Foto: (Adema/Governo de Sergipe)

A Polícia Federal instaurou inquérito policial para apurar a origem da substância de aspecto oleoso, encontrada em diversas praias nordestinas, em especial, em inúmeras praias potiguares, a partir do mês de setembro. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (02).

As investigações estão concentradas na Superintendência Regional da PF no Rio Grande do Norte, e visa apurar a origem das manchas.

“A ação foi tomada tão logo surgiram as primeiras informações, na imprensa nacional, sobre o fato; bem como sobre a possibilidade da ocorrência de eventual dano ambiental de grandes proporções na região”, disse a PF, acrescentando que as investigações contam com a participação de diversas instituições, dentre elas o IBAMA, a Marinha do Brasil, Universidade Federal Rural de Pernambuco e o Ministério da Defesa (CENSIPAM).

Na semana passada, o Ibama informou que a Marinha e a Petrobras constataram, após análises, que a substância que atinge praias de diversos Estados do Nordeste é petróleo, produzido no exterior, mas de origem ainda não identificada.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.