Rússia batiza como ‘Sputnik V’ sua vacina contra o novo coronavírus

agosto 11, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Rússia batiza como ‘Sputnik V’ sua vacina contra o novo coronavírus

A Rússia anunciou nesta terça-feira, dia 11 de agosto, que a primeira vacina do mundo contra o novo coronavírus, e registrada em seu território, foi batizada de ‘Sputnik V‘. Nome é uma homenagem ao primeiro satélite soviético.

O presidente russo, Vladimir Putin, especificou que a vacinação da população deve ser realizada exclusivamente de forma voluntária, acrescentando que ele espera que a produção em massa da droga comece a partir de setembro.

Por sua vez, o ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, disse que a vacina mostrou sua eficácia e segurança. Ele lembrou que a vacina será produzida em duas plataformas: pelo Centro Nacional Gamaleya de Pesquisa em Epidemiologia e Microbiologia e pela empresa Binnofarm.

Da mesma forma, foi relatado que a vacina poderia garantir imunidade por um período de até 2 anos.

“O esquema de dupla injeção permite a formação de imunidade de longo prazo. A experiência com vacinas vetoriais (com esquema de dupla injeção) mostra que a imunidade dura até 2 anos”, diz relatório divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde da Rússia.