Retomada do auxílio emergencial reduziria pobreza, diz FGV

Retomada do auxílio emergencial reduziria pobreza, diz FGV

Retomada do auxílio emergencial reduziria pobreza, diz FGV

Rafael Nicácio janeiro 9, 2021 Destaques

Para tentar solucionar a crise social e econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal prevê aumentar o número de beneficiários e o valor do Bolsa Família e, no momento, descarta totalmente o auxílio emergencial, que contribuiu para reduzir a pobreza no País, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Em análise da FGV, divulgada pelo Correio Braziliense, a pobreza caiu de 11% para 4,5% da população brasileira durante os pagamentos do auxílio emergencial no ano passado.

No entanto, voltou a aumentar quando o benefício foi cortado de R$ 600 para R$ 300, chegando a 8,5% em novembro de 2020.

Com o fim do auxílio, esse patamar deve chegar a 12,8%. Caso confirmado, o número será o maior desde 2012, com 16,9 milhões de pessoas na pobreza no País, ou seja, 2,4 milhões de famílias a mais que o alcançado pelo Bolsa Família.

Uma medida provisória está sendo discutida entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, para publicação neste mês de janeiro, segundo o Correio Braziliense.

O projeto avalia a inclusão de mais 300 mil famílias no programa do Bolsa Família – um salto de 14,2 milhões para 14,5 milhões atendimentos.

O valor do benefício, por sua vez, que está em R$ 190, deve passar para R$ 200 ao mês.

O governo prevê um orçamento de R$ 34,8 bilhões, para reestruturar o Bolsa Família, destinado ao programa pelo Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa).

Mas, a FGV calcula que o orçamento anual do Bolsa Família teria que subir para, aproximadamente, R$ 70 bilhões, para barrar a alta da pobreza.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos

5 editores de vídeo para Android

julho 30, 2021

5 editores de vídeo para Android

Produzir vídeos para as redes sociais, já deixou de ser tarefa apenas para grandes influenciadores. Hoje em dia qualquer usuário de Instagram, Tik Tok e demais rede...