Economia

Rússia ratifica a criação do Banco do BRICS com um capital de US$100 milhões

A Rússia ratificou a criação do Banco de Desenvolvimento do grupo BRICS, que serve como moeda de reserva para projetos de infraestrutura na Rússia, Brasil, Índia, China e África do Sul, e desafia o domínio ocidental liderado pelo Banco Mundial e pelo FMI . Seu capital declarado é de US$100 milhões.

O acordo para a criação do Banco de Desenvolvimento foi assinado em Junho de 2014, em Fortaleza, Brasil. A primeira reunião do Conselho do BRICS, que vai decidir quem será o presidente e vice-presidente do Banco, será realizada em breve na cidade russa de Ufa. O Ministério das Finanças da Rússia, que preside o BRICS este ano, espera que o novo Banco de Desenvolvimento esteja em operação no final de 2015, informa RIA Novosti.

A criação do Banco de Desenvolvimento do BRICS vai permitir que seus membros se tornem mais independentes em relação à política financeira dos países ocidentais, como declarado pelo presidente russo, Vladimir Putin, na sexta cimeira dos BRICS. O banco será caracterizado por uma distribuição equitativa das ações de capital e gestão de direitos. Prevê-se que o seu escritório seja em Xangai (China).

 

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.