atenção da população sobre a Doença de Crohn e a Colite Ulcerativa. Os problemas atingem quase 5 milhões de pessoas em todo o mundo.

Além da caminhada, acontecerão atividades recreativas e serviços clínicos de nutricionistas, que estarão realizando o cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC) dos participantes. De acordo com o médico gastroenterologista e diretor regional da Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD), Dr. Marco Zerôncio, a falta de informação sobre o problema agrava o quadro de muitos pacientes.

“É comum confundir os sintomas das doenças inflamatórias intestinais com os da gastroenterite ou da síndrome do intestino irritável. Muitas pessoas também relacionam os problemas à alimentação. Elas acabam não procurando um médico, o que retarda diagnóstico e agrava a doença”, explica.

A Doença de Crohn e a Colite Ulcerativa comprometem o intestino e são consideradas crônicas (não têm cura). Os principais sinais e sintomas são diarreia, que pode ser sanguinolenta, acompanhada de dor abdominal, perda de peso e muitas vezes anemia. Além disso, podem ocorrer febre, afta e dores articulares.

Uma vez diagnosticadas, elas podem ser tratadas, permitindo que o paciente tenha uma vida normal e ativa. Não há informações precisas sobre suas causas, mas há consenso entre os especialistas de que fatores genéticos, imunológicos e ambientais, juntos, desencadeiam os problemas. O início da sintomatologia geralmente ocorre dos 20 aos 40 anos, mas pode aparecer em qualquer idade.

Serviço:

I Caminhada em prol do Dia Mundial das Doenças Inflamatórias Intestinais

Data: 18/05/2016 (quarta-feira)

Hora: 15h

Local: Bosque das Mangueiras, Lagoa Nova, em frente à UNP da Nascimento de Castro

Entrada Gratuita

Read More...