Procurador pede indiciamento de Neymar por corrupção

(ANSA) – Finalista do prêmio Bola de Ouro da Fifa em 2015, o atacante brasileiro Neymar está cada vez mais enrolado com a justiça espanhola. Nesta sexta-feira (8), a Promotoria da Audiência Nacional, tribunal situado em Madri, pediu que o jogador do Barcelona e da seleção brasileira seja ouvido como réu por delitos de corrupção entre particulares e fraude.

O caso refere-se à operação que o levou do Santos para a Catalunha e também envolve seu pai, Neymar da Silva, o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, seu antecessor, Sandro Rosell, e dois ex-mandatários do time paulista, Odílio Rodriguez e Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro. O procurador José Perals solicitou o indiciamento de todos, assim como de Santos e Barcelona como pessoas jurídicas.

De acordo com o jornal espanhol “El País”, o processo é fruto da causa aberta pela empresa DIS, que era detentora de 40% dos direitos federativos de Neymar, mas alega não ter recebido o valor correto quando da compra do craque pelo clube catalão.

Oficialmente, o Barça diz ter desembolsado 17,1 milhões de euros pelo jogador, mas as investigações da Assembleia Nacional apontam que o valor supera os 80 milhões, cuja metade teria sido antecipada ao atacante um ano antes de sua transferência por meio de “contratos simulados”.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!