Educação

“Sem bolsa de estudo nunca conseguiria me formar”, conta educador físico que celebra uma década de formado

Superação e gratidão são palavras que Jadir Loiola leva consigo para sempre, junto com o sonhado diploma de Educação Física. Filho de uma professora e de um profissional de logística, ele recorda com alegria da infância. Era um menino feliz, cheio de sonhos e com uma família bem estruturada. Até a separação dos seus pais, quando tudo mudou. “Meu pai saiu de casa e eu, minha mãe e meus dois irmãos ficamos sem renda, muito abalados, mas nos mantemos unidos”, relembra Jadir.

“Minha mãe largou tudo. Deixou o trabalho como professora de Sociologia e foi cuidar da gente, sem a ajuda financeira do meu pai que, na época, ganhava muito bem. Ficamos quase sem nada”, desabafa. Diante da situação, o educador físico e seu irmão mais velho precisaram ser transferidos para um colégio público. “A minha irmã foi a única que se manteve em uma escola particular com a ajuda do padrinho”, pontua. Segundo Jadir, a única coisa que não mudou depois da separação, foi a garra da sua mãe e o incentivo dado pela mesma para os estudos e educação dos filhos.

O sonho da graduação estava distante, apesar do incentivo da mãe até que, através de um primo, Jadir conheceu o Educa Mais Brasil, programa de incentivo educacional que oferta bolsas de estudo para várias modalidades de ensino, inclusive para a graduação. “Meu primo viu um anúncio no jornal e, como ele sabia que eu queria muito estudar mas minha família não tinha condições, me falou da oportunidade”, conta.

Jadir não pensou duas vezes. Foi na casa do primo, fez sua inscrição e conquistou uma bolsa de 50%. “Apresentei o valor da mensalidade para minha mãe e depois mostramos para a família. Graças a eles, conseguir me formar”. Foi em 2009, depois de muita luta, que Jadir concluiu a graduação. Hoje, uma década depois, colhe os frutos dessa vitória. “Hoje, tenho tudo que sempre quis, apartamento próprio, carro… Mas o mais importante é a família linda que construí ao lado da minha esposa e da minha filha”.

Na bagagem de uma trajetória marcada pela superação e pelo sucesso, o educador físico carrega só gratidão. Ele diz não ter palavras para agradecer à família e ao Educa Mais Brasil. “Minha família me ensinou o que é vencer na vida. Sem eles e a bolsa de estudo nunca conseguiria me formar”, conclui.

Você também pode conseguir uma bela bolsa de estudos. Clique no link ao lado e saiba como -> https://www.educamaisbrasil.com.br/portaln10.

Read More...

Educação

Projeto oferece bolsas de estudo para alunos de baixa renda

O programa de bolsas SOMOS Futuro 2020, uma iniciativa do Instituto SOMOS, braço social das redes Kroton Educacional e Somos Educação, está com inscrições abertas para o processo que selecionará estudantes brasileiros que desejam concorrer a uma das mais de 400 bolsas de estudo integrais em instituições de ensino que integram a sua rede. Podem participar da seleção alunos que estejam cursando o 9º ano em escolas públicas ou que sejam bolsistas integrais em escolas particulares, que tenham alto desempenho acadêmico e renda brutal familiar de até dois salários mínimos.

O processo de seleção é composto por quatro fases: triagem, avaliação acadêmica e sociocomportamental, entrevistas online e entrevistas presenciais. Os candidatos aprovados em todas as etapas começarão o ano letivo de 2020 em uma das unidades parceiras do programa com isenção total nas mensalidades e materiais didáticos.

Além da isenção, o candidato selecionado receberá benefícios, tais como: material escolar, uniforme, cobertura de despesas como alimentação e mentoria. Os benefícios valerão para os três anos do ensino médio. As inscrições são feitas através do site e será preciso preencher a ficha de inscrição e o questionário socioeconômico.

Confira o edital do programa aqui

Cronograma do programa

  • Inscrições e questionário socioeconômico: Inscrições abertas até 15/09/2019.
  • Prova on-line e teste comportamental: De 26/09/2019 a 28/09/2019.
  • Entrevistas on-line: Outubro/2019.
  • Visita e entrevista presencial na escola selecionada: Novembro/2019.

Bolsas de estudo através do Educa Mais Brasil

Os estudantes que não forem selecionados para participar do programa têm outras opções para estudar em escolas particulares. O Educa Mais Brasil é o maior programa de incentivo educacional do país e oferta bolsas de estudos com até 70% de desconto nas mensalidades de instituições de ensino médio em todo território nacional. Acesse o site do programa e confira as oportunidades na sua cidade. É gratuito! Clique aqui.

*Com informações do Instituto SOMOS

Read More...

Destaques, Educação

Bolsa de estudo para faculdade: como conseguir descontos para começar a graduação?

Começar a vida universitária é uma etapa importante na vida dos estudantes. Ter um diploma de nível superior, além de possibilitar o exercício de diversas profissões, também é um elemento importante para pleitear salários maiores no mercado de trabalho. O alto valor das mensalidades é um dos principais desafios para tornar esse sonho realidade.

Por isso, as bolsas de estudo, que são os descontos concedidos por programas púbicos e privados, são alternativas viáveis para aqueles que desejam ingressar em uma instituição superior, mas não têm condições de arcar com o valor integral do curso.

Bolsa de estudo para faculdade (programa público)

O governo federal brasileiro oferta bolsas de estudo por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni). Os descontos são distribuídos duas vezes ao ano por meio de processo seletivo para pessoas que estejam de acordo com as regras do edital. Confira abaixo quem pode concorrer às bolsas do Prouni:

  • Ter feito o Enem mais atual;
  • Obter uma média de 450 pontos nas provas objetivas do Enem;
  • Não ter zerado a redação do Enem;
  • Ter renda familiar per capita máxima de três salários mínimos;
  • Ter cursado o ensino médio em escola pública ou;
  • Ter cursar do ensino médio em escola particular como bolsista integral da instituição.

As bolsas do Prouni são parciais, que correspondem a metade do valor da mensalidade do curso, destinadas a quem tem renda familiar de até três salários mínimos. Já as bolsas integrais são voltadas para quem tem renda familiar de até um salário mínimo e meio.

Bolsa de estudo para faculdade (programa privado)

Além do governo, o Educa Mais Brasil é outro programa, porém de iniciativa privada, que também oferta bolsas de estudo para faculdades. Neste caso, não é necessário ter feito o Enem e nem comprovar renda familiar. O Educa + disponibiliza, em parceria com faculdades, centros universitários e universidades, bolsas de estudo parciais, que podem chegar até 70% de desconto.

Para conseguir o benefício siga o passo a passo abaixo:

Fonte: E+B Educação | Géssica Santos

Read More...

Educação

Especialização: programa capacita jovens para se tornarem professores

Ensina Brasil é um programa que oferece especialização para promover a qualificação de jovens para se tornarem professores da rede pública de ensino. Para isso, é realizada uma formação intensiva sobre educação, didática e gestão escolar com aulas presenciais em sala de aula e acompanhamento de tutores experientes.

O participante é enviado para atuar como professor remunerado de escolas públicas ou órgãos governamentais durante dois anos. Com o objetivo de qualificar jovens para se tornarem professores da rede pública de ensino, o programa Ensina Brasil realiza uma formação intensiva sobre educação com aulas presenciais e acompanhamento de tutores experientes. Após, o participante será enviado para atuar como professor remunerado em escolas ou órgãos governamentais durante o período de dois anos.

O processo seletivo do Programa possui cinco etapas. Inicialmente o candidato deve preencher um formulário online e informar dados sobre histórico acadêmico e atividades extracurriculares. Em seguida, as demais etapas envolvem um teste de múltipla escolha, perguntas dissertativas, dinâmica em grupo e entrevista.

Para participar do programa o candidato deve cumprir algumas exigências estabelecidas. Confira abaixo os demais requisitos do programa:

  1. Ser brasileiro(a) nato(a) ou naturalizado(a);
  2. Português fluente;
  3. Ter curso superior completo ou previsão de graduação até dezembro de 2019 (Você ainda pode se inscrever caso sua data de graduação tenha sido postergada para o primeiro semestre de 2020 em função de greve na sua universidade. Estes casos serão analisados posteriormente);
  4. Ter concluído a primeira graduação há, no máximo, 10 anos;
  5. Ter diploma de graduação em licenciatura ou bacharelado reconhecido pelo MEC;
  6. Ter disponibilidade para participar da formação inicial de 5 semanas (300 horas): 1 – Módulo presencial em São Paulo de 4 semanas em janeiro de 2020; 2 – Módulo online de 40h em Dezembro de 2019
  7. Ter disponibilidade para participar do programa de fevereiro de 2020 até dezembro de 2021 (trabalho remunerado);
  8. Ter disponibilidade para morar fora de sua cidade por 2 anos, a partir de fevereiro de 2020. O participante deve estar apto para mudar de Estado caso não seja alocado no seu local de residência (os Estados parceiros serão divulgados no momento da oferta).

Especialização com bolsas de estudo pelo Educa Mais

Se deseja se tornar um profissional ou busca especialização da sua área, é possível recorrer ao Educa Mais Brasil. O programa possui 15 anos de atuação e já beneficiou mais de 1 milhão de pessoas com bolsas de estudo para várias modalidades de ensino. Acesse o site parceiro do programa e confira as oportunidades disponíveis na sua região. É possível encontrar graduação, pós-graduação e cursos profissionalizantes com até 70% de desconto.

Read More...

Educação

Prouni: interessados na lista de espera comprovam informações até hoje (22)

As etapas do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2019, do segundo semestre, não terminaram. Até esta segunda-feira (22), candidatos que manifestaram interesse na lista de espera devem comprovar as informações fornecidas na inscrição diretamente na Instituição de Ensino Superior (IES) em que o curso é ofertado.

A lista de espera do Prouni foi liberada na última quinta-feira (18) para as IES. É importante realizar o procedimento sob a pena de perder o direito à vaga e, especialmente, por ser a última oportunidade que os candidatos têm para comprovar as informações.

O Prouni é um programa do Governo Federal que viabiliza a oferta de bolsa de estudo em universidades, centros universitários e faculdades particulares do Brasil, que ofertam cursos não-gratuitos. Puderam concorrer às vagas do segundo semestre os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), são duas listas de espera uma vez que cada candidato pode cadastrar até duas opções de vagas por processo seletivo, em cursos, instituições de ensino e turnos distintos, entre outros pontos. Confira abaixo os respectivos critérios:

1ª opção:

  • não pré-selecionado nas chamadas regulares;
  • pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

2ª opção:

  • não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso;
  • não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso;
  • pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Read More...