Rio Grande do Norte recebe evento que discute estratégias para desenvolvimento do Nordeste

Como um importante passo na luta para o desenvolvimento do Nordeste Brasileiro, está sendo realizado no Rio Grande do Norte o Seminário Regional “Nordeste 60 anos depois – mudanças e permanências”, que discute medidas e estratégias para a região. A solenidade de abertura aconteceu na noite desta quarta-feira, 27, na Escola de Governo Cardeal Eugênio Sales, no Centro Administrativo, em Natal.

O evento, que é organizado pela Arquidiocese de Natal,  pelo Observatório Social do Nordeste (OBSERNE) e Faculdade Dom Heitor Sales (FAHS), recebeu o ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, para proferir a primeira palestra. O representante do governo federal levantou algumas teses durante sua fala. “Não há solução para o Brasil sem solução para o Nordeste”,  apontou, como a primeira de suas teses. Unger ainda afirmou que não existe nenhuma estratégia de desenvolvimento da região, apesar de fervilhar de criatividade cultural e empreendedorismo. “E assim como não há solução para o Brasil sem uma solução para o Nordeste, não há uma solução para o Nordeste sem uma solução para o semiárido”, continuou.

Seminário Regional “Nordeste 60 anos depois – mudanças e permanências”( Foto: Ivanízio Ramos)
Seminário Regional “Nordeste 60 anos depois – mudanças e permanências”( Foto: Ivanízio Ramos)

A programação do evento segue até sexta-feira, 29, com várias conferências, que debaterão questões sociais relacionadas ao tema. Entre os conferencistas, estão também o Secretário Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, e a Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

Participaram da solenidade de abertura, o Arcebispo de Natal e presidente do OBSERNE, Dom Jaime Vieira Rocha;Dom Guilherme Werlang, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, Justiça e Paz, da CNBB; Dom José Luiz Ferreira, bispo de Pesqueira (PE) e referencial para as pastorais sociais do Regional Nordeste 2, da CNBB. Ainda estiveram na mesa, entre outras autoridades, a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha e o deputado estadual Hermano Morais.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!