Preço do gás de cozinha deve chegar a R$ 105 no RN

O preço do botijão de gás de cozinha (de 13kg) vai sofrer reajuste nesta terça-feira (6 de julho). De acordo com o Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN), o botijão deve chegar a R$ 105. Isso corresponde a quase 10% do salário mínimo.

O valor vai sofrer novo reajuste em função do aumento de 6% no preço médio de venda de gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras. De acordo com a estatal, o preço passará a ser de R$ 3,60 por kg, um aumento médio de R$ 0,20 (6%) por kg.

De acordo com o presidente do Singás-RN, Francisco Correia, o preço já vai ser reajustado já nesta terça-feira (6).

Importante reforçar o posicionamento da Petrobras que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais“, informou a estatal em nota. “Os preços praticados pela Petrobras seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo“.

Este é o primeiro aumento no valor fixado pela estatal desde que o novo presidente da empresa, general Joaquim Silva e Luna, assumiu o cargo. Desde o início do ano, a gasolina acumula aumento de 46%, enquanto o diesel soma alta de 39%, e o gás de cozinha, 38%.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *