Saiba como obter 25% de acréscimo na aposentadoria por invalidez

Saiba como obter 25% de acréscimo na aposentadoria por invalidez

Saiba como obter 25% de acréscimo na aposentadoria por invalidez

Esse adicional é importante para o aposentado com invalidez (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Rafael Nicácio julho 17, 2021 Destaques

Você sabia que os aposentados por invalidez podem ter direito a um adicional de 25% no valor do seu benefício?

Pois é… para ter esse direito, o segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deve comprovar que precisa da ajuda de terceiros, seja um parente ou profissional contratado, para realizar atividades diárias, como tomar banho e se alimentar.

Esse adicional é importante para o aposentado com invalidez que, por vezes, precisa contratar ajudante, necessita de mais medicamentos, gastos extras com materiais ortopédicos, manutenções, dentre outros gastos adicionais, se comparado a um aposentado regular, por exemplo.

Quem pode utilizar o adicional de 25% na aposentadoria por invalidez?

A pessoa já aposentada ou em avaliação para aposentadoria por invalidez que tiver uma ou mais das seguintes doenças:

  • Cegueira total;
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos;
  • Paralisia dos dois braços ou pernas;
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social, ou seja, dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e a tomada de decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sozinho;
  • Doença que deixe a pessoa acamada;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

A avaliação da perícia médica dirá se o aposentado tem direito ao aumento de 25% no valor do benefício. Após a perícia no INSS, o resultado ainda depende de aprovação do supervisor da perícia médica.

Como solicitar o adicional de 25% na aposentadoria do INSS?

O aposentado que deseja ter esse adicional deve agendar uma perícia técnica pelo site ou aplicativo “Meu INSS” (veja logo abaixo como fazer). Também é possível marcar pelo telefone 135. Além disso, é preciso levar no dia da avaliação documentos pessoais e laudo médico que comprove a necessidade de ajuda para realização de suas necessidades básicas.

Em caso de o adicional ser negado pelo INSS, procure a Justiça e exija o seu direito.

Veja o passo a passo para agendamento da perícia

Pelo site Meu INSS

  • Acesse meu.inss.gov.br
  • No canto superior esquerdo, clique em “Entrar“. Caso já tenha conta, digite seu CPF e senha. Caso contrário, clique em “Crie sua conta
  • Clique em “Agendar Perícia
  • Selecione a opção referente ao seu caso:

1 – Perícia inicial (se for a primeira vez)
2 – Perícia de prorrogação (se recebe o benefício e ainda não tem condições de retornar ao trabalho)
3 – Remarcar perícia (caso não possa comparecer no dia e hora agendados ou não tenha sido atendido pelo perito)
4 – Perícia Presencial por Indicação Médica (após análise dos documentos médicos anexados no pedido inicial)

  • Selecione agência, dia e horário desejados
  • Acompanhe o pedido em “Agendamentos/Solicitações

Pelo aplicativo do Meu INSS

  • Baixe o aplicativo Meu INSS, que está disponível na Play Store (Android) e Apple Store (iOS) do seu celular
  • No canto superior direito, clique em “Entrar“. Caso já tenha conta, digite seu CPF e senha. Caso contrário, clique em “Crie sua conta
  • No canto direito inferior, selecione “Agendar Perícia
  • Clique na perícia desejada
  • Siga as orientações e conclua o agendamento

Pelo telefone 135

  • Escolha a opção “Falar com um atendente”
  • Opte pela perícia desejada
  • Siga as instruções passadas pelo telefone
  • Realize o agendamento

Saiba quais as agências abertas e com peritos estão mais próximas de você

  • Acesse o site www.covid.inss.gov.br
  • No canto esquerdo inferior, clique em “Mapa de agência abertas
  • Selecione seu estado
  • Confira as agências mais próximas com atendimento médico pericial (destacadas em círculos amarelos)
  • Selecione para ver o endereço

Como é calculado o adicional na aposentadoria por invalidez?

O valor é calculado de acordo com a renda mensal do aposentado do INSS. Ou seja, se o aposentado por invalidez ganha um salário mínimo, que neste ano é de R$ 1.100, receberá R$ 275 mensais a mais na conta. Logo, a aposentadoria total será de R$ 1.375.

Outros artigos