Mundo

Reggae jamaicano vira Patrimônio Mundial da Unesco

(ANSA) – A Unesco transformou o reggae jamaicano em Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, em decisão anunciada nesta quinta-feira (29).

Segundo a entidade, o reconhecimento se deve à contribuição desse estilo musical, disseminado no mundo todo graças a artistas como Bob Marley, para o “debate internacional sobre questões de injustiça, resistência, amor e humanidade”.

“Embora em seu estado embrionário o reggae tenha sido a voz dos marginalizados, o estilo é tocado e abraçado hoje por amplos setores da sociedade, incluindo vários grupos étnicos e religiosos”, justificou a Unesco.

Nascido no seio de grupos marginalizados na sociedade jamaicana, principalmente na capital Kingston, o reggae é uma “amálgama de diversas influências musicais”, incluindo ritmos caribenhos, latinos e norte-americanos.

Sua maior expressão é Bob Marley (19451981), que vendeu mais de 200 milhões de discos com sua música de protesto e liberdade.

Read More...

Mundo

Dedicado a Bob Marley, Itália lança sorvete de maconha

(ANSA) – Uma sorveteria da cidade italiana de Alassio, na província de Savona, anunciou o lançamento nesta segunda-feira, dia 28, de um novo sabor de “gelato” um tanto quanto polêmico. Dedicado ao pai do reggae, Bob Marley, o sorvete do estabelecimento Perlecò conta conta com sementes de maconha e com o sugestivo nome “Marley”.

A iniciativa nasceu graças à colaboração com a Canapa Ligure, associação que promove os benefícios da droga à saúde física e mental. “É bom e faz bem”, afirmam os produtores do sabor, que deve começar a ser comercializado ainda neste fim de ano.

“Trata-se de um sorvete com sementes de cânhamo [provenientes da espécie cannabis sativa] sem cascas, muito bom e com todas as propriedades benéficas da planta, existentes principalmente pela alta presença de ácidos graxos poli-insaturados que ajudam a combater e prevenir distúrbios entre os quais arteriosclerose, distúrbios cardiovasculares, colesterol, artrose, doenças do sistema respiratório, eczemas e acnes”, explicam os responsáveis pelo sabor.

Read More...

Ciência

Ouvir Bob Marley e AC/DC no volante pode causar acidentes, diz pesquisa

(ANSA) – Se você costuma ouvir Bob Marley enquanto dirige, é melhor reconsiderar a decisão. O cantor jamaicano, junto a artistas como Britney Spears, AC/DC e o DJ Calvin Harris estão entre os mais perigosos para escutar enquanto se dirige.

[xtopic title=”Veja também” layout=”1″ alignment=”left” count=”3″ condition=”latest” order=”DESC” tags=”” featured=”0″ ids=”38611, 27596, 26440″ cats=””]

Segundo uma pesquisa encomendada pela companhia de seguros More Than, cujo resultado foi publicado no veículo britânico Daily Mail, um em cada 10 jovens motoristas admitiu ter sofrido acidentes ou ter chegado perto de bater o carro ao escutar canções desses artistas. Através do estudo também pode ser observado que um terço dos jovens que se acidentou enquanto escutava música estava ouvindo rock, outro terço ouvia pop e 19% dance music.

Entre as canções tidas como as maiores fontes de distração está “Toxic”, de Britney Spears, “We found love”, de Calvin Harris e “This is Love”, de Bob Marley. O estudo concluiu, entrevistando jovens motoristas de entre 17 e 25 anos, que músicas rápidas, com 130 batidas por minuto ou mais, estão ligadas a uma condução mais veloz e a mais violações dos códigos de trânsito, por prejudicar o tempo de reação e a capacidade de tomar decisões do motorista. Já a música muito lenta se mostrou relacionada a performances piores no volante. O equilíbrio ideal parece ser de 50 a 80 batidas por minuto, um ritmo semelhante ao dos batimentos cardíacos.

Read More...

Mundo

Bob Marley terá seu nome na “marca global da maconha”

Bob Marley até hoje é considerado o porta – voz do grupo que tem a pretensão de que a maconha seja legalizada, e isso fez com que uma empresa de fundos de participação sediada em Seattle, nos Estados Unidos lançasse a marca global da maconha com produtos com a marca do cantor. Tudo isso autorizado pela família de Bob.

O nome da marca já está definido, será “Marley”, e os produtos que serão vendidos vão desde mudas que se assemelham as de maconha, além de óleos e loções. Mas, estes produtos só serão vendidos em estados norte-americanos que adotaram medidas para descriminalizar e legalizar o uso e a venda de maconha. Essa é mais uma situação que irá gerar muita polêmica em todo mundo, então, esperaremos os próximos capítulos dessa história.

Read More...