Sindsaúde-RN ameaça Fátima e diz: “Se não pagar o que deve, a saúde vai parar!”

Sindsaúde-RN ameaça Fátima e diz: “Se não pagar o que deve, a saúde vai parar!”

Sindsaúde-RN ameaça Fátima e diz: “Se não pagar o que deve, a saúde vai parar!”

Rafael Nicácio dezembro 14, 2020 Destaques

Na última sexta-feira (11), o Sindsaúde-RN e demais sindicatos que compõem o Fórum dos Servidores do Rio Grande do Norte, participaram de uma audiência com a governadora Fátima Bezerra (PT).

Na ocasião, a governadora descumpriu o acordo e não anunciou o calendário de pagamento dos salários atrasados, acabando com todas as expectativas dos servidores. Informou, apenas, que os 60% restantes do pagamento do 13º de 2020 para os servidores que recebem acima de R$ 2 mil reais será pago no dia 5 de janeiro.

“Queremos reforçar que a nossa posição foi contrária à imposição do governo. Denunciamos a postura da governadora Fátima em impor essa data sem dialogar com o Fórum dos Servidores”, diz o sindicato.

O Sindsaúde também questionou a postura do governo Fátima em relação a Lei 173 de Bolsonaro. “O governo abaixa a cabeça para essa lei, que consideramos inconstitucional. Estamos há 11 anos sem reajuste e com salários atrasados. A governadora está descumprindo com o que prometeu, disse que iria pagar todos os salários dentro do mês. Uma mentira! Nosso Natal além de triste e amargo, será sem dinheiro”, declarou Breno Abbott, coordenador do Sindsaúde-RN.

Por fim, o sindicato diz que irá “convocar toda a categoria para se fazer presente na luta. Estamos cansados e exaustos, mas estamos cumprindo com o nosso dever: Salvando vidas. Porque o governo não cumpre com o seu dever? Se não pagar a saúde vai parar”, finaliza.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos