Políticos de São Gonçalo do Amarante são contrários ao pedágio

Após o anúncio da autorização do Governo do Estado sobre a criação de um pedágio no acesso sul do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em uma parceria público privado, a Câmara Municipal de Vereadores de São Gonçalo do Amarante se pronunciou contra, aprovando uma moção de repúdio.

Em sessão ordinária com a presença de 17 vereadores do município, todos votaram a favor da Moção de Repúdio apresentada por Eraldo Paiva (PT-RN).

Durante a sessão, o vereador justificou que a obra ao acesso sul do aeroporto foi totalmente financiada com verba federal e que essa cobrança é desnecessária.

“Não existe pedágios em nosso estado. Essa atitude pode inibir o desenvolvimento da região, além de prejudicar quem precisa fazer o deslocamento na grande Natal”, disse Eraldo Paiva.

Divulgação
Divulgação

Sobre o caso 

Um estudo realizado pelo Departamento de Estradas e Rodagens do Rio Grande do Norte (DER-RN), analisou a possibilidade de implementar no Estado duas rodovias em parceria com empresas privadas. A proposta daria maior facilidade ao Governo do Estado que passa por dificuldades financeiras e não estaria em condições de arcar com o custo total da obra.

Com a iniciativa, seriam implementados pedágios nos trechos do acesso sul ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, e em uma nova estrada para a praia de Pipa, no litoral Sul do Estado.

A instalação dos pedágios não tem data definida para acontecer. O projeto ainda vai passar por audiência pública e, caso seja aceito, segue para o processo de licitação das empresas que ficarão responsáveis pelos pedágios.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!