Servidores da UPA Satélite criam EPI’s para se protegerem do coronavírus

março 28, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Servidores da UPA Satélite criam EPI’s para se protegerem do coronavírus

Enquanto a Secretaria Municipal de Saúde e a prefeitura do Natal negligenciam a vida dos servidores da saúde, não oferecendo o uso de EPI’S por falta de estoque, os profissionais de saúde da UPA Satélite estão criando seus próprios equipamentos de proteção individual para se protegerem do Coronavírus.

Com medo da contaminação, os servidores utilizaram folha de acetato, EVA, clamp e elástico. “É inadmissível que os servidores tenham que produzir seus próprios meios de proteção, quando na verdade é de responsabilidade dos órgãos públicos e dos governos fornecerem esse material. No caso daqui de Natal a responsabilidade é do prefeito Álvaro Dias que fecha os olhos para essa situação e não responde as exigências e denúncias dia servidores da saúde”, afirma o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (SindsaúdeRN).

O sindicato protocolou uma ação judicial com pedido de urgência solicitando que o município de Natal garanta os EPI’s adequados para os profissionais de saúde do município. Pedido esse que foi atendido pela Justiça potiguar, onde foi definido um prazo de 72 horas para que a prefeitura garanta os EPI’s nos termos determinados pela Nota Técnica nº 04/2020 da ANVISA, que trata das medidas de prevenção e controle dos casos de infecção pelo novo coronavírus. O município tem até o próximo domingo, dia 29 de março, para cumprir a determinação.

“Exigimos que a prefeitura garanta condições dignas de trabalho aos servidores da saúde e que valorize esses profissionais que mesmo nessas circunstâncias doam suas vidas salvando outras vidas”, finaliza o sindicato.