Destaques, , RN

Água mineral ‘amanheceu mais cara’ no Rio Grande do Norte

A água mineral natural teve o preço reajustado nesta segunda-feira (02) em todo o estado do Rio Grande do Norte. O garrafão de 20 litros que custa para o consumidor final entre R$ 5 e R$ 7, com o reajuste, passa a custar entre R$ 5,50 e R$ 7,70, ou seja, uma elevação de cerca de 10%.

O motivo do aumento é o fato de os empresários da cadeia produtiva da água mineral não conseguirem absorver mais a subida dos salários dos funcionários e dos insumos, como energia elétrica, rótulos, tampas e lacres. “Além disso, o setor ainda precisa enfrentar os altos custos do vasilhame produzido com material precificado em dólar, a moeda americana vem sofrendo reajustes exponenciais”, afirma o sindicato do setor.

De acordo com os empresários, “em estados vizinhos o consumidor paga pelo garrafão valores bem mais elevados”. Na Paraíba, por exemplo, o produto chega a custar R$ 10, e no Sudeste, em estados como São Paulo, o consumidor paga até R$ 18,00. Mais da metade da população potiguar consome água mineral natural em suas residências e em estabelecimentos comerciais.

“O estado pode comemorar a alta qualidade da água mineral natural oferecida à população potiguar. São 22 fontes beneficiadoras em todo o RN que produzem cerca de 507 milhões de litros de água mineral natural engarrafada ao ano. O setor gera uma média de 10 mil empregos entre diretos e indiretos”.

Read More...

Destaques, , RN

Água mineral terá reajuste de 10% no RN

O valor da água mineral sofrerá um reajuste médio de 10%, a partir do mês de dezembro, em todo o Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Sindicato de Bebidas e Águas Minerais do RN (Sicramirn). O consumidor já deverá sentir a diferença a partir da próxima segunda-feira (2).

Atualmente, um garrafão de 20 litros chega à casa do consumidor final com valores que variam entre R$ 4,50 e R$ 7,00. Com o reajuste, o preço deve ficar entre R$ 5,00 e R$ 7,70.

Há dois anos sem aumento do produto, os empresários da cadeia produtiva da água mineral alegam que não estão conseguindo absorver a subida dos salários dos funcionários e dos insumos, como energia elétrica, rótulos, tampas e lacres.

Além disso, o setor ainda enfrenta altos custos do vasilhame produzido com material precificado no dólar, que vem constantemente subindo de valor.

“Esse percentual de 10% é um percentual sugerido. Pode ser que tenha um empresário que aumente 20% e outro nada”, afirmou o presidente do sindicato, Djalma Cunha Júnior.

Mais da metade da população potiguar consome água mineral natural em suas residências e em estabelecimentos comerciais. De acordo com o sindicato, existem 22 fontes beneficiadoras em todo o estado, que produzem cerca de 507 milhões de litros de água mineral natural engarrafada ao ano. O setor gera uma média de 10 mil empregos entre diretos e indiretos.

Read More...

RN

Preço da Água Mineral aumentará 15% em todo o RN

A partir desta semana, a água mineral sofrerá reajuste de cerca de 15% em todo o Rio Grande do Norte. O galão de 20 litros, que hoje tem preço variando entre R$ 2,50 a R$ 8,00 para o consumidor final, deverá ficar entre R$ 3,00 e R$ 9,00.

O aumento é devido principalmente à subida de imposto sobre o produto a partir deste mês de janeiro e do salário mínimo. De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias de Bebidas e Águas Minerais do RN, Djalma Barbosa Júnior, infelizmente não foi possível segurar o preço como faziam em anos anteriores. “Além da carga tributária ter subido para 28% e o salário mínimo ter ido para R$ 880,00, tivemos reajustes no combustível e nos insumos como rótulos, tampas, lacres e vasilhames, o que elevou bastante os custos das indústrias de água mineral”, explica. Nos estados vizinhos os valores do garrafão são bem mais elevados, a exemplo do Ceará onde o garrafão custa em torno de R$ 9,00, e no Sudeste, estados como São Paulo, fica acima de R$ 15,00.

Cerca de 65% da população potiguar atualmente consome água mineral em suas residências, são 18 fontes beneficiadoras em todo o Estado que fornecem a água engarrafada e geram 10 mil empregos diretos e indiretos. Em 2015 foram produzidos e comercializados uma média de 250 milhões de litros de água mineral no RN. No verão, o consumo de água mineral sobe em cerca de 20%.

Read More...