Destaques, RN

Robinson solicita ajuda do Exército para garantir segurança no RN

Exército Forças armadas alistamento militar
Foto: Sesed/Assecom

O governador Robinson Faria pediu apoio das tropas do Exército para “para garantir a segurança da população do RN”. Desde a última semana, a bandidagem aproveitou o momento em que os agentes de segurança estão realizando paralisações, e seguem praticando crimes em diferentes cidades do estado.

De acordo com a secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, a região metropolitana de Natal já registrou mais de 450 arrombamentos, roubos e furtos nos últimos nove dias. Desse total, 208 foram roubos a carros e outros tipos de veículos. No mesmo período, em todo o estado, houve 59 homicídios, segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza crimes contra a vida.

Na mensagem divulgada em redes sociais, Robinson diz: “Renovei o apelo ao governo federal hoje e estamos aguardando, a qualquer momento, a confirmação da chegada do exército para garantir a segurança da população do RN. Fizemos a solicitação do apoio das forças militares ao Presidente Temer e ao Ministro da Defesa há 8 dias, e reiteramos hoje. Após o nosso pedido na semana passada, a Força Nacional reforçou o efetivo no Estado. Mas precisamos neste momento, também, do apoio do exército.”

Crise na segurança

Com salários atrasados, o estado enfrenta paralisações da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil. Eles pedem regularização dos salários atrasados e melhores condições de trabalho. Desde a terça-feira (19), PMs se negam a sair dos batalhões da capital e do interior e policiais civis trabalham em regime de plantão. 70 homens e mulheres da Força Nacional foram acionados para fazer patrulhamento na capital.

A Justiça considerou a paralisação ilegal, mas após reunião nesta quarta-feira (27), a PM decidiu manter a posição de não ir às ruas.

Já os policiais civis e delegados, que também aderiram ao movimento, marcaram para esta quinta-feira (28) uma assembleia para definir como voltarão aos trabalhos, mas durante a manhã a reunião foi reagendada para esta sexta (29). Desde a semana passada a Polícia Civil trabalha em regime de plantão, atendendo a população apenas das delegacias de plantão e regionais.

Ajuda financeira

O próprio governador anunciou nas redes sociais – no dia 21 de dezembro – que o RN receberia R$ 600 milhões do governo federal e divulgou calendário de pagamento dos salários de novembro, dezembro e 13º. Mas o Ministério da Fazenda negou o repasse após recomendação do Ministério Público de Contas. O estado recorreu da decisão administrativamente.

Na terça (26), a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, afirmou que está em estudo no Ministério da Fazenda e no Banco Mundial um plano para ajudar o Rio Grande do Norte. Segundo ela, a ajuda não envolverá recursos da União, mas, sim, um empréstimo do Banco Mundial ao estado.

You Might Also Like

One comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.