RN

Quase 1500 pessoas do interior do Estado aguardam por cirurgias ortopédicas

Foto: Reprodução / Google Maps

Com a dívida da Secretaria Estadual de Saúde acumulada desde julho de 2016, o Hospital Memorial continua sem atender pacientes provenientes das cidades do interior do Rio Grande do Norte.

Diante deste quadro, segundo dados apurados pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, cerca de 1.500 pessoas estão em suas casas no aguardo de serem encaminhadas para atendimento em Natal. Há pacientes em situação grave que precisam de cirurgias complexas só realizadas através do SUS no Memorial – referência em ortopedia e traumatologia no RN.

Os atendimentos de pacientes do interior no Hospital Memorial estão suspensos desde 19 de dezembro e o Governo do Estado não toma qualquer providência, constantemente alegando falta de verba. A unidade hospitalar realiza uma média de 25 cirurgias por dia em pacientes encaminhados pelo Walfredo Gurgel, sendo que destes, cerca de 15 são pessoas provenientes do interior do Estado. Hoje, diante da situação de paralisação, o Memorial tem feito apenas 10 cirurgias diárias em pacientes de Natal.

Prestes a completar 27 anos de atividades, o Hospital Memorial tem uma equipe composta por 325 funcionários, dentre os quais o corpo médico especializado em pés, joelho, quadril, ombro, mãos, coluna e demais modalidades do tratamento ortopédico.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.