Saiba como ser um voluntário sem sair de casa

agosto 14, 2020 0 Por Romário Nicácio
Saiba como ser um voluntário sem sair de casa

Por proporcionar inúmeros benefícios para a formação social, cultural e humana das pessoas, o voluntariado vai muito além da sensação de dever cumprido em ajudar o próximo. Além do trabalho presencial, existe o voluntariado on-line, ideal para aqueles que sempre quiseram ajudar, mas não encontravam tempo na rotina.

O voluntário pode atuar na gestão de redes sociais, colaborando com a produção de textos e artigos, desenvolvendo sites e muito mais. Essas atividades são realizadas de forma remota e, além de fazer o bem às instituições, pessoas ou animais auxiliados, proporcionam o crescimento pessoal do voluntário, que pode até mesmo descobrir um caminho diferente para a sua vida profissional.

Sites para voluntariado online

O voluntariado on-line é ideal para quem tem uma rotina muito corrida e, ainda assim, gostaria de encaixar um compromisso como esse em seu dia a dia. Pensando nisso, destacamos dois sites que oferecem oportunidades para o trabalho voluntário sem sair de casa, no tempo que melhor se encaixar na sua rotina. Descubra o que fazer para se tornar um voluntário on-line:

Atados

O Atados é um dos sites de trabalho voluntário mais ativos do momento, oferecendo diversas oportunidades para atividades online. Para buscar vagas de voluntariado, basta acessar o site e procurar por região, causas e habilidades.

Busca Voluntária

O Busca Voluntária é um site que oferece vagas em serviços voluntários em todo o Brasil, com o compromisso de ser uma central de auxílio para quem busca começar a transformar o mundo e a si mesmo, mas não sabe como e nem por onde começar. Para encontrar uma vaga, é preciso usar o buscador na página inicial do site selecionar o estado e o que quer fazer e logo ele te mostra as possibilidades cadastradas.

Voluntariado on-line como formação complementar

Um dos benefícios do voluntariado on-line é a possibilidade de alavancar o currículo com experiências que agregam valores humanos. Além disso, pode ser uma oportunidade para quem está cursando uma graduação e precisa completar a carga horária exigida. Nesse caso, é preciso verificar com a instituição de ensino se é permitido apresentar um trabalho voluntário como atividade complementar.