Portal N10

Robinson solicita ajuda do Exército para garantir segurança no RN

Governador espera confirmação do presidente Temer para a chegada das Forças Armadas

O governador Robinson Faria pediu apoio das tropas do Exército para “para garantir a segurança da população do RN”. Desde a última semana, a bandidagem aproveitou o momento em que os agentes de segurança estão realizando paralisações, e seguem praticando crimes em diferentes cidades do estado.

De acordo com a secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, a região metropolitana de Natal já registrou mais de 450 arrombamentos, roubos e furtos nos últimos nove dias. Desse total, 208 foram roubos a carros e outros tipos de veículos. No mesmo período, em todo o estado, houve 59 homicídios, segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza crimes contra a vida.

Na mensagem divulgada em redes sociais, Robinson diz: “Renovei o apelo ao governo federal hoje e estamos aguardando, a qualquer momento, a confirmação da chegada do exército para garantir a segurança da população do RN. Fizemos a solicitação do apoio das forças militares ao Presidente Temer e ao Ministro da Defesa há 8 dias, e reiteramos hoje. Após o nosso pedido na semana passada, a Força Nacional reforçou o efetivo no Estado. Mas precisamos neste momento, também, do apoio do exército.”

Crise na segurança

Com salários atrasados, o estado enfrenta paralisações da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil. Eles pedem regularização dos salários atrasados e melhores condições de trabalho. Desde a terça-feira (19), PMs se negam a sair dos batalhões da capital e do interior e policiais civis trabalham em regime de plantão. 70 homens e mulheres da Força Nacional foram acionados para fazer patrulhamento na capital.

A Justiça considerou a paralisação ilegal, mas após reunião nesta quarta-feira (27), a PM decidiu manter a posição de não ir às ruas.

Já os policiais civis e delegados, que também aderiram ao movimento, marcaram para esta quinta-feira (28) uma assembleia para definir como voltarão aos trabalhos, mas durante a manhã a reunião foi reagendada para esta sexta (29). Desde a semana passada a Polícia Civil trabalha em regime de plantão, atendendo a população apenas das delegacias de plantão e regionais.

Ajuda financeira

O próprio governador anunciou nas redes sociais – no dia 21 de dezembro – que o RN receberia R$ 600 milhões do governo federal e divulgou calendário de pagamento dos salários de novembro, dezembro e 13º. Mas o Ministério da Fazenda negou o repasse após recomendação do Ministério Público de Contas. O estado recorreu da decisão administrativamente.

Na terça (26), a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, afirmou que está em estudo no Ministério da Fazenda e no Banco Mundial um plano para ajudar o Rio Grande do Norte. Segundo ela, a ajuda não envolverá recursos da União, mas, sim, um empréstimo do Banco Mundial ao estado.

You might also like
1 Comment
  1. […] a ajuda não envolverá recursos da União, mas, sim, um empréstimo do Banco Mundial ao estado. PORTAL N10/montedo.com (adsbygoogle = window.adsbygoogle || […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.