Rio Grande do Norte

Professor denuncia fraude em concurso de provas e títulos na UFRN

Uma denúncia chamou atenção hoje no Facebook. O professor efetivo do departamento de Ciências Sociais, Bosco Araújo, usou sua conta para lançar muitas dúvidas sobre a seleção para docente de Ciência Política da UFRN. Segundo a publicação do professor, o concurso estava cheio de vícios e a banca atuaria para aprovar uma “criatura de nome Pablo”. “Eduardo Cunha é um “menino besta” diante dessa turma”, referindo-se à banca.

joao bosco joão bosco

A “criatura” em questão seria o candidato Pablo Thiago Correia de Moura que, tendo obtido nota sete, estaria desclassificado da fase posterior. Segundo o edital nº 003/2015, o concurso para professor efetivo contempla três fases: escrita, didática e de títulos.

aluno_UFRN

Após a denúncia, o Procurador da República Fernando Rocha, através do núcleo de combate a corrupção do Ministério Público Federal, emitiu documento, informando que o órgão investigará as denúncias de manipulação no concurso de ciência política do departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.