Educação

Especialização: programa capacita jovens para se tornarem professores

Ensina Brasil é um programa que oferece especialização para promover a qualificação de jovens para se tornarem professores da rede pública de ensino. Para isso, é realizada uma formação intensiva sobre educação, didática e gestão escolar com aulas presenciais em sala de aula e acompanhamento de tutores experientes.

O participante é enviado para atuar como professor remunerado de escolas públicas ou órgãos governamentais durante dois anos. Com o objetivo de qualificar jovens para se tornarem professores da rede pública de ensino, o programa Ensina Brasil realiza uma formação intensiva sobre educação com aulas presenciais e acompanhamento de tutores experientes. Após, o participante será enviado para atuar como professor remunerado em escolas ou órgãos governamentais durante o período de dois anos.

O processo seletivo do Programa possui cinco etapas. Inicialmente o candidato deve preencher um formulário online e informar dados sobre histórico acadêmico e atividades extracurriculares. Em seguida, as demais etapas envolvem um teste de múltipla escolha, perguntas dissertativas, dinâmica em grupo e entrevista.

Para participar do programa o candidato deve cumprir algumas exigências estabelecidas. Confira abaixo os demais requisitos do programa:

  1. Ser brasileiro(a) nato(a) ou naturalizado(a);
  2. Português fluente;
  3. Ter curso superior completo ou previsão de graduação até dezembro de 2019 (Você ainda pode se inscrever caso sua data de graduação tenha sido postergada para o primeiro semestre de 2020 em função de greve na sua universidade. Estes casos serão analisados posteriormente);
  4. Ter concluído a primeira graduação há, no máximo, 10 anos;
  5. Ter diploma de graduação em licenciatura ou bacharelado reconhecido pelo MEC;
  6. Ter disponibilidade para participar da formação inicial de 5 semanas (300 horas): 1 – Módulo presencial em São Paulo de 4 semanas em janeiro de 2020; 2 – Módulo online de 40h em Dezembro de 2019
  7. Ter disponibilidade para participar do programa de fevereiro de 2020 até dezembro de 2021 (trabalho remunerado);
  8. Ter disponibilidade para morar fora de sua cidade por 2 anos, a partir de fevereiro de 2020. O participante deve estar apto para mudar de Estado caso não seja alocado no seu local de residência (os Estados parceiros serão divulgados no momento da oferta).

Especialização com bolsas de estudo pelo Educa Mais

Se deseja se tornar um profissional ou busca especialização da sua área, é possível recorrer ao Educa Mais Brasil. O programa possui 15 anos de atuação e já beneficiou mais de 1 milhão de pessoas com bolsas de estudo para várias modalidades de ensino. Acesse o site parceiro do programa e confira as oportunidades disponíveis na sua região. É possível encontrar graduação, pós-graduação e cursos profissionalizantes com até 70% de desconto.

Read More...

Educação

Prouni: interessados na lista de espera comprovam informações até hoje (22)

As etapas do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2019, do segundo semestre, não terminaram. Até esta segunda-feira (22), candidatos que manifestaram interesse na lista de espera devem comprovar as informações fornecidas na inscrição diretamente na Instituição de Ensino Superior (IES) em que o curso é ofertado.

A lista de espera do Prouni foi liberada na última quinta-feira (18) para as IES. É importante realizar o procedimento sob a pena de perder o direito à vaga e, especialmente, por ser a última oportunidade que os candidatos têm para comprovar as informações.

O Prouni é um programa do Governo Federal que viabiliza a oferta de bolsa de estudo em universidades, centros universitários e faculdades particulares do Brasil, que ofertam cursos não-gratuitos. Puderam concorrer às vagas do segundo semestre os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), são duas listas de espera uma vez que cada candidato pode cadastrar até duas opções de vagas por processo seletivo, em cursos, instituições de ensino e turnos distintos, entre outros pontos. Confira abaixo os respectivos critérios:

1ª opção:

  • não pré-selecionado nas chamadas regulares;
  • pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

2ª opção:

  • não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso;
  • não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso;
  • pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Read More...

Destaques, Educação

Lista de espera do Prouni 2019.2 abre na próxima segunda-feira (15)

Estudantes que não foram selecionados na chamada regular – primeira e segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) – podem manifestar interesse na lista de espera. O procedimento deve ser realizado no site do programa a partir da próxima segunda-feira (15). Os interessados em conseguir uma bolsa de estudo por meio do Prouni só terão dois dias para integrar a lista: o prazo será encerrado no dia 16 de julho.

A lista de espera estará disponível no Sisprouni para consulta pelas IES no dia 18 de julho, dois dias depois do prazo de encerramento. Os candidatos que forem aprovados devem comparecer na instituição de ensino a qual se candidatou a vaga no período de 19 a 22 de julho para entregar a documentação comprovando as informações prestadas no momento da inscrição.

Estão aptos a concorrer uma bolsa de estudo do Prouni estudantes que fizeram o Enem e obtiveram uma média igual ou superior a 450 pontos e maior que zero na redação. Além disso, é preciso atender ao critério de renda familiar que não pode ser maior que três salários mínimos por pessoa. O participante também deve ter estudado em escola da rede pública de ensino durante o ensino médio, ou particular na condição de bolsista integral da instituição.

Read More...

Educação

Alemanha oferece bolsas de estudo para pesquisadores

Cinquenta bolsas de estudo estão sendo ofertadas na Alemanha para jovens interessados em realizar pesquisas sobre questões mundiais. A bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil está com as inscrições abertas para a edição 2019/2020 e aceita candidatos até o dia 15 de setembro.

A iniciativa da Fundação Alexander von Humboldt (AvH) é focada para pesquisadores do Brasil, China, Rússia, Índia e Estados Unidos e busca fortalecer os laços entre os países. O programa aceita profissionais, mas que tenham um ponto em comum: o potencial e experiência de liderança com projetos em diversas áreas, como política, administração pública, mídia, economia ou cultura.

O programa tem duração de um ano, com auxilio mensal entre 2.150 euros e 2.750 euros (cerca de R$ 12 mil) e cursos adicionais de alemão. No final, os bolsistas terão a chance de apresentarem seus projetos pessoalmente à chanceler alemã Angela Merkel.

Inscrições bolsa de estudo na Alemanha

As inscrições devem ser feitas pelo site da fundação. Os requisitos para participar são: ter formação superior completa, fluência em inglês ou em alemão e uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa que pode ser um professor ou pesquisador ou também um ativista ou um profissional de destaque na sua área escolhida.

Esse mentor precisa ser da Alemanha, pois ele será ponto de apoio e contato, quem vai ajudar no tópico que você escolher pesquisar. Para isso, é indicado procurar auxílio na página do programa, que traz exemplos de mentores passados e o modelo de carta para entrar em contato.

Eventos sobre as bolsas na Alemanha no Brasil

Com o intuito de ajudar as pessoas que têm interesse na bolsa ofertada na Alemanha, serão realizados eventos em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e em Recife para explicar como funciona as etapas de seleção.  Quem não puder comparecer pessoalmente, pode conferir um webinar no dia 28 de junho, às 13h.

Confira as datas e links para inscrição:

Rio de Janeiro – 24 de junho

Inscrições para o evento aqui

Porto Alegre – 25 de junho

Inscrições para o evento aqui

Recife – 26 de junho

Inscrições para o evento aqui

São Paulo – 28 de junho

Inscrições para o evento aqui

Webinar – 28 de junho, às 13h

Inscrições para a palestra aqui

Bolsa de estudo Educa Mais Brasil

Também estão com inscrições abertas durante todo ano, as bolsas de estudo do programa Educa Mais Brasil. Há vagas para cursos de graduação e pós-graduação, idiomas, cursos técnicos e profissionalizantes. A inscrição é gratuita. Consulte as oportunidades disponíveis, aqui mesmo pelo Portal N10, parceiro do programa.

Read More...

Educação

Universidade oferece bolsas para graduação e mestrado na Itália

A Università Commerciale Luigi Bocconi oferece bolsas de estudo para graduação e mestrado na Itália com o intuito de atrair os melhores talentos para a instituição. Os candidatos podem optar por concorrer as bolsas de mérito ou de necessidade financeira, que exige comprovação da situação das finanças da família. As inscrições seguem até o dia 5 de junho.

As oportunidades são válidas para os cursos de graduação em Administração, Finanças e Ciências Políticas. A bolsa Merit Scholarship leva em consideração o desempenho escolar do estudante no momento da seleção. O público-alvo do programa de bolsas são os estudantes que não possuem cidadania italiana e nem tenham diploma de ensino médio em uma escola italiana.

Para efetuar a sua candidatura é necessário enviar currículo acadêmico, certificado de idiomas, carta de motivação e notas em testes como o SAT ou o Bocconi Test, promovido pela própria instituição. Entre os benefícios para os selecionados estão quitação de custos com anuidade e acomodação gratuita no campus. A inscrição para graduação está disponível no site da Bocconi.

Bolsa de estudo para mestrado na Itália

A universidade também oferta bolsas para mestrado na Itália em cursos nas áreas de Economia, Administração, Finanças e Ciências Sociais. Ao todo são dez cursos, dos quais nove possuem aulas ministradas totalmente em inglês. Assim como acontece para a graduação, na pós-graduação é possível concorrer por mérito e situação financeira.

Interessados devem enviar resultados do GMAT ou GRE, histórico escolar, currículo acadêmico e carta de motivação. Além disso, a instituição exige comprovação de proficiência no idioma do curso. A inscrição pode ser feita no site da instituição.

Read More...