Destaques, RN

Reajuste nas contas da Cosern será discutido na próxima quarta-feira (14)

conta de luz energia COSERN

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza na próxima quarta-feira (14) uma sessão presencial para discutir com a sociedade as tarifas da Companhia de Eletricidade do Rio Grande do Norte (Cosern). De acordo com a medida, para consumidores conectados em alta tensão, o aumento seria de 16,18%, e para a baixa tensão, de 14,35% – gerando um reajuste médio de 14,88% nas tarifas da Companhia.

O evento será realizado a partir das 15h na Federação do Comercio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomercio) – Avenida Alexandrino de Alencar, 562 – Bairro Alecrim – Natal.

A proposta de reajuste diz respeito ao quarto ciclo de revisão tarifária da companhia, processo que é feito de quatro em quatro anos com o objetivo de “manter o equilíbrio econômico-financeiro da concessão”. Se aprovadas, as novas tarifas irão valer a partir de 22 de abril.

Índices preliminares

Empresa

Consumidores residenciais – B1

COSERN

14,28%

Empresa

Classe de Consumo – Consumidores cativos

Baixa tensão
em média

Alta tensão
em média (indústrias)

Efeito Médio para o consumidor

COSERN

14,35%

16,18%

14,88%

Revisão

A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL. A audiência também discutirá a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade *DEC e **FEC dos conjuntos da Cosern estipulados para o período de 2019 a 2023.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.