flagge-syrien

Um dos fatos mais destacados no aspecto negativo nos últimos tempos, disparadamente, foi a Guerra na Síria. E os dados divulgados pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), trazem uma realidade pouco animadora.

“Registramos a morte de 202.354 pessoas, das quais mais de 130 mil são beligerantes dos dois lados”, esses são dados de uma ONG, que não teve o nome revelado, mas que possui uma ampla rede de fontes civis, militares e médicas no país. E segundo o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, dos mortos, “63.074 são civis, incluindo 10.377 crianças”.

Crinças aguardando familiares em trincheira cavada por trás de um caminhão  (Foto: Jake Simkin/AP)
Crinças aguardando familiares em trincheira cavada por trás de um caminhão (Foto: Jake Simkin/AP)

Segundo Rahman, entre todos estes mortos, temos combatentes anti-regime, onde no total 37.324 são rebeldes sírios e 22.624 são jihadistas não-sírios. E no lado do regime, 44.237 soldados e 28.974 milicianos das Forças de Defesa Nacional, 624 membros do Hezbollah xiita libanês e 2.388 xiitas de outros países também morreram no conflito. Fechando os números, existem 3011 corpos não identificados.

Dados tristes, mas que representam a triste realidade durante muito tempo daquele país.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.