Programa Avançar: governo vai investir mais de R$ 130,9 bilhões em obras inacabadas pelo país
Foto: Arison Jardim/SecomAcre

Programa Avançar: governo vai investir mais de R$ 130,9 bilhões em obras inacabadas pelo país

novembro 9, 2017 0 Por Aline Rodrigues

Nesta quinta-feira (09) foi lançado, pelo governo, o Programa Avançar. O projeto tem como finalidade realizar 7.439 obras que estão inacabadas por todo o país. A conclusão das obras, que estão previstas para final de 2018, terão investimentos de R$ 130,9 bilhões. O presidente Michel Temer esteve presente na apresentação do Programa no Palácio do Planalto, onde reuniu também diversos ministros.

Entre as ações estão inclusas obras de saneamento, creches, unidades básicas de saúde, recuperação de pistas de aeroportos e duplicação de rodovias. As regiões que mais vão ser beneficiadas com as conclusões das obras serão Nordeste e Sudeste, com 3.186 e investimentos de R$ 19 bilhões e 1.931 obras, totalizando R$ 52,51 bilhões, respectivamente.

Para o ministro Moreira Franco e secretário-geral da Presidência da República o Programa traz de volta o investimento público de que o Brasil precisa e ainda fará garanti o equilibro fiscal do país. “Com o Programa Avançar, vamos retomar os investimentos públicos. Lamentavelmente, para tirar o país do vermelho e fazer todas essas reformas para garantir o equilibro fiscal do país, eles [os investimentos] tiveram que ser contidos. Agora estamos retomando”, disse o ministro.

Para que que as regiões possam receber todos os recursos de que precisam para terem seus trabalhos terminados, organizações farão a liberação das verbas. O Orçamento Geral da União será responsável por R$ 42,1 bilhões, a Caixa Econômica Federal, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberará R$ 29,9 bilhões e empresas estatais do setor de energia, em especial a Petrobras  – R$ 58,9 bilhões.

Durante cerimônia de lançamento do programa, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira afirmou que o governo do atual presidente tirou o Brasil da pior recessão da história. “E colocamos o Brasil para crescer.” Ele ainda disse que o novo programa é um resultado de ações já realizadas pelo governo. “Isso não é por acaso, é resultado de ações como essa que estamos anunciando hoje”, destacou.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!