Curiosidades, Destaques

Qual é a sua fobia? Saiba o que seus medos revelam sobre sua personalidade

Se você não tem medo de palhaços, aranhas ou cobras, provavelmente conhece alguém que não podem nem vê-los numa fotografia, imagine pessoalmente. Daí surge um questionamento: por que existem fobias mais comuns do que outras? A ciência é responsável por responder essa pergunta e também nos diz como estamos de acordo com nossas fobias.

Medo de palhaços: você é sincero

Você odeia ver Pennywise, o palhaço diabólico do filme It: A Coisa? Não se preocupe, você não está sozinho. De acordo com um artigo da Scientific American, os palhaços são retratados como “tricksters” cujas máscaras dão a impressão de que podem abandonar comportamentos sociais tipicamente aceitáveis. Portanto, não é surpreendente que a coulrofobia seja bastante comum: quase um em cada 10 adultos confessa que tem.

Um estudo realizado pela Universidade de Sheffield analisou 250 jovens com idade entre 4 e 16 anos. Eles perguntaram como se sentiam quando observavam as imagens dos palhaços. A conclusão deste estudo foi que as crianças os achavam incompreensíveis. “Porque a leitura das expressões faciais tem sido uma chave para a sobrevivência, nossa incapacidade de discernir as expressões de um palhaço (e suas verdadeiras intenções) sob o que cobre o rosto gera suspeitas automáticas”, disse Carlin Flora ao portal Psychology Today. As pessoas que têm medo dos palhaços valorizam a honestidade, a transparência e a abertura, e esperam que os que estão à sua volta façam o mesmo.

Medo de sangue: você é calmo

Se toda vez que você ver sangue ficar tonto, você sofre de hemofobia. Observar o vazamento de sangue de uma ferida ou gotículas no chão irá ativar instantaneamente seus mecanismos de defesa, aumentando a frequência cardíaca e a pressão sanguínea no processo.

Foto: Ciete Silvério/A2img

De acordo com Jordan Gaines Lewis, especialista em neurociências, “desmaiar ao ver sangue, pode ser um reflexo primitivo armazenado no fundo do nosso cérebro”. A mente associa o sangue com algo errado e envia um sinal de alerta para o cérebro. Se isso acontecer com você, você tem um forte instinto de proteção e tende a ser o mais calmo e atento em seu grupo social.

Medo de cobras: você é protetor

Foto: Wikilmages/Pixabay

Seu medo de cobras pode derivar de seus instintos protetores com os outros. Na Psychology Toda , uma teoria científica deste medo revela que “os seres humanos e outros primatas estão predispostos a adquirir medos de criaturas que uma vez ameaçaram a vida de nossos antepassados”. Se teme esse animal, você valoriza as pessoas e os relacionamentos que você possui, acima de tudo. Além disso, você não é um daqueles que desprezam argumentos: você gosta de defender os outros e ser um amigo fiel.

Medo das aranhas: você é um líder

Você tem pavor de aranhas até mesmo aquelas das fotos? É compreensível… esta é uma das fobias mais comuns que existem. Um estudo realizado no Reino Unido com 261 adultos mostrou que 32% das mulheres e 18% dos homens temem aranhas. Pesquisas anteriores também indicaram que as aranhas eram uma ameaça tão freqüente para a sobrevivência dos primeiros seres humanos que a capacidade de localizá-los tornou-se uma necessidade evolutiva.

Foto: Stelogic/Pixabay

Os cientistas usam essa lógica para explicar por que as pessoas gritam quando vêem aranhas inofensivas em suas casas. Se você se identificar com essa fobia você tem as características de um líder. A sensibilidade e a confiabilidade é o que mais o caracteriza.

Medo de germes: você gosta de limpeza

Segundo os pesquisadores, o medo das bactérias pode ter surgido de um trauma, um grande susto que resultou numa doença. “Isso cria uma espiral viciosa em que o paciente está cada vez mais preocupado em estar limpo e se acha incapaz de se livrar do contaminante por completo”, diz o especialista Dean McCay.

Você tem essa fobia? Então, você gosta de manter seu ambiente limpo e você não gosta da bagunça. A desvantagem de ser assim é o alto nível de ansiedade que tende a ter.

Você se identifica com alguma dessas fobias? Deixe seu relato nos comentários!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.