Roupas para iniciar a prática de yoga

julho 14, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Roupas para iniciar a prática de yoga

Durante a quarentena originada pelo novo coronavírus, muitas pessoas têm contado com as atividades físicas para manterem sua saúde física e mental, principalmente em tempos tão complicados como o atual.

Porém, nem sempre é fácil e a impossibilidade de sair de casa limita os tipos de exercício que podem ser praticados.

Por sorte, o yoga é um deles. A prática, que nasceu há milhares de anos na Índia, alia alguns dos conceitos mais importantes para o bem-estar: respiração, relaxamento e concentração.

E os números mostram que o interesse por uma prática tão completa como essa vêm crescendo.

Só no Brasil, as pesquisas no Google pelo termo ‘yoga’ tiveram um grande salto no final do mês de março – quando o país terminava o primeiro mês de quarentena.

Em 21 de junho, Dia Internacional do Yoga, também houve outro aumento. Porém, independente da data, a tendência é que o interesse pelo termo continue subindo.

Roupas para iniciar a prática de yoga
A ferramenta Google Trends aponta para o pico de buscas por ‘yoga’ em março e uma tendência de crescimento a partir de junho

Mas, com tantas pessoas sendo introduzidas ao universo do yoga agora, é comum que algumas dúvidas apareçam. Uma delas, inclusive, é a respeito da vestimenta.

Muitos se questionam se vestir roupas de academia comuns é suficiente. A verdade é que, para aproveitar ao máximo dos benefícios da prática, é preciso ter um pouco mais de atenção nas peças do vestuário.

A importância da roupa no yoga

yoga
Foto: Divulgação/ Faculdade do Espírito

Por ser uma atividade que envolve muitos movimentos e alongamentos, utilizar a roupa errada pode prejudicar mais do que em outra prática física, como corrida ou musculação.

Não à toa, o segmento de moda fitness já começou a abordar as particularidades do yoga, produzindo peças que sirvam para a atividade em específico.

O yoga é dividida em algumas modalidades, variando entre um treino mais pesado – focado em aumentar o fôlego e resistência – e séries mais calmas – para estimular o equilíbrio, consciência corporal e controle.

Independente do estilo que a pessoa preferir, roupas apertadas ou largas demais, que vivem caindo, podem atrapalhar muito a prática.

Isso já é regra para qualquer atividade física, mas, no yoga, deve-se redobrar a atenção para manter o conforto e mobilidade.

O foco deve estar o máximo possível na respiração e no corpo, e não em um elástico apertado na cintura.

A calça legging feminina do tamanho adequado, por exemplo, é uma das peças coringas que cabe muito bem durante uma prática de yoga.

Roupas fitness apropriadas para a prática

Antes de mais nada, o yoga pede por peças de roupas de qualidade, que não irão se desgastar ou muito menos rasgar com facilidade.

Para as práticas mais intensas, na qual há muitos movimentos e aumento da frequência cardíaca, o mais indicado é optar por bermudas e regatas mais leves, permitindo que as extremidades do corpo permaneçam livres para o movimento.

No caso das modalidades mais focadas em concentração e respiração, camisetas e shorts um pouco mais justos podem ser uma boa opção.

É importante lembrar que utilizar peças coladas e apertadas pode inibir o movimento do corpo, portanto, devem ser evitadas.

De maneira resumida, as peças fitness para a prática do yoga devem ser, como dito, resistentes, além de oferecer muito conforto e elasticidade.

Detalhes que também podem fazer diferença na peça são características como tecido leve de secagem rápida, no qual há maior evaporação do suor, permitindo que o atleta sinta-se refrescado durante a prática.

A cor e a estampa da roupa, apesar de não afetarem diretamente o exercício, merecem também a atenção.

Como o yoga é uma prática muito relacionada ao bem estar mental e ao controle da ansiedade e depressão, peças coloridas e estampadas podem potencializar o treino. Afinal, é comprovado que a roupa afeta o humor de quem as veste.

Porém, não existe nenhuma regra que não possa ser adaptada. O importante é apenas manter o conforto em primeiro lugar, permitindo maiores movimentos e liberdade do corpo.