Destaques, Negócios

Itaú Unibanco planeja fechar até 400 agências no Brasil

Com o objetivo de se adequar à migração das transações bancárias de clientes para canais eletrônicos e ampliar a rentabilidade, o Itaú Unibanco pretende fechar até 400 agências no Brasil. As informações são da agência Reuters, publicadas pela Revista Exame.

O encerramento pode acontecer em duas etapas, sendo a primeira com metade dos fechamentos nos próximos 12 meses e a segunda até 2020. Este número corresponde a quase 10% dos 4,2 mil pontos físicos do banco no país até final de março, incluindo agências e postos de atendimentos.

Consultado sobre o plano de fechamento de agências, o Itaú Unibanco não quis comentar números, mas afirmou em nota que “a redução do número de unidades físicas é um movimento de reposicionamento da rede de agências, coerente com as novas necessidades dos clientes e o aumento da procura por atendimento em outros canais como internet, celular e agências digitais”.

Nas últimas semanas, o Itaú Unibanco tem avisado os funcionários de agências sobre os planos de fechamento das unidades. O banco tem “indicado que deve aproveitar parte deles (funcionários) nas agências digitais”, nas quais os clientes são atendidos de forma remota, por meio da qual conseguem atender a um número maior de clientes, disse uma das fontes.

No fim de março, o Itaú tinha 195 dessas agências digitais em funcionamento, 35 a mais do que um ano antes.

“O movimento das agências está caindo e o cenário competitivo está mudando rápido”, disse referindo-se a rivais mais recentes, como as fintechs Nubank e Banco Inter, por exemplo.

Read More...

Negócios

Banco Inter lança nova plataforma de investimentos na B3

A B3 recebeu nesta quarta-feira (12) representantes do Banco Inter para celebrar o lançamento de uma nova plataforma de investimentos. A Plataforma Aberta Inter (PAI) inclui um home broker gratuito e a oferta de fundos de investimento e previdência privada no aplicativo. Além disso, o banco passa a oferecer, também pelo app da Conta Digital, produtos de renda fixa emitidos por outros bancos, como LCIs e CDBs, além de ativos de crédito privado, como CRIs, CRAs e debêntures.

O banco, 100% digital e gratuito, possui 24 anos de mercado. Há três anos lançou sua plataforma de varejo digital alcançando todo território nacional e mais de 1,050 milhão de clientes digitais. Em abril, abriu capital na B3, e hoje lança sua plataforma aberta de investimentos.

Participaram do evento o CEO da B3, Gilson Finkelsztain, o vice-presidente de Produtos e Clientes da B3, Juca Andrade, o CEO do Banco Inter, João Vitor Menin, os vice-presidentes Alexandre Riccio e Marco Túlio Guimarães e os diretores de Investimentos, Rafael Rodrigues e Ricardo Couto.

Na abertura do evento, Gilson lembrou a recente abertura de capital do Banco Inter comentando o sucesso que suas ações estão tendo. “O Brasil está mostrando a força desse mercado”.

“Com o novo marketplace de investimentos, passamos a contar com uma plataforma ainda mais completa, com todos os produtos de investimento do mercado, de forma digital”, afirmou João Vitor Menin.

“Estamos honrados em compartilhar com o Banco Inter mais uma conquista. No primeiro semestre comemoramos o IPO do banco e pouco tempo depois celebramos o lançamento da plataforma de investimentos, que trará novas opções aos investidores. Isso mostra a força do Inter e a parceria que o Banco e a B3 tem construído para presente e futuro do Brasil”, disse o diretor de Relacionamento com Clientes Brasil da B3, Felipe Paiva.

Read More...

Negócios

Banco Inter atinge mais de 741 mil clientes digitais no 2T18

O Banco Inter, instituição financeira que oferece conta corrente totalmente gratuita e pioneira na modalidade digital no Brasil, divulgou a prévia de resultados operacionais do segundo trimestre de 2018. O banco alcançou mais de 741 mil clientes digitais no 2T18, um aumento de 301% em comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, também registrou a abertura de mais de 3,6 mil contas por dia no mês de junho.

“Essa evolução da carteira de clientes demonstra que nossa estratégia de ser um banco digital multisserviços e com plataforma completa para pessoas físicas e jurídicas tem sido bem sucedida”, destaca João Vitor Menin, presidente do Banco Inter. “Nosso propósito de revolucionar a experiência bancária ao oferecer uma conta totalmente gratuita tem sido reconhecido por nossos clientes. No primeiro semestre de 2018, por exemplo, o nosso tarifômetro mostra que nossos clientes economizaram em tarifas R$ 238 milhões”, afirma o executivo.

O Banco Inter registrou no segundo trimestre de 2018 cerca de 60 mil investidores digitais que reforçam a captação e contribuem para a redução de custos de funding da instituição financeira. O Inter também lançou no segundo trimestre dois novos serviços em sua plataforma financeira digital: a portabilidade de salário automática e o consórcio de automóveis e motos, com simulação e contratação direto no app.

Em junho, a agência de classificação de risco S&P Global Ratings elevou o rating do Banco Inter de ‘brBBB-‘ para brBBB+‘ na Escala Nacional Brasil. O Banco Inter está presente hoje em mais de 5 mil municípios e em 100% das cidades brasileiras com mais de 20 mil habitantes.

Sobre o Banco Inter

Atualmente, o banco conta com uma carteira de crédito de mais de R$ 2,6 bilhões e responde por mais de 1% do segmento de crédito imobiliário no Brasil. Seu patrimônio líquido é de R$ 935 milhões e os ativos totais ultrapassam R$ 3,7 bilhões.

Read More...