Mundo

Áustria vence e evita que casa de Hitler vire templo nazista

(ANSA) – O Ministério do Interior da Áustria informou nesta segunda-feira (5) que o Supremo Tribunal do país europeu encerrou uma longa batalha judicial envolvendo a casa onde o alemão Adolf Hitler nasceu, em Braunau.

A família de Gerlinde Pommer era a proprietária do imóvel há quase 100 anos. No entanto, as autoridades austríacas assumiram o controle da casa amarela de esquina em dezembro de 2016, visando que o local não se torne um templo neonazista.

Com a decisão, a família Pommer receberá 810 mil euros de indenização e encerrará a longa batalha judicial com o Estado.

“Após a decisão do tribunal sobre a indenização, um uso para a casa onde Hitler nasceu pode agora ser enquadrado dentro da lei para evitar qualquer tipo de atividade relacionada com o nazismo”, afirmou o ministro do Interior da Áustria, Wolfgang Peschorn, em um comunicado.

Além disso, o político revelou que será organizado um concurso de arquitetos para definir o futuro do casarão de três andares.

Hitler nasceu em 20 de abril de 1889 e viveu apenas alguns meses em Branau. No entanto, isso marcou a pequena cidade austríaca, que possui pouco mais de 16 mil habitantes.

Read More...

Mundo

Governo da Áustria quer expropriar casa onde Hitler nasceu

(ANSA) – O governo federal da Áustria pretende expropriar a casa de Braunau am Inn, cidade situada na fronteira com a Alemanha, onde nasceu Adolf Hitler, em abril de 1889.

Segundo fontes citadas pela rede britânica “BBC”, o objetivo é evitar que a residência continue a ser lugar de culto e peregrinação para simpatizantes neonazistas de todo o mundo. A decisão foi tomada após anos de discussões sobre o destino do imóvel.

Entre 1972 e 2011, o governo alugou a casa para abrigar um centro para pessoas com deficiência, mas o contrato foi rompido por divergências com a proprietária do local, Gerlinde Pommer. O novo plano prevê uma oferta de compensação à dona do imóvel, para depois transferir a residência para o poder federal.

“Chegamos à conclusão de que a expropriação é o único modo de evitar que o edifício seja explorado por simpatizantes do nazismo”, declarou Karl-Heinz Grundböck, porta-voz do Ministério do Interior austríaco. No entanto, ainda não se conhece o futuro da casa, se será preservada, reformada ou demolida.

Read More...

Curiosidades

Museu funerário reabre suas portas na Áustria

Tradicionalmente um museu é um local onde podemos observar uma série de objetos que em alguma fase da vida de alguém foram importantes, mas sempre existem aqueles que fogem do que podemos vir a considerar como tradicional, como no caso do museu funerário, que fica localizado em Viena.

Isto mesmo, existe um museu que reúne objetos ligados ao mundo funerário, desde carros indo até vários caixões, mas uma das coisas mais bizarras deste museu é um sino que era amarrado em uma corda, e que servia como uma espécie de sinal de alerta para quando uma pessoa fosse enterrada viva.

O museu na cidade austríaca existe a 50 anos, só que passou um tempo com suas portas fechadas durante um período, foi um processo de reformulação do local, para adequar-se a era digital, agora quem estiver interessado só é ir lá e visitar.

000_dv1897988Foto: Joe Klamar/AFP

Read More...