DestaquesNatal

Professores de Natal decidem entrar em greve

Categoria busca "atualização salarial" e condições de trabalho

Os professores de Natal decidiram entrar em greve na próxima sexta-feira, dia 10 de dezembro. A decisão saiu em Assembleia presencial realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (SINTE/RN), no Clube América. O encontro ainda contou com a participação de profissionais no formato remoto.

Em nota, a categoria afirma que “está lutando há quase dois anos pela atualização salarial 2020“. Eles esperam que até o último dia útil desta semana (no caso, dia 10), a Prefeitura de Natal chame o Sindicato para dialogar e apresentar nova proposta.

Enquanto isso, os profissionais vão conversar com alunos e pais para explicar os motivos pelos quais decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado. Desta forma, procuram buscar apoio da comunidade escolar a fim de fortalecer a luta“, afirma o SINTE.

Confira, na íntegra, nota do SINTE elencando os motivos para a greve:

GREVE APÓS QUASE DOIS ANOS DE LUTA

Entrar em greve foi a última alternativa encontrada pela Rede Municipal para tentar arrancar da Prefeitura a atualização salarial 2020, reivindicada há quase dois anos.

De janeiro do ano passado para cá, entre outras coisas, várias desculpas foram apresentadas pelo município. As escassas propostas apresentadas foram consideradas inaceitáveis pelos educadores. A última, exposta durante a 4º audiência de conciliação com o Sindicato, também foi rechaçada coletivamente. Isso porque consiste em implementar apenas 6,42% dos 12,84%, e sem retroativo, para ativos e aposentados.

O SINTE/RN, com base nas informações obtidas em estudo feito pelo DIEESE a partir de balancetes do município, comprovou a existência de recursos do FUNDEB mais que suficientes para atualizar o Piso, com retroativo, e para todos.

BIOSSEGURANÇA E INFRAESTRUTURA

Além de exigir a atualização salarial do ano passado, a categoria cobra da Prefeitura condições de trabalho. Isso porque falta biossegurança nas escolas e Centros Municipais de Educação (CMEIs), bem como infraestrutura nos prédios.

ENCAMINHAMENTOS

1 – Entrar em greve a partir de sexta-feira, 10 de dezembro;

2 – Dialogar com estudantes e pais nos dias 07, 08 e 09 de dezembro;

3 – Visitar os gabinetes dos vereadores de Natal objetivando formar uma Comissão que tenha dirigentes do SINTE/RN e os líderes dos partidos para tentar reabrir as discussões com o município;

4 – Visitar às escolas e CMEIS no dia 13/12 e manhã de 14/12 para avaliar a adesão da categoria;

5 – Realizar Assembleia para avaliar e organizar a continuidade da greve, no dia 14/12, às 14h;

6 – Consultar os materiais disponibilizados pelo SINTE/RN nos formatos impresso e virtual (Boletim, Carta aos Pais e Sugestão de Aula de Matemática Financeira Para os Pais, Mães e Estudantes).

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo