Sindsaúde denuncia superlotação e más condições de trabalho no Hospital João Machado

Sindsaúde denuncia superlotação e más condições de trabalho no Hospital João Machado

Sindsaúde denuncia superlotação e más condições de trabalho no Hospital João Machado

Rafael Nicácio janeiro 28, 2021 Destaques

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN) recebeu, na última terça-feira (26), denúncias de trabalhadores do Hospital Colônia Dr. João Machado relatando péssimas condições de trabalho e superlotação na unidade. Segundo os servidores, a situação se agravou no último final de semana quando o hospital alcançou a quantidade máxima de pacientes.

“Uma ala de observação masculina que normalmente tem 20 leitos, por falta de manutenção hoje conta apenas com 13 leitos para uma média de 32 pacientes. O resultado não poderia ser outro: pacientes encontram-se amontoados no chão e nas mesas sem as mínimas condições humanas para dar continuidade ao seu tratamento”, alerta o Sindsaúde.

Além disso, continua a denúncia, faltam profissionais (apenas 2 técnicos para cuidar desses pacientes) e medicamentos: do injetável mais básico ao remédio mais complexo. De acordo com o sindicato, “faltam insumos imprescindíveis ao atendimento dos pacientes na unidade”.

Vale ressaltar que o Hospital João Machado, que está localizado no bairro do Tirol em Natal, é o maior hospital psiquiátrico do Rio Grande do Norte e recebe urgências psiquiátricas de todo o estado. “Sendo assim, é vergonhoso e inaceitável que uma unidade de atendimento tão importante encontre-se nesta situação”, finaliza o Sindsaúde.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos