Educação

Pós-graduação em História oferece 37 vagas para mestrado na UFRN

O programa de Pós-graduação em História (PPGH) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) oferece 37 vagas para o curso de mestrado para iniciar já no primeiro semestre letivo de 2018. A pós-graduação atua em três linhas de pesquisa: Formação, Institucionalização e Apropriação dos Espaços; Espaços de Memória, Cultura Material & Usos Públicos do Passado; e Linguagens, Identidades & Espacialidades.

O processo seletivo consta de cinco etapas: Análise do Plano de Trabalho, Prova Escrita, Proficiência em Língua Estrangeira (Inglês, Francês ou Espanhol), Defesa do Plano de Trabalho, e por último, Análise do Currículo. Podem se inscrever portadores de diploma de graduação em História ou áreas afins. O formato do plano de trabalho a ser seguido pelos interessados, consta no edital de seleção (confira aqui).

As inscrições estão abertas até o dia 1º de fevereiro pelo Sistema Integrado de Atividades Acadêmicas (Sigaa) na aba Pós-graduação> Stricto Sensu> Processos Seletivos > Mestrado em História. Mais informações no edital ou pelo telefone (84) 3342-2246 ramal 755.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.