Saiba por que a proteção do seu smartphone começa no bolso

agosto 16, 2019 0 Por Rafael Nicácio
Saiba por que a proteção do seu smartphone começa no bolso

Colocar e tirar o celular do bolso: já reparou quantas vezes por dia fazemos isso? Apesar de trivial, é esse movimento um dos grandes responsáveis pelas famosas quedas do aparelho no chão e danos que afetam o seu desempenho. O lado bom é que cuidados simples previnem essa situação e prolongam a vida útil de um smartphone.

Como medida básica, evitar pegar no telefone com as mãos molhadas ou sujas de qualquer substância que possa diminuir o atrito do tato com o objeto, fazendo-o escorregar. Pela característica lisa da carcaça do telefone e até pelo seu peso, fica mais difícil mantê-lo preso às mãos em situações como essa, além de que o próprio líquido em si, dependendo de sua composição, tem potencial de se infiltrar no aparelho e danificar seu sistema.

Outra precaução importante é lembrar de não colocar no mesmo bolso o smartphone e as chaves de casa ou do carro. A superfície rígida e ao mesmo tempo fina do metal pode arranhar a tela do aparelho, fazendo-o perder a sensibilidade ao toque, além de prejudicar a experiência de uso, ao deformar imagens.

Esses danos, apesar de fáceis de serem reparados, podem tirar o aparelho de uso por alguns dias para o devido conserto. No contexto atual, em que o celular assumiu um papel importante de apoio ao dia-a-dia das pessoas, é um tempo que nem todos dispõem.

Além desses cuidados, é importante lembrar de proteger o aparelho com um seguro que ofereça coberturas adequadas ao perfil de uso. A BemMaisSeguro, corretora especializada em proteção para smartphones e equipamentos eletrônicos, oferece uma cobertura específica para danos líquidos e quebra acidental, que realiza o reparo de forma fácil e conveniente ao segurado: a companhia recebe os aparelhos danificados pelos Correios, os conserta e depois os envia de volta ao cliente.