Relator vota pela cassação da chapa Dilma-Temer
Ministro Herman Benjamin profere seu voto tendo ao lado o ministro Luiz Fux, durante sessão plenária do TSE, para julgamento da Aije (Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE)

Relator vota pela cassação da chapa Dilma-Temer

junho 9, 2017 0 Por Romário Nicácio

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou na manhã desta sexta-feira (9) o quarto dia de julgamento da ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições de 2014. A expectativa é que a decisão saia ainda nesta sexta-feira.

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator da ação que julga a campanha eleitoral de Dilma Rousseff e Michel Temer, votou a favor da cassação da chapa no pleito de 2014. Segundo o ministro, o sistema eleitoral brasileiro faz com que o eleitor vote em dois candidatos e não há como separar o presidente do vice-presidente.

Herman Benjamin ainda ressaltou que as contas de campanha do então candidato à vice-presidência foram quitadas pelo “caixa comum” da campanha. A sessão foi suspensa para almoço e, após o retorno, os demais ministros pronunciarão seus votos.

Após Benjamin, foi a vez do ministro Napoleão Nunes Maia declarar seu voto. Ele votou contra a cassação da chapa. Até agora, 1 voto favorável à cassação da chapa Dilma-Temer, e 1 voto contrário. “É melhor inocentar um culpado que condenar um inocente”. “O que se tem que preservar aqui é o voto popular”, afirma ministro Napoleão.

Napoleão também falou sobre propina nas campanhas. “Se isso for verdade, quais os mandatos que foram irrigados com este estoque de capital acumulado em vários anos? Todos. Senadores, deputados, vereadores, prefeitos”.

Veja a sessão ao vivo:

Sim pela cassação 1:1 Não à cassação

Do Portal N10 com Agência ANSA e Agência Brasil

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!