Sesap confirma primeiro caso de mucormicose (fungo negro) em paciente do RN que teve Covid

Sesap confirma primeiro caso de mucormicose (fungo negro) em paciente do RN que teve Covid

Sesap confirma primeiro caso de mucormicose (fungo negro) em paciente do RN que teve Covid

Mulher de 42 anos tem histórico de Covid-19 e está se tratando em casa

Rafael Nicácio junho 7, 2021 Destaques

O primeiro caso de infecção por mucormicose – também conhecido por fungo negro, foi registrado no Rio Grande do Norte em um paciente que teve a Covid-19. A informação foi confirmada, nesta segunda (7), pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (SesapRN).

De acordo com a Secretaria, a paciente é uma mulher, de 42 anos, de Natal, que fez uma biópsia que confirmou a ocorrência do fungo. Ela encontra-se em tratamento em casa.

“A equipe de vigilância da Sesap está acompanhando o quadro, avaliando os exames, o histórico de movimentações da paciente e sua situação clínica atual”, informou a Sesap em nota.

Há algumas semanas, o mundo fala sobre a infecção da mucormicose, também conhecida como ‘fungo negro‘, que vem da Índia e afetou centenas de pacientes com Covid-19 ou que se recuperaram recentemente da doença.

O que tanto tem causado expectativa, além do temor natural das consequências da pandemia, é a desinformação, já que a mídia sensacionalista divulgou que milhares de pessoas foram afetadas e que as taxas de mortalidade por essa doença são altas.

Para tirar suas dúvidas, elaboramos uma artigo que elenca os sintomas do fungo negro e sua formas de contágio, por exemplo.

Outros artigos