RN

Produtor de camarão pode retirar sua GTA de casa

A partir de agora o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN), passa a liberar pelo sistema SIAPEC, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) para a matéria prima de camarão e peixe. O documento é obrigatório para o transporte da despesca e anteriormente era emitido apenas de forma presencial.

O SIAPEC é o sistema utilizado para emissão de documentos como a Guia de Trânsito, e pode ser acessado em qualquer hora e lugar, necessitando apenas do login e senha. Com essas mudanças, o produtor que já é cadastrado no Idiarn e possui sua senha no sistema pode emitir o documento para o transporte da matéria-prima de camarão, bovinos, ovinos e caprinos, facilitando a comercialização da cadeia produtiva do Estado.

Antes, para o transporte dos pescados, era necessário emitir o documento obrigatório de forma presencial, fazendo com que o produtor se deslocasse a algum escritório do Idiarn mais próximo do seu município. Além de levar mais tempo, se a despesca acontecesse ao fim da tarde, no horário da madrugada ou aos fins de semana, era necessário esperar até o dia seguinte para que o produtor conseguisse emitir o documento e pudesse transportar a matéria prima para comercializa-la.

“É um avanço gigantesco para a cadeia produtiva de camarão, facilitando a vida dos carcinicultores que precisavam se deslocar da sua residência para retirar o GTA e só depois transportar sua matéria-prima. Com essa mudança o número de GTAs devem aumentar, assegurando que o produtor está transportando esses animais aquáticos de forma correta e segura”, afirma Samarah Albanez – Médica Veterinária responsável pelo Programa Nacional de Sanidade dos Animais Aquáticos – PNSA.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.