Destaques, Natal

“Recebi com surpresa”, diz Raniere sobre investigação do Ministério Público

raniere barbosa câmara de natal

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Raniere Barbosa, disse ter recebido com “surpresa” o procedimento de investigação do Ministério Público na chamada Operação Cidade Luz, deflagrada na manhã desta segunda-feira (24).

O MP investiga um suposto desvio de R$ 22 milhões decorrente de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) para a prestação de serviços referentes à manutenção e à decoração do parque de iluminação pública da capital potiguar.

Em nota, Raniere afirmou que está colaborando com as investigações e tem o objetivo de comprovar que agiu com “probidade e lisura” durante o período em que esteve à frente da Semsur.

Confira a nota na íntegra:

Recebi com surpresa o procedimento de investigação da chamada “Operação Luz” na manhã desta segunda (24), uma vez que deixei a gestão da Secretaria de Serviços Urbanos de Natal em 2014 quando retornei para a Câmara Municipal de Natal.

Estou colaborando com as investigações com o objetivo de esclarecer que agi com probidade e lisura em todos os atos da minha gestão à frente da Semsur no período de janeiro de 2013 a março de 2015.

O referido procedimento se encontra em fase de investigação e não houve condenação ou denúncia, não havendo de se falar de juízo de culpa de quem quer que seja.

Acredito nas instituições públicas e o trabalho do Poder Judiciário, do Ministério Público Estadual e demais órgãos de fiscalização, controle e investigação tem meu incondicional respeito.  

Raniere Barbosa
Presidente da Câmara Municipal de Natal

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.