Reino Unido veta voos do Brasil por variante do coronavírus
Conferência de imprensa do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson sobre Covid-19 (Foto: Andrew Parsons / Nº 10 Downing Street)

Reino Unido veta voos do Brasil por variante do coronavírus

janeiro 14, 2021 0 Por Romário Nicácio

(ANSA) – O Reino Unido proibiu os voos vindos do Brasil e de outros 15 países por conta da variante brasileira do coronavírus Sars-CoV-2. A medida entra em vigor já nesta sexta-feira (15), às 4h (hora local),e é anunciada menos de 24 horas depois do primeiro-ministro, Boris Johnson, se dizer “preocupado” com a mutação encontrada no Amazonas – e que foi detectada no Japão em janeiro.

O ministro dos Transportes, Grant Shaps, afirmou que a regra não vale para britânicos ou irlandeses que estiverem voltando para o país ou residentes brasileiros permanentes. Porém, eles terão que apresentar um teste de Covid negativo, feito em até 72 horas antes do voo, e cumprir um autoisolamento de 10 dias como medida de precaução.

Além do Brasil, voos vindos da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. Também foram incluídos no veto Portugal e Cabo Verde, “por conta de seus laços estreitos com o Brasil”.

Enfrentando seu terceiro lockdown, justamente por conta de uma variante britânica, o país teme que o avanço de uma nova cepa possa piorar ainda mais o cenário de alta de casos e de mortes.

Conforme dados da Universidade Johns Hopkins, o Reino Unido soma 3.221.034 casos confirmados de Covid-19 e 84.915 mortes – sendo o país europeu mais afetado pela pandemia.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!